6 PM’s são investigados por envolvimento com triplo homicídio em onda de violência na Grande Belém

image_pdfimage_print

(Foto:Reprodução  G1PA)- Segundo a Promotoria de Justiça Militar, os crimes ocorreram em Marituba no início de dezembro. Nos dias 7 e 8, outras onze pessoas foram mortas na região metropolitana. A Polícia ainda investiga se os casos estão relacionados.
Operação investiga participação de 6 PMs em assassinatos em Marituba

Seis policiais militares do Pará, que são alvos de mandado de busca e apreensão da Justiça Militar, estão sendo investigados por suspeitas de envolvimento em três assassinatos em Marituba, na região metropolitana, no início deste mês de dezembro.

Os assassinatos ocorreram em uma onda de assassinatos que deixou outros onze mortos entre os dias 7 e 8 de dezembro em Belém e Ananindeua. Uma força-tarefa policial foi criada para apurar os casos. Até então, nenhum suspeito foi preso e não há confirmação se mortes estão relacionadas.

‘Meu filho não era bandido, era atleta’, diz mãe de um dos 11 mortos em fim de semana violento na Grande Belém

A Justiça Militar determinou nesta sexta (27) a apreensão de armas, celulares e computadores dos policiais, que atuam nos batalhões de Ananindeua e Marituba. Segundo o promotor da Justiça Militar, Armando Brasil, os policiais militares estariam destruindo provas dos crimes.

Brasil afirmou que militares da Força Nacional de Segurança apreenderam cápsulas e teriam percebido a presença dos policiais de forma estranha no local do crime.

    “Depois do crime ocorrido, eles teriam retornado e recolhido estojos de pistola .40 objetivando a destruição de provas”, afirmou.

De acordo com o promotoria militar, a Polícia Militar está investigando os crimes de destruição de provas e organização de militares para a prática de violência. “O objetivo é fazer a comparação dos estojos apreendidos com exame de balística e comparar o laudo do exame cadavérico das vítimas para saber se as pistolas e os estojos saíram das armas desses policiais”, explicou a promotoria.

 Homicídio registrado no Aurá, em Ananindeua. — Foto: Reprodução / TV Liberal

Homicídio registrado no Aurá, em Ananindeua. — Foto: Reprodução / TV Liberal

Série de mortes

As três mortes em Marituba entraram para estatística de crimes ocorridos no início do mês de dezembro na Grande Belém. Cinco homens foram assassinados em Ananindeua e outras seis pessoas em Belém. Os casos foram registrados sete bairros de Ananindeua e Belém. A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Segup) inicialmente havia confirmado somente oito mortes.

Um triplo homicídio foi registrado na r. Manoel Rosa, na noite de sábado, por volta das 19h; um assassinato às 16h39 de sexta na estr. do Maracacuera, distrito de Icoaraci, em Belém; uma outra morte às 11h30 de sábado na rod. BR-316 com estr. do Aurá, em Ananindeua; um assassinato às 21h de sábado na tv. Monte Alegre, no Jurunas, em Belém; outro na passagem do Além, no bairro da Marambaia, em Belém. No domingo, ocorreu uma morte às 00h21 na rua dos Ipês, no Levilândia em Ananindeua e outro triplo homicídio na rua Piedade, no Reduto

Secretário diz que homicídios reduziram no Pará

Um dia depois das onze mortes, o Secretário de Segurança Pública, Uálame Machado, disse que os homicídios caíram 30% no Pará, em onze meses. A jornalistas, Machado disse que a série de mortes foi ponto fora da curva.

 Onda de violência deixa 11 mortos na região metropolitana de Belém — Foto: Arte/G1

Onda de violência deixa 11 mortos na região metropolitana de Belém — Foto: Arte/G1

Por G1 PA — Belém
27/12/2019 22h34

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: