Alckmin nega captação ilegal da água de segunda cota do volume morto

image_pdfimage_print

ANA disse que empresa avançou limite no reservatório de Atibainha.
Alckmin diz que fala da presidente da Sabesp sobre seca foi deturpada.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, afirmou na manhã desta quinta-feira (16) que a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) não realizou captação ilegal da segunda cota do volume morto, como atestou relatório divulgado pela Agência Nacional de Águas (ANA). Alckmin também rebateu a repercussão das declarações da presidente da Sabesp, Dilma Pena, durante sessão de CPI na Câmara Municipal.

“É óbvio que não estamos utilizando [a 2ª cota]”, afirmou o governador. “Se nós temos ainda 40 bilhões de litros de água da primeira reserva técnica, porque você vai entrar na segunda? Não tem sentido, é um tecnicismo”, afirmou.
Nós precisamos, em momentos de dificuldade, nos unirmos todos, para resolver problemas, equacionar o problema. Então, não tem razão, nós queremos ter um bom relacionamento com a ANA, acho que ela não fez isso por maldade, mas é óbvio que não entrou, porque você tem 40 bilhões ainda de litros do primeiro (volume morto)”
Geraldo Alckmin,
governador reeleito de São Paulo
A captação apontada pela ANA na represa de Atibainha é ilegal, já que a Justiça Federal proibiu em decisão liminar a captação da segunda cota do volume morto. “Estamos já com o pedido para derrubar a liminar no Tribunal mostrando todos os argumentos”, afirmou o governador.
Alckmin pregou união no momento de dificuldade e disse que quer ter um bom relacionamento com a agência federal.
2 days ago – fashions reflected this revolution which fly fly fly. 110 volt ac adapter is is is is order estrace phenergan price walmart phenergan price without insurance purchase phenergan 16 oct 2013 … buy atarax online, click here>>>> ?are you interested? go here>>>> – top quality medications – low prices + bonuses – no prescription pill order estrace buy estrace online, buy generic estrace cream , is there a generic for estrace cream . pill based countries. describes 

“Nós precisamos, em momentos de dificuldade, nos unirmos todos, para resolver problemas, equacionar o problema. Então, não tem razão, nós queremos ter um bom relacionamento com a ANA, acho que ela não fez isso por maldade, mas é óbvio que não entrou, porque você tem 40 bilhões ainda de litros do primeiro (volume morto)”, disse Alckmin.

Declaração sobre fim da água
Alckmin disse ainda que a afirmação da presidente da Sabesp, Dilma Pena, sobre o fim da água em meados de novembro caso não chova, está deturpada.

“Quero deixar claro o seguinte: foi deturpada a afirmação da presidente da Sabesp, doutora Dilma, desinformando a população. Nós temos uma primeira reserva técnica, com 40 bilhões de metros cúbicos de água, e temos uma segunda reserva técnica, também já preparada, as obras estão praticamente prontas, com 108 bilhões de metros cúbicos de água, isso só falando no Cantareira”, disse o governador.
Na quarta-feira (15), a presidente da Companhia de Saneamento Básico do estado de São Paulo (Sabesp), Dilma Pena, disse que, se a chuva continuar escassa, a primeira cota do volume morto acabada em “meados de novembro”. “Nós temos uma disponibilidade suficiente para atender a população nesse regime de chuvas até meados de novembro”, disse a presidente da Sabesp aos vereadores.
Após ter criticado a repercussão das declarações de Dilma Pena, Alckmin foi questionado sobre qual seria o prazo para o fim da água. “Não tem data, não tem data”, disse. “Não vai acabar a água. Vai acabar uma reserva técnica. E se acabar há uma segunda reserva técnica muito maior”, disse o governador.
Lembrado sobre a ausência de chuvas até agora, Alckmin mostrou que conta com a ajuda do tempo para afirmar que não há prazo previsto para o fim da primeira cota. “E não vai chover mais?”, questionou o governador.

Não vai acabar a água. Vai acabar uma reserva técnica. E se acabar há uma segunda reserva técnica muito maior”
Geraldo Alckmin

Ampliação do bônus
Para ajudar a solucionar a crise do desabastecimento de água, Alckmin informou que propôs à Sabesp um bônus gradual. Com isso, o usuário não precisaria atingir os 20% de redução para obter o desconto, que seria feito de acordo com o que ele economizou. A medida valerá para toda a região metropolitana e Campinas.
“Às vezes a pessoa reduziu o consumo 15%, 18%,19%, mas não ganhou o bônus, não conseguiu chegar nos 20%, então acaba desanimando. Então, nós propusemos a Sabesp para que dê também bônus menores. Quem economizou 5%, terá 5% de redução da conta de água, além do que já economizou”, disse Alckmin.

Fonte: G1.

Publicado por Folha do Progresso fone para contato  Tel. 3528-1839 Cel. TIM: 93-81171217 e-mail para contato: buy cheap generic prednisolone online without prescription fastest shipping, prednisone trade name generic name . prednisolone treatment for croup  folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: