Advogados rebatem manifestação de Moro sobre prisão de Lula.

image_pdfimage_print

Cristiano Zanin Martins e Roberto Teixeira disseram que a afirmação do juiz Sérgio Moro é “descabida” Foto: Divulgação

Os advogados Cristiano Zanin Martins e Roberto Teixeira disseram neste sábado que a afirmação do juiz Sérgio Moro de que o conteúdo das gravações de conversas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderia justificar a decretação da prisão temporária do petista é “descabida” e reforça que o magistrado “perdeu a imparcialidade”.

“Essa afirmação é manifestamente descabida e apenas reforça que o juiz Moro perdeu a imparcialidade para julgar qualquer assunto envolvendo Lula, como vem sendo reiterado pelos seus advogados”, afirma nota assinada por Martins e Teixeira.

Em despacho em que respondia a um pedido dos advogados para que se considerasse suspeito para conduzir os inquéritos que investigam Lula, Moro respondeu: “Rigorosamente, a interceptação revelou uma série de diálogos do ex-presidente nos quais há indicação, em cognição sumária, de sua intenção de obstruir as investigações, como no exemplo citado, o que por si só poderia justificar, por ocasião da busca e apreensão, a prisão temporária dele, tendo sido optado, porém, pela medida menos gravosa da condução coercitiva.”

De acordo com os advogados, Moro deixou de observar que a “lei apenas permite ao lei apenas permite ao juiz decretar a prisão temporária se houver pedido do órgão policial ou do Ministério Público, o que não existiu em relação a Lula” e que no dia 24 de fevereiro deste ano, “o Ministério Público Federal requereu a condução coercitiva do ex-presidente Lula, sem abrir a opção de prisão temporária”.
Por Extra
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal folha do Progresso e-mail folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br, fone para contato 93-984086835(Claro) WhatsApp 93-984046835 /(Tim) 93-981177649 – Novo Progresso-PA

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: