14 estados escolhem neste domingo o futuro governador

image_pdfimage_print

São 30 nomes colocados na disputa em segundo turno, sendo dois para presidente da República

Por: Agência Brasil

Pouco mais de um terço do eleitorado nacional, ou seja, 49.820.703 eleitores, residentes em 13 estados e no Distrito Federal, voltam às urnas neste domingo (26) para votar em presidente da República e no governador de seu estado. São 30 nomes colocados na disputa em segundo turno, sendo dois para presidente da República – Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) – e 28 disputando as chefias dos executivos estaduais.

A disputa pelos 14 cargos de governador, no dia 5 de outubro, contou com 83 candidatos, mas ficaram para concorrer ao cargo hoje (26) 28 candidatos, ou seja, os dois mais votados de cada um dos 13 estados e do DF. O primeiro turno para a Presidência da República foi disputado por 11 candidatos e agora estão no páreo os dois mais votados no último dia 5. À exceção do estado do Tocantins, os outros seis estados que integram a Região Norte vão escolher hoje, em segundo turno, o futuro governador.

O governo do Acre está sendo disputado pelo atual governador e candidato à reeleição Tião Vianna (PT), que obteve no primeiro turno 49,73% dos votos válidos, e pelo deputado federal Márcio Bittar (PSDB), que ficou com 30,1%.  Concorrem ao governo do Amazonas o atual governador José Melo de Oliveira (PROS), que conquistou 43,04% dos votos válidos no primeiro turno, e o senador Eduardo Braga (PMDB), que conseguiu 43,16% dos votos.

generic baclofen identification buy generic baclofen baclofen autism spectrum disorder generic form of baclofen buy baclofen online australia average cost of 
prednisone generic brand name prednisone cost walgreens cheap Deltasone

A chefia do Executivo do Amapá está sendo disputada pelo atual governador Camilo Capiberibe (PSB), que ficou com 27,53% dos votos, e pelo ex-governador Waldez Góes (PDT), que conseguiu 42,18% dos votos válidos. Na disputa pelo governo de Rondônia estão o atual governador Confúcio Moura (PMDB), que consegui 35,86% dos votos, e o ex-senador Expedito Júnior (PSDB), que obteve 35,42% dos votos válidos no primeiro turno.

buy baclofen online, how much baclofen can i take at once, how much does baclofen go for on the street .

Disputam o governo de Roraima, em segundo turno, o atual governador Francisco Rodrigues (PSB), que conquistou 37,62% dos votos válidos no primeiro turno, e Suely Campos (PP), que obteve 41,48% dos votos. O atual governador do Pará, Simão Jatene (PSDB), que conseguiu 48,48% dos votos no primeiro turno, disputa a chefia do governo do estado com Helder Barbalho (PMDB), que conquistou 49,88% dos votos válidos.

Em três estados do Nordeste, a decisão sobre o futuro governador ficou para este domingo. O governo do Ceará está sendo disputado pelo senador Eunício Oliveira (PMDB) que, no primeiro turno, ficou com 46,41% dos votos válidos, e pelo deputado estadual Camilo Santana (PT), que conquistou 47,81% dos votos. O presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB), que obteve 47,34% dos votos em primeiro turno, disputa o governo do Rio Grande do Norte com o vice-governador Robinson Faria (PSD), que recebeu os votos de 42,04% do eleitorado.

ceftin para que sirve order ceftin

O governo da Paraíba está sendo disputado pelo atual governador Ricardo Coutinho (PSB), que conseguiu 46,05% dos votos no primeiro turno, contra o ex-governador e senador Cássio Cunha Lima (PSDB), que ficou com 47,44% dos votos válidos. O senador Rodrigo Rollemberg (PSB), que obteve 45,23% dos votos válidos, disputa o governo do Distrito Federal contra o ex-deputado Jofran Frejat (PR), que recebeu 27,97% dos votos válidos no primeiro turno.

Disputam o governo de Goiás, em segundo turno, o atual governador Marconi Perillo (PSDB), que ficou com 45,86% dos votos no primeiro turno, e o ex-governador Iris Resende (PMDB), que conquistou 28,4% dos votos válidos. Estão co ncorrendo ao governo de Mato Grosso do Sul o senador Delcído Amaral (PT), que obteve 42,92 dos votos na primeira disputa, e Reinaldo Azambuja (PSDB), que ficou com 39,09% dos votos válidos.

O governador Tarso Genro (PT), que conseguiu 32,57% dos votos dos gaúchos em primeiro turno, disputa o governo do Rio Grande do Sul contra o peemedebista José Ivo Sartori, que ficou com 40,4% dos votos válidos. O comando do governo do Rio de Janeiro está sendo disputado neste domingo entre o atual governador Luiz Fernando de Souza (Pezão) (PMDB), que conquistou 40,57% dos votos no primeiro turno, e o senador Marcelo Crivella (PRB), que obteve 20,26% dos votos válidos.

Publicado por Folha do Progresso fone para contato Cel. TIM: 93-81171217 / (093) 84046835 (Claro) Fixo: 9335281839 *e-mail para contato: more buy nolvadex uk adventist health takes unlikely shooter amphetamines according california, buy doxycycline fish hawaii, oregon and washington. folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: