Altamira -Ex-presidiário tenta matar agente da Susipe

image_pdfimage_print

O agente prisional da Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe) Carlos Roberto de Brito, 55 anos, de Altamira, e um homem identificado como Sr. Arimatéia, foram atingidos por tiros por volta das 22h da noite da última quinta-feira (17).

Os amigos estavam em um bar, no bairro Brasília, quando foram abordados por dois homens que chegaram em uma motocicleta. Pelo menos quatro disparos foram feitos por parte dos criminosos. Um atingiu Carlos Roberto e outro, Arimatéia. O dono do bar também foi atingido de raspão em uma das pernas.

Houve correria, já que o local estava repleto de clientes. As vítimas foram atendidas por populares e encaminhadas para a Unidade de Pronto Atendimento da cidade. Carlos Roberto e Arimatéia foram transferidos ainda durante a noite para o Hospital Regional da Transamazônica. Uma guarnição da Polícia Militar realizou buscas na região, após coletar informações sobre as características dos suspeitos.

O suspeito de ter disparado contra as vítimas, identificado como Eleilson Batista, 25 anos, conhecido como “mãozinha”, foi preso. Ele já cumpriu pena no Centro de Recuperação Regional de Altamira (CRRA) por outra tentativa de homicídio. Outro criminoso conseguiu fugir.

Desta vez, Eleilson responderá tanto pela tentativa de homicídio quanto pelo porte ilegal de arma de fogo, uma vez que foi apreendido com ele o revolver usado na tentativa de homicídio; quatro munições estavam deflagradas. Eleilson foi apresentado para o delegado Mário Sastre por volta das 22h40. Meia hora após o ocorrido.

Quadro clínico das vítimas

O dono do bar passou por curativos e recebeu alta ainda na quinta-feira. Carlos Roberto e Arimatéria foram atendidos no Hospital Regional; Arimatéria está fora de risco; Carlos Roberto tem um quadro clínico mais complicado, já que os tiros perfuraram pulmão, intestino e diafragma da vítima; ele perdeu muito sangue e vai continuar internado.

(Com informações de Felype Adms)

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: