Acusado de homicídio é morto ao tentar invadir casa de policial em Tailândia

image_pdfimage_print

Juniel teria matado um jovem no dia anterior em Moju –  (Foto:Reprodução)

No final da noite do último domingo (04), um sargento da Polícia Militar acionou a 6ª Companhia Independente (CIPM) para comunicar que havia disparado contra um homem que o atacou com um terçado após invadir sua propriedade em Tailândia, no nordeste paraense. Juniel Oliveira de Abreu era suspeito de ter cometido um homicídio no dia anterior (03), e enquanto estava em fuga, acabou entrando em confronto com mais uma pessoa, sem imaginar que dessa vez, estava de frente com o policial, que acabou encerrando a vida do criminoso.

Segundo informações cedidas pela CIPM, uma guarnição foi acionada por volta das 22h pelo sargento que comunicou o baleamento de Juniel, dentro da propriedade localizada na Vila Água Preta. Chegando ao local, foi verificado que o morto era o mesmo homem apontado como o autor do homicídio de Robson Vilha da Silva, de 20 anos, morto com golpes de facão na Vila Israel, no município vizinho de Moju.

O homicídio de Robson também foi por volta das 22h, sendo atingido pelo golpes na nuca e em um dos braços. O motivo do crime teria sido ciúmes, pelo fato de Robson estar saindo com a ex-mulher de Junie, que não aceitava o fim do relacionamento. Após matar o jovem, Juniel fugiu do local e se manteve escondido até se deparar com o policial no dia seguinte.

O sargento da PM relatou que se encontrava em sua residência quando ouviu os cachorros latindo ao redor da casa. O homem saiu da residência para verificar o que estava alertando os animais e se deparou com o Juniel, com a mesma arma que havia cometido o homicídio no dia anterior. De imediato, o PM alega que agiu em legítima defesa e efetuou disparos em direção ao invasor, que morreu no local.

A CIPM acionou a Polícia Civil de Moju para comunicar o caso, assim como Núcleo Avançado de Abaetetuba do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, para remover o corpo de Juniel.

Por:O Liberal

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: