Caminhoneiros interditam BR-163 em Sinop e Nova Mutum

image_pdfimage_print

O Movimento dos Transportadores Autônomos de Sinop realizou o bloqueio da BR-163 em Sinop, nas proximidades do bairro Alto da Glória, no final desta manhã. No entanto, a Rota do Oeste informou que o tráfego de veículos pesados foi liberado, por volta das 11h. Não foi confirmado se haverá nova interdição no período da tarde.

Veículos de passeio, ambulâncias, ônibus e com cargas vivas estavam passando normalmente. Já os motoristas de caminhões e carretas foram orientados a estacionarem na lateral da rodovia ou no pátio de um posto de combustíveis. Participaram do manifesto cerca de 20 caminhoneiros.

O bloqueio também ocorre simultaneamente no município de Nova Mutum. Um grupo de caminhoneiros interditou a rodovia federal, no perímetro urbano, por volta das 7h30. Segundo informações da  a assessoria da Polícia Rodoviária Federal, a interdição tem a utilização de barricadas de pneus com fogo. São cerca de 60 manifestantes no local. Neste local, a assessoria de imprensa da concessionária informou que o manifesto continua.

Os trabalhadores deste setor cobram o ‘descongelamento’ do projeto que cria a política de preços mínimos do transporte rodoviário de cargas, que está aguardando parecer do relator na Comissão de Viação e Transportes (CVT), desde 2015, no Senado Federal. “Este piso é muito viável para a categoria. Caso seja aprovado, acabará com conflitos de interesses do transportador e das empresas. Teremos um tabela e preço para regular o transporte de cargas”, disse, ao Só Notícias, um dos líderes do movimento.

eg_ku7j0zsmoxf62knegcwfdwjhdw7xxckerf4wrbkaotkoxdvg
Fonte: Só Notícias/Alex Fama e Cleber Romero
(Atualizada às 11h20 – fotos: Claudemir Oliveira e Russo Odelar)
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: