Borja renasce e Palmeiras arranca empate do Godoy Cruz

image_pdfimage_print

Por:Gazeta Esportiva (foto: assessoria)- O Palmeiras arrancou um empate por 2 a 2 com o Godoy Cruz na noite desta terça-feira, na Argentina, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. Além do susto na viagem para Mendoza, o time alviverde teve que superar novos erros defensivos e um 2 a 0 contra para buscar a igualdade no Estádio Malvinas Argentinas. Felipe Melo e Miguel Borja marcaram para a equipe visitante.

Com o resultado, pelo critério do gol fora de casa, o Palmeiras tem a vantagem de jogar por dois empates (1 a 1 e 2 a 2) no duelo de volta, marcado para a próxima terça-feira (30), às 21h30 (de Brasília), no Allianz Parque. Já o Godoy Cruz precisa de uma vitória simples ou empates com placares a partir de 3 a 3.

Antes, porém, o Verdão tem um compromisso pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a liderança ameaçada pelo Santos, a equipe de Felipão encara o Vasco neste sábado, às 17 horas, também na arena alviverde.

Em uma falha do sistema defensivo do Palmeiras, o Godoy Cruz abriu o placar aos cinco minutos do primeiro tempo. Após levantamento da direita para a esquerda, Brunetta apareceu livre e escorou para o meio da área, onde García se antecipou a Gustavo Gómez para testar e balançar a rede.

O gol fez o Verdão acordar e trocar mais passes para chegar na frente. Aos 10, Bruno Henrique levantou na área e Borja cabeceou no canto direito do goleiro Mehring, que se esticou todo para fazer a defesa. No rebote, o colombiano mandou para fora.

Justamente quando era melhor, o time de Felipão levou o segundo gol em nova falha da defesa alviverde. Aos 28, o Godoy Cruz saiu tocando com facilidade, até a bola chegar em García, que fez o pivô no meio-campo, recebeu nas costas de Diogo Barbosa e fuzilou Weverton.

Na base do abafa, o Palmeiras descontou pouco depois. Marcos Rocha recebeu na linha de fundo, cruzou na área e viu Felipe Melo contar com erro na saída do goleiro para marcar de cabeça. Antes do intervalo, Gómez puxou a camisa de García dentro da área: pênalti. Na cobrança, Weverton defendeu com o pé a batida do atacante.

Mais intensa, a equipe brasileira voltou melhor para a etapa complementar. Aos nove minutos, após boa trama pelo meio, Borja deixou Willian na cara do gol. O atacante, porém, bateu mal e mandou para fora. Era um prenúncio do gol de empate.

Aos 13 minutos, com a bola no chão, Luan descolou grande passe para Borja, que girou para cima do zagueiro na entrada da área e tocou rasteiro na saída do goleiro, marcando um belo gol para o Palmeiras. Foi o primeiro dele após cinco meses de jejum.

Em busca da virada, Scolari colocou Hyoran no lugar do cansado Willian. Apesar da melhora, o Verdão continuava oferecendo espaços para o Godoy. Aos 30, Brunetta recebeu por trás da marcação, invadiu a área e encheu o pé. Weverton, bem colocado, fez a defesa.

Nos minutos finais, o Palmeiras pressionou e ainda teve uma última chance de virar o placar. Em cobrança de falta frontal, Bruno Henrique exigiu grande defesa do goleiro. No rebote, contudo, a zaga rival afastou o perigo e manteve o 2 a 2 no marcador.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: