Falsa dentista e pastor são presos na operação ‘Xeque-Mate’.

image_pdfimage_print

Foto: Ary Souza (O Liberal)-Um pastor acusado de roubo e uma mulher que exercia ilegalmente a profissão de odontóloga foram presos durante a operação ‘Xeque-Mate’, deflagrada pela Polícia Civil na região metropolitana de Belém nesta terça-feira (3). A ação visava o cumprimento de 100 mandados de prisão preventiva, temporária e de condenação judicial, bem como foragidos do sistema penitenciário do Estado.

Luciana Ribeiro Guedes, 36 anos é acusada de exercício ilegal da odontologia, além de estelionato e apropriação indébita. Já o pastor da Assembleia de Deus, Raimundo Nélio Estumano dos Reis, 34 anos, foi condenado a cinco anos de prisão por roubo,

Além deles, foi preso ainda Dean Paraense Gonçalves, 21 anos, acusado de vários assaltos no bairro da Cremação. Ele foi condenado a cinco anos e quatro meses em regime semiaberto. A polícia prendeu ainda Daniel Ramos Oliveira, condenado por tráfico de drogas a cinco anos de prisão em regime semiaberto.

Até o início da tarde 35 pessoas tinham sido presas. Todos foram apresentados na Delegacia Geral de Polícia Civil e encaminhados para o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, onde fizeram exame de corpo delito antes de seguirem para as unidades do Sistema Penitenciário.

Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981151332 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)  (093) 35281839  E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: