Campanha Janeiro Branco mobiliza hospitais da Pró-Saúde no Pará

image_pdfimage_print
_Unidades públicas de saúde realizaram, ao longo do mês, diversas atividades voltadas para conscientização sobre saúde mental_

Ao longo deste mês, os hospitais públicos do Pará gerenciados pela Pró-Saúde no Pará, realizam diversas ações para promoção da campanha Janeiro Branco. Colaboradores, profissionais da área da saúde, usuários e pacientes, participam de atividades educativas, sociais e de lazer, com o intuito conscientizar sobre a importância da saúde mental.

Referência para a assistência especializada de crianças e adolescentes com câncer no Pará, o Hospital Oncológico Infantil abordou os cuidados com a saúde mental até esta quinta-feira (30), com uma programação para colaboradores, com apresentações musicais de humor e divulgação de serviços públicos e particulares de psicoterapia, na região metropolitana de Belém.

No Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), a programação contou com a apresentação do Projeto “HumaEscuta”, que oferece aos colaboradores um espaço de acolhimento por meio de uma intervenção psicológica segura e sigilosa. Foram realizadas também palestras sobre estresse no trabalho, depressão e síndrome de Burnout, ministradas pelo psicólogo convidado, Fábio Silva, e pelo psiquiatra, Raphael Luna. O encontro discutiu o conceito de ressignificação para lidar com estresse, ansiedade e experiências difíceis. Os profissionais apresentaram, ainda, sintomas das doenças, antecedentes, possíveis desencadeadores, formas de tratamento e prevenção.

Para acompanhantes e pacientes, houve um momento de acolhimento e meditação, por meio de uma oficina terapêutica na tenda do relaxamento. Os usuários puderam participar de uma dinâmica para aliviar os sintomas ligados a experiências de longo prazo de internação, além de assistirem filmes temáticos com o “CineMetrô”. “Depois de 12 dias acompanhando meu irmão que está internado, ter um momento de relaxamento faz muita diferença. Eu fiquei emocionada, às vezes você precisa apenas de um abraço, ser ouvida e cuidada. Esse momento melhorou meu dia”, afirmou Maria Zeneide, acompanhante no HMUE.

A programação da campanha “Janeiro Branco” do Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), em Belém, buscou sensibilizar pacientes, acompanhantes e colaboradores da unidade sobre saúde mental e qualidade de vida. Nesta terça-feira (28), os pacientes internados foram surpreendidos com mensagens motivacionais escritas em seus potes de sobremesa, servidas durante a tarde.

“Queríamos algo que animasse e surpreendesse o usuário dentro de sua rotina. Então, vimos na internet uma ideia semelhante e resolvemos implantar dentro do hospital. Um doce acompanhado de mensagens positivas é a melhor sobremesa após uma refeição”, explicou Keisy Ribeiro, responsável pelo Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), e idealizadora da iniciativa.
DSC_0523
Além disso, nesta quinta e sexta-feira, serão realizadas palestras e ações voltadas para promover a conscientização sobre a importância dos cuidados e de hábitos que contribuem para a saúde mental, sendo uma iniciativa do setor de Humanização em conjunto com Psicólogos do HPEG. Serão feitas, também, oficinas terapêuticas com pacientes e acompanhantes, buscando proporcionar momentos de tranquilidade e bem-estar aos participantes.

No Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira, sudoeste do Estado, os colaboradores puderam participar de sessões de terapia em grupo. Com o início do ano e o clima de reflexão e esperança, propício à abertura ao novo e transformação, o serviço de psicologia, juntamente com a medicina ocupacional, promoveu um momento psicoterapêutico.

Realizado por dois dias seguidos, nos três turnos de trabalho, os colaboradores conversaram sobre saúde mental e emocional. De acordo com a psicóloga da unidade, Kaillym Torres, ações como estas reforçam o cuidado com o bem-estar pleno do colaborador, aspecto que influencia diretamente no desempenho do exercício de sua função. “Cuidar da saúde mental é equilibrar a vida desde dentro, é a forma mais genuína de amor e o principal caminho rumo à cura de qualquer sofrimento psíquico”, explicou Kaillym.

Em Marabá, no Hospital Regional do Sudeste do Pará Dr. Geraldo Veloso (HRSP), a campanha contou com palestras voltadas para os colaboradores e usuários da unidade, realizadas em parceria com Centro de Atenção Psicossocial (Caps), da Prefeitura Municipal de Marabá (PMM). A psicóloga do HRSP, Nailsa Oliveira, ressaltou que a ação é uma campanha de prevenção de doenças mentais, com objetivo de alertar a sociedade sobre a importância dos cuidados com a mente. “Todas as pessoas que estejam passando por alguma dificuldade que afete a sua saúde mental, devem procurar ajuda profissional, que irá contribuir com o diagnóstico e cuidados que deverão ser tomados para alcançar uma vida mais saudável”, alertou Nailsa.

Já o Hospital Materno-Infantil de Barcarena Dra. Anna Turan, localizado há mais de 114 quilômetros da capital Belém (PA), promoveu uma palestra sobre o tema para as gestantes e pacientes usuárias da unidade. As orientações foram prestadas na recepção e envolveram, inclusive, mães e pais de recém-nascidos. A ação contou com a presença de colaboradoras do Caps do município de Barcarena. “Esse ano, a campanha Janeiro Branco do HMIB ressaltou as doenças mentais que são adquiridas no local de trabalho, como estresse, ansiedade e depressão. É muito importante conversar sobre o assunto e saber acolher a pessoa que está nessa situação”, ressaltou Hellen Domiciano, coordenadora do Caps.

Durante as orientações, a profissional abordou ainda as causas e as consequências do estresse, como o aumento da frequência cardíaca e tensão muscular, além da Síndrome de Burnout, definida como distúrbio psíquico de caráter depressivo, que tem como consequência o esgotamento físico e mental”, completou Hellen.

As unidades são gerenciadas pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), e prestam atendimento 100% gratuito.

**Sobre a Pró-Saúde**

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.

Por:Adrielle Sousa
Analista de Comunicação -HMUE com fotos.
DSC_0545 DSC_0518
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: