Bolsa Família completa renda de 13,5 milhões de famílias em outubro

(Foto:Reprodução) – A iniciativa é voltada para famílias pobres ou extremamente pobres, que ocupam uma faixa de renda mensal de até R$ 178 por pessoa

O ministério da Cidadania anunciou que 13,5 milhões de famílias terão direito ao crédito do programa Bolsa Família no mês de outubro. Beneficiários do programa que estão em situação regular de cadastro têm até 90 dias para efetuar o saque.

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda para as famílias registradas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). A iniciativa é voltada para famílias pobres ou extremamente pobres, que ocupam uma faixa de renda mensal de até R$ 178 por pessoa.

As regras do programa exigem, ainda, que crianças de 0 a 7 anos estejam com o cartão de vacinação em dia. Para famílias com adolescentes, a frequência na escola também é um requisito. Pelo menos 85% de presença nos dias letivos para a faixa etária de 6 a 15 anos, e 75% para jovens de 16 a 17 anos.

O presidente Jair Bolsonaro enviou ao Congresso uma medida provisória (MP) no dia 15 de outubro que prevê o pagamento de uma 13ª parcela do benefício – uma de suas plataformas de campanha em 2018 -. “Nós sabemos que pode ser até pouco para quem recebe, mas pelo que eles têm, é muito bem-vindo esse recurso”, relatou o presidente durante a assinatura da MP.

De acordo com o ministro da Cidadania, Osmar Terra, o benefício será fixo a partir do ano que vem, onde deverá ser previamente alocado na previsão do Orçamento.

É possível tirar dúvidas e se informar sobre o programa através do telefone 0800 707 2003, serviço mantido pelo ministério da Cidadania.

Com informações da Agência Brasil

Por:Notícias ao Minuto

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/aplicativo-do-enem-facilita-consulta-de-informacoes-sobre-o-exame/




Pagamento do auxílio-doença pode passar do INSS para as empresas

(Foto:Reprodução) – A justificativa do governo é que a medida elimina o risco de o empregado ficar sem salário à espera de uma perícia

O pagamento de auxílio-doença a trabalhadores feito pelo INSS pode virar responsabilidade das empresas. A mudança na regra será discutida pelo Congresso Nacional e, segundo apuraram o jornal O Estado de S. Paulo e o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), tem o apoio do governo federal. A justificativa é que a medida elimina o risco de o empregado ficar sem salário à espera de uma perícia, como ocorre atualmente, e abre espaço no orçamento da União para novos gastos.

Hoje, o funcionário que fica mais de 15 dias sem trabalhar por motivo de doença passa a receber o benefício pelo INSS. O pagamento, contudo, só ocorre após a realização de uma perícia, o que costuma demorar, em média, 40 dias. Nesse período, o trabalhador fica sem salário.

A proposta de alteração na regra foi incluída pelo deputado Fernando Rodolfo (PL-PE) em seu relatório na Medida Provisória 891, que trata da antecipação da primeira parcela do décimo terceiro a aposentados e pensionistas do INSS.

Ele incluiu a proposta após ter o aval de outros parlamentares. Segundo o deputado, a medida beneficia o trabalhador porque a perícia passaria a ser feita pelas empresas, o que tornará o procedimento mais rápido.

As empresas não terão prejuízo, já que poderão abater todo o valor desembolsado em auxílio-doença dos tributos devidos à União. O processo é semelhante ao que ocorre com o salário-maternidade, benefício pago pelas empresas às mães que tem o valor descontado dos impostos posteriormente. “A medida vai facilitar a vida de todo mundo”, diz o relator.

A estimativa do governo é que ao transferir o pagamento do auxílio-doença para as empresas haverá uma redução de R$ 7 bilhões nos gastos da União. Com isso, abre-se uma folga no limite do teto de gastos, mecanismo que impede que as despesas subam acima da inflação. O Executivo tenta encontrar espaços para aumentar os investimentos que estão no patamar mínimo por conta dessa trava.

Proposta

Quando um trabalhador é afastado por mais de 15 dias, é necessária a realização de uma perícia médica pelo INSS para verificar o tempo da licença e garantir o pagamento do benefício previdenciário. O problema é que a espera por essa perícia chega a 40 dias, e o empregado fica sem receber um centavo durante esse período.

A proposta do deputado Rodolfo é que as empresas assumam o pagamento do auxílio-doença quando o afastamento durar de 16 a 120 dias, com o valor, assim como hoje, limitado ao teto do INSS (R$ 5.839,45).

Caberia aos empregadores também a avaliação preliminar sobre a necessidade de conceder o auxílio-doença.

Segundo Rodolfo, “muitas companhias já precisam, pela lei, manter médicos do trabalho – sobretudo aquelas com mais de 100 funcionários, de acordo com o risco da atividade”. Esses profissionais poderiam analisar os casos de afastamento e decidir pelo pagamento ou não do benefício. Companhias menores poderão recorrer a clínicas conveniadas.

A perícia da Previdência continua obrigatória, mas ela só vai validar ou não o veredicto e garantir à empresa o direito de abater o valor do auxílio-doença de seus impostos. Até que ela ocorra, o empregado não ficará mais de bolso vazio como costuma ocorrer hoje. Por outro lado, se a perícia oficial negar a concessão do auxílio, os valores serão posteriormente descontados, de forma gradual, do salário do empregado.

A demora nas perícias muitas vezes leva os segurados à Justiça para antecipar o benefício, e os valores precisam ser atualizados pela inflação. Quando o trabalhador se recupera e volta às suas atividades, há também um atraso até que o INSS consiga cessar o pagamento do benefício.

Além disso, a empresa passa a ser a responsável por requerer o benefício ao INSS em até 15 dias e encaminhar o trabalhador à perícia oficial da Previdência. Hoje é o próprio segurado que precisa fazer todo o processo de solicitação do benefício e agendamento da avaliação médica. A proposta diz que esse pedido direto ao órgão passará a ser feito em casos específicos a serem regulamentados.

Para o deputado, não há conflito de interesse no fato de um médico da própria empresa ou conveniado ser o responsável por avaliar a necessidade de afastamento do trabalhador. Segundo ele, se o empregado não concordar com o resultado da perícia inicial, ele mantém o direito de recorrer à Justiça – como muitas vezes é feito nos casos em que o INSS recusa o benefício.

Há preocupação apenas em não inviabilizar a atividade de empresas menores, como microempreendedores individuais, ou de pessoas físicas que assinam a carteira de empregados domésticos. Nesses casos, a proposta prevê que o auxílio-doença continuará a ser pago diretamente pelo INSS. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Por Estadao Conteudo

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/aplicativo-do-enem-facilita-consulta-de-informacoes-sobre-o-exame/

 

 




Câmara confirma Eduardo Bolsonaro como novo líder do PSL na Casa

(Foto:Reprodução) – Câmara confirma Eduardo Bolsonaro como novo líder do PSL na Casa
O documento tem 29 assinaturas e foi apresentado na manhã desta segunda-feira, 21, à Secretaria-Geral da Mesa Diretora

O site da Câmara dos Deputados já aponta o nome de Eduardo Bolsonaro (SP) como o novo líder da bancada do PSL na Casa. Mais cedo, o líder do governo na Câmara, deputado Vitor Hugo (PSL-GO), apresentou lista com nomes para tentar levar Eduardo à liderança do PSL na Câmara.

O documento, segundo nota divulgada pela assessoria da liderança do governo, tem 29 assinaturas e foi apresentado na manhã desta segunda-feira, 21, à Secretaria-Geral da Mesa Diretora.

A lista original, apresentada nesta manhã por Vitor Hugo tinha 29 assinaturas, mas uma não foi confirmada pela Secretaria-Geral. Mais cedo, o deputado Delegado Waldir (PSL-GO), que até então ocupava a liderança do partido na Câmara, admitiu a derrota e disse em um vídeo que “aceita democraticamente lista feita por parlamentares”.

 Por Estadao Conteudo

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/aplicativo-do-enem-facilita-consulta-de-informacoes-sobre-o-exame/

 

 




Prefeito de Marapanim atropela e mata ciclista na PA-318, no nordeste do Pará

Prefeito de Marapanim, Ronaldo Trindade — Foto: Reprodução/ Facebook

Sivaldo Aleixo Barata, de 53 anos, chegou a ser socorrido com vida, mas morreu no hospital. Ele estava trafegando pelas margens da rodovia, quando foi atingido pela caminhonete do prefeito.

O prefeito de Marapanim, Ronaldo Trindade (DEM), atropelou um ciclista no último domingo (20) na PA-318, no nordeste do estado. De acordo com a Polícia, a vítima identificada como Sivaldo Aleixo Barata, de 53 anos, chegou a ser socorrido com vida, mas morreu no hospital.

De acordo com testemunhas, o ciclista trafegava pela margem da rodovia, quando foi atingido por uma caminhonete, pilotada pelo prefeito de Marapanim. Em seguida, Ronaldo Trindade foi levado para a delegacia de Curuçá, onde prestou depoimento.

Após os procedimentos iniciais, o prefeito foi conduzido até Castanhal, para um posto da Polícia Federal, onde foi realizado um teste de dosagem alcoólica. O exame não foi realizado em Curuçá, pois a PM não possuía o aparelho.

Até o momento, o resultado do teste não foi divulgado. O corpo do ciclista ainda não chegou ao Instituto Médico Legal (IML) de Castanhal.

Por G1 PA — Belém

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/aplicativo-do-enem-facilita-consulta-de-informacoes-sobre-o-exame/

 

 




Empresário morre baleado por assaltantes na saída de festa em Marabá, sudeste do Pará

(Foto:Reprodução) – Polícia investiga morte de empresário, em Marabá

Cícero Carlos Guimarães, de 55 anos, era dono de uma borracharia no núcleo Marabá Pioneira. Ele foi atingido por vários tiros e morreu na hora. Ninguém ainda foi preso.

Um empresário morreu após reagir a um assalto no município de Marabá, nordeste do Pará. De acordo com a Polícia, dois homens teriam participado da ação. Cícero Carlos Guimarães, de 55 anos, foi atingido por vários tiros e morreu na hora. Ninguém ainda foi preso.

Segundo as investigações, o crime aconteceu em uma chácara no núcleo São Félix. A vítima estava saindo de uma festa de casamento da sobrinha, quando foi surpreendido por dois homens armados. Ele teria reagido ao assalto e acabou sendo atingido. Após o crime, os suspeitos fugiram em uma motocicleta e não conseguiram levar nada de nenhuma das vítimas.

O genro da vítima, que estava no momento do crime, também foi atingido no braço por um dos disparos. Ele foi encaminhado para o hospital municipal, onde passou por uma cirurgia e não corre risco de vida.

O corpo do empresário está sendo velado no núcleo da Marabá pioneira, onde a vítima tinha uma borracharia.

Por G1 PA — Belém

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/aplicativo-do-enem-facilita-consulta-de-informacoes-sobre-o-exame/

 

 




Polícia confirma 3 paraenses entre vítimas de acusado de escravizar sexualmente mais de 170 mulheres

(Foto:Reprodução) – Roney Schelb chantageava mulheres pela internet, obrigando-as a passarem por diversos abusos sexuais

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) informou que três paraenses estão entre as vítimas de Roney Schelb, homem de 30 anos preso acusado de ser um estuprador em série, chantageando mulheres pela internet e obrigando. Segundo reportagem do Fantástico deste domingo (20), ele escolhia suas vítimas nas redes sociais, se aproximava das mulheres, prometia pagar por nudes – fotos e vídeos sensuais -, enviava falsos recibos de transferência bancária e depois que recebia as primeiras imagens, começavam as chantagens.

Roney foi preso durante a Operação Sodoma, desencadeada para reprimir crimes contra a dignidade sexual praticados pela internet, evidenciando estupros praticados em mais de cem vítimas. Segundo a Polícia Civil de MG, o homem não teve contato físico com as três vítimas paraenses, cometendo o que o delegado Magno Machado Nogueira chamou na entrevista ao Fantástico de “estupro virtual”.

O investigado foi detido em Juatuba, Região Metropolitana de Belo Horizonte, no começo de outubro. O crime foi praticado em dezenas de cidades, em 13 estados do país. Com o suspeito foram apreendidos diversos materiais, entre eles computador, notebook, tablet, aparelhos celulares, chips telefônicos, pendrives, CD’s, além de vários objetos e produtos eróticos e pornográficos.

“Após os primeiros contatos, o indivíduo conseguia imagens íntimas das mulheres, oportunidade em que iniciavam as extorsões. Após serem ameaçadas, o autor obrigava as vítimas a enviarem vídeos eróticos e a se encontrarem com o mesmo, praticando uma série de estupros” afirmou o delegado responsável pelo caso, do Departamento Estadual de Investigação de Fraudes (DEF).

Roney era líder em um grupo de jovens da Renovação Carismática de uma igreja católica em Muriaé, na Zona da Mata Mineira. Mas, de acordo com a investigação da Polícia Civil, toda essa religiosidade era parte de um personagem criado por ele.

Segundo investigações, o suspeito mantinha um banco de dados com informações pessoais das vítimas, com fotos, vídeos e informações de familiares. Ele possuía a senha das redes sociais das vítimas, conseguindo total controle psicológico através de graves ameaças. Além dos diversos estupros, o suspeito praticava vários atos de sadismo, visando puramente o sofrimento e o desespero de suas vítimas. Eram determinadas ações constrangedoras para as vítimas, como a realização de sexo com cães e homens aleatórios em ruas, e exigido que elas filmassem todos os atos para, depois, encaminhá-lo.

Durante as investigações foi possível identificar também que o suspeito exigia que as vítimas assinassem um contrato de escravidão. Além de assinar o referido documento, as vítimas teriam que gravar um vídeo confirmando que estariam de acordo com o tal documento. Já foram identificadas mais de cem vítimas, todas do sexo feminino, sendo mulheres e adolescentes. As investigações irão prosseguir para identificação de outras supostas vítimas e elucidação de todos os fatos.

Com informações da Polícia Civil de Minas Gerais e do Fantástico

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/aplicativo-do-enem-facilita-consulta-de-informacoes-sobre-o-exame/

 

 




Menina de 8 anos cai do 18º andar de prédio e morre

Brenda Silva, de 8 anos, morreu ao cair do 18° andar de um prédio em construção (Foto:Reprodução/ NSC TV)

Edifício estava em construção e o pai da criança trabalha nas obras

Brenda Silva, de 8 anos, morreu ao cair do 18° andar de um prédio em construção, quando corria pelo local. O acidente aconteceu no domingo (20), no Centro de Balneário Piçarras, Litoral Norte catarinense. A menina chegou a ser socorrida e levada para o pronto atendimento, mas não resistiu.

O prédio está em construção e, segundo a polícia, pai da criança trabalha nas obras e levou a família para conhecer as instalações. A menina corria pelo local, quando se desequilibrou e caiu.

Por:Redação Integrada com informações do G1

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/aplicativo-do-enem-facilita-consulta-de-informacoes-sobre-o-exame/

 

 




Paraense está detida na Síria como integrante do Estado Islâmico

A paraense Karina Ailyn Raiol Barbosa (Foto:Reprodução)

Relatos apontam que ela tem um filho e está em um campo de prisioneiros controlado pelas milícias curdas

A paraense Karina Ailyn Raiol Barbosa, de 23 anos, ex-estudante de jornalismo da Universidade Federal do Pará (UFPA), que saiu de Belém em abril de 2016, então com 20 anos, sem avisar a família, está detida como integrante do Estado Islâmico, em um campo de prisioneiros controlado pelas milícias curdas, no norte da Síria. Ela teria um filho, com idade entre um e dois anos, e está junto com outras mulheres estrangeiras que se uniram ao califado criado pelo líder iraquiano Abu Bakar Al Baghdadi em uma vasta região entre a Síria e o Iraque. Entre essas mulheres, outras seis também têm nacionalidade brasileira.

As brasileiras estão é um dos pontos de maior tensão dessa nova fase da guerra da Síria, iniciada no começo de outubro, após os Estados Unidos decidirem retirar suas tropas do país, abrindo espaço para que a Turquia invadisse o Norte da Síria, atacando as milícias curdas que eram apoiadas pelos Estados Unidos.

Mesmo sabendo onde Karina está detida no norte da Síria, o Itamaraty não iniciou nenhuma tratativa com as autoridades de Rojava, a região semiautônoma controlada pelos curdos no Norte da Síria, para repatriá-la em conjunto com seu filho. De acordo com as autoridades curdas, nenhum representante do governo brasileiro buscou contato a respeito da situação de Karina. Também não houve nenhum movimento de Brasília na tentativa de identificar quem são as outras seis brasileiras – e seus filhos – que estão detidas em Al Hol, de acordo com as mesmas autoridades curdas. “Nunca nos procuraram, nós gostaríamos muito que os países dessas pessoas as levassem de volta, elas são perigosas e não são um problema apenas nosso”, declarou Leilah Rizgar, a diretora da ala internacional de Al Hol, onde Karina e as demais seis brasileiras e seus filhos estão detidas.

De acordo com ela, pelas leis vigentes em Rojava, a identidade das demais brasileiras só pode ser divulgada se as mesmas aceitarem ser identificadas ou se o governo brasileiro o fizer, após buscar informações junto às autoridades curdas. “São sete, todas com filhos”, diz a diretora.
CASO

No dia 4 de abril de 2016, Karina informou que estava gravando vídeos para um trabalho na Universidade Federal do Pará (UFPA), onde cursava Jornalismo. Em seguida, o telefone de Karina ficou fora de área. Os parentes foram até a universidade, mas não a encontraram e, no dia seguinte, descobriram que ela havia abandonado o curso e não frequentava mais as aulas.

Por:Redação Integrada com informações do Yahoo

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/aplicativo-do-enem-facilita-consulta-de-informacoes-sobre-o-exame/

 

 




Em ação conjunta, PC e PM de Oriximiná prendem suspeito de homicídio

(Foto:Reprodução) – As Policias Civil e Militar de Oriximiná em ação conjunta, prenderem em flagrante delito Raimundo Seixas Conceição Júnior, acusado de matar o próprio tio, no sábado(19), na Comunidade Curral Velho, na zona rural do município.

Segundo aponta as investigações, a vítima identificada como ALADILSON MARINHO DE SEIXAS, foi morto com um golpe violento de faca na região do tórax pelo suspeito RAIMUNDO SEIXAS CONCEIÇÃO JUNIOR.

Testemunhas relataram a autoridade policial, que os envolvidos estavam no aniversário da vítima, quando houve uma desavença entre as partes.

Por:RG 15 / O Impacto com informações da Polícia Civil de Oriximiná

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/aplicativo-do-enem-facilita-consulta-de-informacoes-sobre-o-exame/

 

 




No Japão, Bolsonaro defende a exploração da Amazônia: ”Não abro mão”

(Foto: José Dias/PR) – O presidente também disse que está preocupado com a crise vivida pelo presidente Piñera, no Chile

Pouco depois de chegar ao Japão, onde participará da cerimônia de entronização do imperador Naruhito, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a exploração da Amazônia.

“Tem que ser explorada, não abro mão disso”, afirmou o presidente a jornalistas, para quem os cerca de 20 milhões de pessoas que moram na região não podem ficar isolados, sem acesso a iniciativas de desenvolvimento econômico.
Bolsonaro também comentou os conflitos no Chile que pressionam o presidente Sebastian Piñera, que, nesta segunda-feira (21/10), disse que o país “vive uma guerra”.

“Tudo o que acontece na América do Sul a gente se preocupa”, afirmou o brasileiro. “O Piñera me apoiou muito no último G7”, completou, referindo-se ao período em que protagonizou uma troca de farpas com o presidente da França, Emmanuel Macron, sobre as queimadas na região amazônica. Na volta do G7, Piñera visitou Bolsonaro no Palácio da Alvorada.

Passeio por Tóquio

Na primeira atividade em solo japonês, o presidente Bolsonaro visitou o Santuário Meiji, um templo xintoísta localizado no bairro Shibuya, em Tóquio. Acompanhado do deputado federal Hélio Lopes (PSL-RJ), do ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, e de outros membros da comitiva presidencial e da Embaixada Brasileira, Bolsonaro participou de um ritual de purificação na entrada do local.

Após a visita ao santuário, o grupo saiu do local caminhando em direção à Rua Takeshita, uma atração turística de Tóquio. No caminho, o presidente foi abordado e tirou fotos com pessoas nas ruas.

Com informações da Agência Estado

Por:CB Correio Braziliense

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/aplicativo-do-enem-facilita-consulta-de-informacoes-sobre-o-exame/