BR-163-Duplicação da rodovia pode não sair no norte de Mato Grosso, Rota Oeste aguarda por financiamento público

image_pdfimage_print

A duplicação do trecho norte da BR 163, entre a capital Cuiabá e o município de Sinop, está ameaçada. Isso porque segundo a concessionária Rota do Oeste, responsável pela duplicação, manutenção e conservação da rodovia, informou que aguarda a confirmação de um empréstimo junto ao BNDS para o início das obras.

O prazo de execução é de cinco anos, mas caso o empréstimo não seja liberado, o que acontece? A concessionária ressaltou que este empréstimo estaria previsto no pacote de concessões anunciados pelo governo federal em 2013 e que as obras são muito caras, valores muito além do que é arrecadado com a cobrança de tarifas em postos de pedágio.

Até o momento as obras de duplicação da BR 163 estão sendo realizadas na região sul do estado, entre o município de Rondonópolis e a fronteira com Mato Grosso do Sul. A manutenção entre Sinop e o posto Gil recebe reparos constantes, mas do povoado no interior de Nobres até Cuiabá a situação é complicada, os buracos tomam conta da pista e pouca coisa parece diferente de antes da concessão.

Da redação Nortão Noticias
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: