Abstenção em Novo Progresso foi maior que os votos do candidato a prefeito eleito e derrotados

image_pdfimage_print

(Foto:Reprodução TSE) – Abstenção em Novo Progresso foi de 30,44% ,com 420 votos nulos e 195 brancos.

Muita gente não votou em Novo Progresso. E não estamos falando de anular ou votar em branco. Aqui, o caso é de nem ter comparecido às urnas, mesmo. A cidade registrou abstenção de 30,44%, a maior da história no município, considerando apenas as eleições municipais.

O alto número tem a ver com a pandemia e não é exclusividade de Novo Progresso. Um monitoramento do Instituto Internacional pela Democracia e Assistência Eleitoral (Idea) apontou que 26 das 41 eleições realizadas em 2020 ao redor do mundo registraram aumento na abstenção quando comparado a votações anteriores. O grande destaque foi o caso da França: por lá, o voto não é obrigatório e houve um recorde, com 60% de abstenção.

A abstenção em Novo Progresso foi tão grande, que o número é superior aos votos do candidato eleito Gelson Dill (MDB) que recebeu 6507 votos e abstenção foi de 6.894.

Derrotados

*Segundo colocado no pleito vencido por Gelson Dil , o atual prefeito Macarrão (PL) teve 4.283 votos enquanto o número de não-votantes foi de 6.894.

*Terceiro colocado Fidêncio Campos (PSDB) recebeu 3.377 votos e abstenção foi 6.894.

*O Quarto Colocado Fabio Milhão (Republicanos) por sua vez recebeu 973 votos ,abstenção 6.894.

*Comparecimento:    15.755 – 69,56%

*Abstenção: 6.894 – 30,44%

*Total de Eleitor: 22.649

O número alto não é exclusividade de Novo Progresso. Outras grandes cidades brasileiras como Porto Alegre, Rio de Janeiro e Goiânia ultrapassaram a casa dos 30% de abstenção.

A entendimento do TSE é que muita gente ficou em casa por medo de contrair o coronavírus. Na cabeça dos eleitores, há um cálculo apontando se vale a pena sair de casa para contribuir com um único voto. Fora isso, vivemos um período de desalento geral com a política e tudo isso somado justifica a abstenção”, explicou.

Apuração

A apuração dos votos foi mais demorada do que o habitual. O ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), afirmou que um problema técnico provocou uma lentidão na totalização dos votos nas eleições municipais.

Segundo o ministro, uma falha em processadores de um computador provocou lentidão na totalização dos votos e, consequentemente, na divulgação dos resultados.

“Houve um atraso na totalização dos resultados por força de um problema técnico que foi exatamente o seguinte: um dos núcleos de processadores do supercomputador que processa a totalização falhou e foi preciso repará-lo”, disse o ministro durante entrevista coletiva no TSE.

O ministro explicou que a urna eletrônica imprime o boletim ao final do dia, o que atesta que a votação ocorreu.

“A ideia de que a demora possa trazer algum tipo de consequência para o resultado não faz nenhum sentido. Porque o resultado já saiu quando a urna imprimiu o boletim”, declarou.

Vejam Gráfico da apuração em Novo Progresso.urnas abes

Justificativa

Quem não compareceu às seções eleitorais no domingo (15), tem até 60 dias para justificar a ausência junto à Justiça Eleitoral. Para tanto, é preciso levar documentação que comprove por que não foi possível participar do pleito.

A justificativa pode ser feita pelo aplicativo e-Título, pelo Sistema Justifica ou entregando um Requerimento de Justificativa do Eleitor em qualquer zona eleitoral, sempre acompanhado do documento que comprove a ausência. É possível ainda enviar o requerimento por via postal ao juiz da zona eleitoral em que está inscrito.

Para saber a zona eleitoral à qual está vinculado, o eleitor deve entrar em contato com o Tribunal Regional Eleitoral do seu estado ou fazer a consulta no Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Por:JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”

Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: