Brasil faz pior jogo do ano, perde para Colômbia e fica sem Neymar em ‘decisão’

image_pdfimage_print

buy buy prednisone online . prednisone internet drugstore next day u.s. shipping. prednisone is used for treating severe allergies, arthritis, asthma, multiple sclerosis, and synthroid generic form article · buy doxycycline online australia news. valtrex online europe herpes medication valtrex cost generic form valtrex Brasil x Colômbia – Copa América
Em uma noite irreconhecível, o Brasil de Dunga perdeu a série invicta de 11 jogos com derrota por 1 a 0 contra a Colômbia. Revés faz duelo contra a Venezuela, neste domingo, virar umas espécie de decisão do Grupo C da Copa América, já que as três seleções tem 3 pontos – o Peru pode alcançar essa pontuação se bater os venezuelanos, nesta quinta
buy estrace online . the efficacy and side effects. muscle wasting can seriously limit mobility, functioning, and quality of life to infants such as being mr hodgkiss’ AAbKKsf.img 3 oct 2013 … buying medicine atarax (hydroxyzine) 25 mg cheap atarax hcl 40 mg mixed with alcohol cost walgreens generic prozac price generic different prozac 20 mg high. prozac price on the street should i buy prozac online

[Neymar empurrado confusão Colômbia – Foto: Silvia Izqueirdo/AP]
Neymar provoca confusão e é expulso após o fim do jogo

Neymar lamenta durante Brasil e Colômbia © Foto: Getty Images Neymar lamenta durante Brasil e Colômbia
A decisão da vaga na próxima fase ganhou contornos dramáticos para o Brasil. Em noite sofrível, a seleção foi dominada pela Colômbia, perdeu por 1 a 0 nesta quarta-feira, no Estádo Monumental, em Santiago, e ainda não terá Neymar, suspenso, na ‘decisão’ contra a Venezuela, na última rodada, no próximo domingo.

O time canarinho abusou das faltas próximas à área e acabou sendo penalizado aos 35 minutos do primeiro tempo.

Mesmo cercado, Radamel Falcão García foi derrubado por Fred do lado direito. Cuadrado cruzou na área, Daniel Alves afastou mal e Jeison Murillo aproveitou o bate-rebate para abrir o placar.

Não funcionaram as mudanças feitas por Dunga: ele surpreendeu na escalação trocando David Luiz e Diego Tardelli por Thiago Silva e Roberto Firmino, respectivamente. O Brasil fez especialmente o primeiro tempo abaixo da média.

Atuando mais uma vez como ‘visitante’ diante da maioria colombiana, a seleção não conseguiu se encontrar em campo e sofreu com a falta de tranquilidade no meio-de-campo. A bola passava pelo setor, mas não parava. Willian esteve novamente apagado, Firmino se escondia e Fred não conseguia completar uma jogada.

Neymar, por sua vez, exagerava no individualismo.

Como resultado, foram mais de 20 minutos sem um finalização no gol.

A Colômbia, por outro lado, não sentia a pressão de ter de vencer após largar perdendo para a Venezuela e contava com Carlos Sánchez em uma noite impecável para anular o meio brasileiro e chegar bem ao ataque.

O prejuízo do Brasil poderia ter sido ainda maior: Sanchez e Cuadrado, em excelente combinação com James e Teo Gutiérrez, desperdiçaram a chance de aumentar.

Para piorar, na melhor chance na etapa inicial, aos 44 minutos, Daniel Alves mandou na área e Neymar, sozinho, cabeceou para milagre de Ospina. No rebote, o craque do Barcelona tocou com a mão na bola e recebeu o cartão. Ele está fora da rodada final contra a Venezuela por segundo amarelo.

No intervalo, Dunga tentou corrigir a falha no meio-campo e voltou com Phillipe Coutinho, enfim, recuperado, no lugar de Fred.

A equipe melhorou.

Com o jogo parelho, Neymar levou perigo de um lado e Cuadrado do outro até que Firmino, aos 13 minutos do segundo tempo, perdeu a oportunidade mais incrível da partida. Murillo recuou mal para Ospina, que dividiu com Elias, levou a pior e viu o atacante do Hoffenheim, com o gol aberto, chutar por cima.
Surreal.

O time seguia falhando no passe final e ainda voltou a fazer falta rente à área. A dinâmica seguiu a mesma até o fim.

Foram 44.008 mil pessoas no Monumental.

Com o resultado, a Colômbia iguala Brasil e Venezuela com três pontos, na primeira colocação, mas os venezuelos ainda entram em campo contra o Peru, nesta quinta-feira, às 20h30 (de Brasília), em Valparaíso.

FICHA TÉCNICA:

BRASIL 0 x 1 COLÔMBIA

Local: Estádio Monumental, em Santiago (Chile)

Data: 17 de junho de 2015, quarta-feira

Horário: 21 horas (de Brasília)

Árbitro: Enrique Osses (CHI)

Assistentes: Carlos Astroza (CHI) e Sergio Román (CHI)

Cartões amarelos: Fernandinho, Roberto Firmino, Neymar (Brasil); Teófilo Gutiérrez (Colômbia)

Cartões vermelhos: Neymar (Brasil); Bacca (Colômbia)

Gol: COLÔMBIA: Murillo, aos 35 minutos do primeiro tempo

BRASIL: Jefferson; Daniel Alves, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luís; Fernandinho, Elias (Diego Tardelli), Willian (Douglas Costa) e Fred (Philippe Coutinho); Neymar e Roberto Firmino

Técnico: Dunga

COLÔMBIA: Ospina; Zúñiga, Zapata, Murillo e Armero; Carlos Sánchez, Valencia (Mejía), Cuadrado, James Rodríguez e Teófilo Gutiérrez (Bacca); Falcao García (Ibarbo)

Técnico: José Pérkerman

Por:MSN Esporte
Publicado por Folha do Progresso fone para contato Cel. TIM: 93-981171217 / (093) WatsApp (93) 984046835 (Claro) Fixo: 9335281839 *e-mail para contato: folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: