Apontado pela Polícia como assassino de investigador é preso pelas polícias do PA e SC

image_pdfimage_print

Apontado pela Polícia como assassino de investigador da Polícia é preso. — Foto: Reprodução / Agência Pará

Indiciado foi transferido para o Pará e chegou a Belém na madrugada desta terça, 27.

Agentes da Polícia Civil do Pará e de Santa Catarina prenderam um homem indiciado pelo assassinato a tiros do investigador Mauro da Cunha Câmara, de 46 anos.

O preso, que estava com mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça do Pará, foi encaminhado para o Pará e chegou em Belém na madrugada desta terça.

O crime ocorreu em dezembro de 2017, em frente a um depósito de bebida, localizado na alameda Principal do conjunto Maguari, em Belém. Segundo a Polícia, o investigador estava armado e o criminoso não levou a arma, e não se sabe se por falta de oportunidade ou se porque o objetivo era apenas executar o investigador.

Mauro Câmara ainda chegou a ser levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu e morreu. “Ele foi executado. Isso não pode ficar impune”, diz o vice presidente do Sindicato dos Servidores Publicos da Policia Civil do Pará (Sindpol), Pablo Farah.

A vítima era lotada na delegacia de Santo Antônio do Tauá, no nordeste do Pará. Relembre o caso na reportagem:

Por G1 PA — Belém

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: