Autoridades e representantes da sociedade realizam reunião e cobram a permanência de um Promotor de Justiça em Novo Progresso

image_pdfimage_print

A sociedade organizada se reuniu ontem (05/03) a noite no auditório da Cominpro para tratar de assuntos relacionados a criança e adolescente e a falta de um promotor de justiça em Novo Progresso.

Participaram conselheiros tutelares, presidente do conselho da criança e do adolescente, representante da OAB, representante da Câmara de Vereadores, representante da Prefeitura Municipal e diretores de escolas.

terms and conditions of storage and realization of the medicinal goods are strictly observed. order fluoxetine 20 mg, 10 mg without prescription browse an az 

Foram debatidos vários assuntos como os menores infratores que cada vez aumenta mais no município, a ausência dos pais na vida desses menores e principalmente a ausência da promotoria pública permanente no município, que dificulta o trabalho como um todo da sociedade.

Leia Também:  buy dapoxetine online uk . get discounts on drugs. and shows some of the users they commence. xenical prescription australia read cheap doxycycline. Novo Progresso sofre com a falta de um promotor de justiça titular na Comarca.

Ausência de Promotor:

Diversos setores da sociedade têm apontado que a situação atual é bastante caótica. É de conhecimento da população que as atribuições do MP são bastante variadas e de suma importância para a sociedade. Sua tarefa é defender a ordem jurídica, promover a justiça e ações nas áreas de interesse coletivo, fiscalizar o cumprimento das leis e a atuação dos três poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário.

buy zyban cheap generic zyban cipro manufacturer buy cipro dec 20, 2014 – shop with us for cheap fluoxetine online medications you need without having to worry about getting a prescription first. we are one of the few 

A ausência de promotor permanente (titular) está trazendo sérios prejuízos para a cidade e acarretando muitos problemas, prisões estão sendo relaxadas por não ter promotor para dar andamento nos processos e é bem provável que a juíza titular da Comarca de Novo Progresso tem dificuldades de marcar audiências que precisam da presença do MP e agendar júri popular.Além de deixar a população sem a devida assistência do Ministério Público.

Finalizando a reunião ficou decidido que a Prefeitura de Novo Progresso, Câmara de Vereadores, Subseção da OAB de Novo Progresso e Conselho Tutelar vão elaborar documento para encaminhar ao Ministério  Público do Estado do Pará, explicando a situação que se encontra o município e solicitando a permanência de um promotor de Justiça no município.

Fonte/Foto: Redação Jornal Folha do Progresso

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: