Alta velocidade aumenta riscos de acidentes em trevo da BR-163

image_pdfimage_print

Motoristas atribuem o perigo do local a uma rotatória que não funciona.
PRF realiza o trabalho de fiscalização e orientação de trânsito na área.

A alta velocidade dos motoristas que circulam pelo trevo da BR-163 com a avenida Moaçara em Santarém, no oeste do Pará tem aumentado o risco de acidentes. Nos horários de pico o congestionamento se agrava. Os motoristas atribuem o perigo do local a uma rotatória que não funciona. Segundo o Código Brasileiro de Trânsito (CBT) os carros que estão seguindo pela rotatória tem a preferencial. O trecho não tem sinalização vertical e nem horizontal

Diariamente na rodovia circulam carros, carretas, caçambas e veículos pesados como caminhões e bitrens. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) é responsável por realizar o trabalho de orientação e fiscalização, mas a manutenção do trecho é de responsabilidade do Departamento de Infraestrutura de Transportes (DNIT). A PRF informou que enviou vários ofícios solicitando melhorias no local “Já oficiamos o DNIT sobre a implementação de melhorias na estrada, como sinalização”, disse o inspetor chefe da PRF, Sidmar Oliveira.

Testes na rotatória
Em 2015,  PRF realizou testes simulando uma rotatória durante uma fiscalização no trevo da BR-163, que fica no cruzamento com a Avenida Moaçara.A intenção foi reduzir o número de acidentes no perímetro.O trafêgo foi fechado no meio do trevo forçando os veículos a passarem pela lateral do trevo. Com isso, a velocidade era reduzida

Os motoristas também deram sugestões para melhorar o trânsito no local, como a construção de rotatórias e a colocação de redutores de velocidade. Enquanto as melhorias não chegam o condutor precisa ter educação, prudência e paciência ao passar pelo trecho.

Fonte: G1.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: