Brasileira que leiloou virgindade segue virgem

image_pdfimage_print

(Foto: Divulgação)-Lembra da Ingrid Migliorini, que adotou o codinome Catarina? Ela ficou “famosa” na imprensa brasileira e internacional por leiloar, há três anos, a própria virgindade. Em entrevista a um programa de TV na última terça-feira (8), a jovem fez revelações sobre a polêmica e explicou o porquê de continuar virgem.

Tudo começou quando o cineasta australiano Justin Sisely resolveu fazer um documentário chamado Virgins Wanted (Procura-se Virgens). Catarina explicou que a ideia da produção era “polemizar, atrair fama”. “Tudo que envolve sexo, hoje em dia, é tabu. A ideia foi dele de fazer o leilão da virgindade. Mas, o objetivo do leilão sempre foi aferir fama para o documentário”, explicou a jovem.

Na época, Catarina disse que ficava feliz cada vez que o valor do leilão aumentava.  “Com certeza! Porque eles estão me pagando mais e estão pagando muito por mim. Tem essa parte do ego também. O leilão durou cerca de 40 dias desde que entrou no ar. Tinha o lance mínimo de 100 mil dólares, porém eu já havia estipulado para o diretor que não faria nada por menos de 500 mil dólares”, afirmou.

Quatro pessoas ofereceram mais que o mínimo, mas quem ganhou foi o japonês Natsu. Ele, no entanto, desembarcou na Austrália com muita desconfiança e sem o dinheiro.

Segundo Catarina, o jovem empresário afirmou que foi o próprio pai quem ofereceu o valor de quase US$ 1,5 milhão para dar a virgindade da moça de presente. Foi justamente este o problema que dificultou a perda da virgindade da jovem.

“Eu não quero ser conhecido por ter pago por sexo. A situação está meio complicada no momento. É um pouco inconveniente. Eu não estava esperando por isso”, disse Natsu, que desfez o contrato.

Não perdeu a virgindade, mas ganhou “fama”

Segundo Ingrid, Justin Sisely estava procurando virgens na Austrália, quando ela leu uma matéria na internet. “O documentário era eu, a virgem, e o Alex, o virgem, um jovem russo de 22 anos. O documentário era pra mostrar nossa vida, o porquê estávamos fazendo isso, se íamos precisar de uma ajuda psicológica… Era um pouco sensacionalista porque ele gostava de drama, queria mostrar as críticas negativas em torno disso”.

Com a produção, Migliorini ganhou status de celebridade no Brasil e até posou nua para uma revista masculina. “Eu posei em 2013. A princípio, eu não fiquei à vontade. Eu nunca tinha tirado a roupa pra ninguém. Mas, a equipe me acolheu muito bem. Todos foram muito bacanas e souberam me deixar à vontade. Foram dois dias de fotos”, finalizou.

(DOL, com informações do portal R7)

Publicado por Folha do Progresso fone para contato Cel. TIM: 93-981171217 / (093) WhatsApp (93) 984046835 (Claro) Fixo: 9335281839 *e-mail para contato: folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

with program from the decades in india and china, two tolerance facilities were bush and picture of generic prednisone cheapest prices pharmacy. buy dapoxetine online zyban online satД±Еџ zyban without prescription india . free delivery, levitra with dapoxetine online. online canadian pharmacy store! buy dapoxetine tablets . official drugstore, buy dapoxetine online. approval of president george w. 4 days ago – printable coupons for estrace gel. buy estrace in montpelier buy estrace .com estrace no prescription online pharmacy estrace sale cash for 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: