3ª fase da operação ‘Amazônia Viva’ embarga mais de 12 mil hectares em quatro municípios da região

image_pdfimage_print

Operação ‘Amazônia Viva’ em quatro municípios do Pará — Foto: Deca/Divulgação

Ações de combate a crimes ambientais, inclusive de extração ilegal de madeira, iniciaram no dia 19 dia agosto.

Com objetivo de combater crimes ambientais na região, a Operação “Amazônia Viva” encerrou a terceira fase e divulgou os dados das ações deflagradas nos municípios de Santarém, Mojuí dos Campos e Prainha, no oeste do Pará, e Uruará, no sudoeste. Neste período, mais de 12 mil hectares de área foram validadas para embargo.

De acordo com a Delegacia Especializada de Conflitos Agrários (Deca), áreas com Cadastro Rural (CAR) foram 12.504,34 Hectares e sem o CAR foram 312,72 Hectares.

As equipes encontraram madeireiras clandestinas em áreas fechadas e de difícil acesso dentro da floresta. Foram apreendidas e inutilizadas 63m³ de madeira serrada, 100 m³ de madeira em toras.
amazonia2
Madeireiras clandestinas funcionavam dentro de áreas florestais — Foto: Deca/Divulgação

Ainda conforme a Deca, três motocicletas foram apreendidas, assim como sete motosserras, 10 armas de fogo. Os acampamentos dos madeireiros foram destruídos, totalizando três.

Em relação aos procedimentos adotados pelos órgãos públicos de segurança, três autos de infração foram lavrados, três TCOs, dois inquéritos policiais por portaria e um por flagrante. Cinco pessoas foram conduzidas à delegacia, sendo que uma delas foi presa, segundo a Deca.

amazonia3
Acampamentos que funcionavam dentro das florestas foram destruídos pelas equipes da operação ‘Amazônia Viva’ — Foto: Deca/Divulgação

A ação teve participação da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), Delegacia Especializada em Conflitos Agrários (Deca) e da 1ª Companhia Independente de Polícia Ambiental (Cipamb), do 4º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM) e do Centro de Perícias Renato Chaves (CPC).

Por Geovane Brito, G1 Santarém — Pará

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: