Técnicos da Adepará e do Tocantins monitoram população de morcegos

“Casas” dos mamíferos voadores estão sendo cadastradas e monitoradas pelos técnicos em São Geraldo do Araguaia/Foto: Ascom / Adepara
Técnicos da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) realizam, em parceria com servidores da Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec), até esta sexta-feira (13), cadastramento e, posterior monitoramento, dos abrigos de morcegos hematófagos na região de São Geraldo do Araguaia, sudeste paraense. O objetivo é saber quantas “casas” dos mamíferos voadores há no Estado, para então elaborar e pôr em prática ações ainda mais efetivas que controlem a população desses animais.
Os morcegos são muito importantes para o ecossistema, sendo responsáveis pelo controle da população de insetos, roedores, flora, dentre muitos outros benefícios. Seu desaparecimento poderia resultar em um desequilíbrio de grandes proporções na natureza. Os hematófagos, especificamente, se alimentam exclusivamente de sangue, por conta disso, são conhecidos como “morcegos vampiros”.

“Os morcegos hematófagos, infectados com o vírus da raiva, podem transmiti-la para os animais e pessoas. Esse vírus mata! Em todo o Pará, esse ano, tivemos dez casos confirmados de herbívoros com raiva”, informa a médica veterinária da Adepará, Arlinéa Rodrigues, coordenadora do Programa Estadual do Controle da Raiva dos Herbívoros.
A transmissão se dá quando a saliva do hematófago infectado entra em contato com outro animal ou com o ser humano, por meio da mordida ou ferida aberta. Por isso, o contato com qualquer tipo de morcego dever ser evitado.
“O principal a fazer é evitar ocupar o habitat do morcego, não construir casas dentro das matas e, se construir, se assegurar de que não haverá portas para que ele entre na residência. É fundamental, também, que o cidadão avise os técnicos da Adepará mais próxima em caso de espoliações por hematófagos em outros animais. Os morcegos fazem parte do nosso bioma e são fundamentais, então, não devemos matá-los, mas sim controlar a sua população”, acrescenta Arlinéa Rodrigues. A espoliação é quando o morcego se alimenta do sangue de outros animais.
A parceria com técnicos da Adapec vai fortalecer o cumprimento de algumas metas estabelecidas pelo Programa Nacional de Controle da Raiva dos Herbívoros. Dentre elas estão o cadastramento e registro de abrigos, com repasse de informações ao PNCRH e o controle populacional de morcegos hematófagos.

 Animais são fundamentais para o ecossistema, mas podem transmitir raiva, por isso é importante controlar a sua população Foto: Ascom / Adepara

Animais são fundamentais para o ecossistema, mas podem transmitir raiva, por isso é importante controlar a sua população
Foto: Ascom / Adepara

Também fazem parte desse projeto a educação sanitária, através da conscientização dos produtores rurais e crianças nas escolas, a caracterização de área de risco, ação continuada ao cadastramento de abrigos, capturas de morcegos hematófagos, atendimento a notificações e vigilância ativa.
“O estreitamento da parceria entre os estados do Pará e Tocantins, através da realização de ações conjuntas, fortalece as medidas de prevenção e controle estabelecidas junto ao PNCRH, em prol do controle da raiva dos herbívoros no Brasil”, diz ainda a médica veterinária.
Santarém
A Adepará, em parceria com o Programa Estadual do Controle da Raiva dos Herbívoros do Instituto Mineiro Agropecuário (IMA), realizou entre 26 e 29 de agosto último, em Santarém, Baixo Amazonas, treinamento de atualização e capacitação sobre biologia, captura, taxidermia de morcegos hematófagos e coleta de material encefálico, para diagnóstico de doença nervosa, como a raiva ou encefalopatia espongiforme bovina, popularmente conhecida como doença da “vaca louca”.
Foram capacitados 20 servidores da Adepará, entre médicos veterinários e técnicos das regionais de Santarém, Altamira, Itaituba, Novo Progresso, Almeirim e Oriximiná, além de acadêmicos de medicina veterinária da Universidade da Amazônia, em Santarém.

13/09/2019 09h43 – Atualizada hoje 10h44
Por Governo do Pará (SECOM)

*Texto: Ascom Adepará
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/dia-mundial-da-agronomia-as-praticas-de-uma-agricultura-sustentavel/

 




Celpa garante mais energia no Çairé de Alter do Chão

(Foto: Adrio Denner) – A busca dos mastros, no lago encantado, que acontece neste sábado, 14, é a primeira manifestação do povo da vila anunciando a chegada de uma das culturas mais tradicionais da Amazônia
 
Antes de começar a festa, a Celpa montou um esquema especial. Por toda a rodovia Everaldo Martins, que liga Santarém a Alter do Chão, a concessionária fez serviços preventivos. Galhos de árvores que cresceram demais e estavam próximas da fiação elétrica, foram retirados. A megaoperação contou com equipes de diversas áreas da Celpa, inclusive a de Meio Ambiente. O objetivo é que não haja nenhuma falha no fornecimento de energia e a população (moradores, visitantes e turistas) possam curtir o Çairé com todo o conforto e segurança.
De acordo com Danilo Almeida, executivo da Gerência de Serviços Técnicos e Comerciais, profissionais das equipes técnicas e operacionais da concessionária já foram acionadas para atuarem durante a programação oficial que acontece no período de 19 a 23 de setembro. “Equipes de manutenção pesada e leve estarão de prontidão para solucionar qualquer eventualidade, de forma rápida e segura, garantindo que o evento transcorra sem anormalidade”, reforça.
Ligações Provisórias
Quem vai aproveitar o Çairé para ganhar uma renda extra no comércio, precisa solicitar ligação provisória nas agências da Celpa em Santarém, com antecedência, para evitar transtornos durante a festividade.
O executivo explica que ligações elétricas, feitas de maneira irregular, podem ocasionar descargas, curtos-circuitos, sobrecarregar o sistema elétrico, podendo causar além de interrupções no sistema, acidentes sérios e colocar em risco a vida das pessoas.

Uma equipe de atendimento da distribuidora também estará na vila, nos dois dias que antecedem a programação oficial, ou seja, terça e quinta-feira, para atender aos empreendedores.

Para solicitar as ligações provisórias os interessados devem apresentar Registro Geral (RG) e o CPF do responsável. Também devem ser informados os equipamentos que serão utilizados no ponto comercial e a carga instalada, além do endereço correto, com referências do quiosque. A partir daí será gerada uma fatura, que poderá ser paga em qualquer agente arrecadador, como as lotéricas.

Durante o Çairé, a Celpa vai reforçar as equipes de fiscalização, a fim de evitar o furto de energia e garantir mais energia para Alter do Chão.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/dia-mundial-da-agronomia-as-praticas-de-uma-agricultura-sustentavel/

 




Moradores de cidades paranaenses relatam passagem de meteoro

Alguns moradores de áreas rurais relataram terem ouvido um barulho semelhante ao de um trovão e uma forte claridade no céu
Imagem ilustrativa de meteoro / Imagem de Alexander Antropov por Pixabay

Um estrondo intenso seguido de um clarão surpreendeu moradores de algumas cidades do noroeste do Paraná na manhã desta sexta-feira (13), por volta das 5h30.

Moradores das cidades de Paranavaí, São Carlos, Tamboara, Paraíso do Norte, Guairaçá, São João do Cauiá, Planaltina do Paraná e Alto Paraná são alguns dos que relataram terem testemunhado o fenômeno.

Segundo o Portal da Cidade Paranavaí, alguns moradores de áreas rurais relataram terem ouvido um barulho semelhante ao de um trovão e uma forte claridade no céu. Um deles disse que chegou a sentir o chão tremer.

Em entrevista ao portal, o professor Amauri José da Luz Pereira, do Observatório Astronômico do Colégio Estadual do Paraná (OACEP), a principal hipótese é que o estrondo e o clarão corresponda a um meteoro brilhante que passou pela região. De acordo com Pereira, que estuda o assunto há 25 anos, quando o meteoro entra em contato com a atmosfera da Terra ele sofre uma explosão, que produz o clarão, e a onda de choque é o que provoca o barulho.
Veja o clarão do meteoro flagrado por uma câmera de segurança:
Por:Revista Planeta
13/09/2019

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

https://youtu.be/VJW6wdENcvE
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/dia-mundial-da-agronomia-as-praticas-de-uma-agricultura-sustentavel/




Pará está fora da lista de estados com surto ativo de sarampo

Balanço do Ministério da Saúde mostra 16 estados brasileiros com a doença-(Por:Marcelo Camargo / Agência Brasil)

O Pará está fora da lista de estados com surto ativo de sarampo. O Brasil registrou 3.339 casos confirmados da doença em 16 estados, nos últimos 90 dias, segundo balanço divulgado nesta sexta-feira (13), pelo Ministério da Saúde. Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul passaram a fazer parte da lista de estados com surto ativo. O último boletim aponta que são 24.011 casos suspeitos no país, sendo que 17.713 (73,8%) estão em investigação e 2.957 (12,3%) foram descartados. Neste ano, foram confirmados quatro mortes por Sarampo. Três em crianças com menos de 1 ano de idade e um homem de 42 anos. Nenhum dos quatro haviam sido vacinados.

São Paulo segue como o estado com a maior parte dos casos confirmados, 97, 5% (3.254), seguido do Rio de Janeiro (18), Pernambuco (13), Minas Gerais (13), Santa Catarina (12), Paraná (7), Rio Grande do Sul (7), Maranhão (3), Goiás (3), Distrito Federal (3), Mato Grosso do Sul (1), Espírito Santo (1), Piauí (1), Rio Grande do Norte (1), Bahia (1) e Sergipe (1).

Segundo o ministério, as crianças são as mais suscetíveis às complicações e óbitos por sarampo, uma vez que a incidência de casos em menores de 1 ano é 9 vezes maior em relação à população em geral. A segunda faixa etária mais atingida é de 1 a 4 anos.

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Oliveira, diz que é importante vacinar crianças menores de 5 anos porque apresentam maior risco de desenvolver complicações, como cegueira, encefalite, diarreia grave, infecções no ouvido, pneumonias e óbitos.

O Ministério da Saúde enviou neste ano 19,4 milhões de doses da vacina tríplice viral, que protege contra o sarampo, caxumba e rubéola. A tríplice viral está disponível em todos os mais de 36 mil postos de vacinação em todo o Brasil.

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo vai ocorrer de 7 a 25 de outubro e o público-alvo são crianças de 6 meses a menores de 5 anos. O dia D – dia de mobilização nacional – vai ser em 19 de outubro. Já a segunda etapa, de 18 a 30 de novembro, o foco é a população de 20 a 29 anos. O dia D ocorrerá em 30 de novembro.

Agência Brasil
13.09.19 18h22
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/dia-mundial-da-agronomia-as-praticas-de-uma-agricultura-sustentavel/

 




Funcionários da Celpa são presos suspeitos de extorquir clientes em Piçarra, no PA

Funcionários de terceirizada da Celpa são presos suspeitos de extorquir clientes em Piçarra, no PA

Os dois foram encontrados com R$1.620 em dinheiro, que teria sido recebido de uma vítima, segundo a Polícia.
Dois funcionários de uma empresa terceirizada da concessionária de energia Celpa foram presos em flagrante nesta sexta-feira (13) em Piçarra, no sudeste do Pará. Ambos são suspeitos de extorsão contra clientes com dívidas.

Segundo a Polícia, os dois funcionários foram encontrados com R$1.620 em dinheiro, que teria sido recebido de uma vítima.

A Celpa informou, em nota, que tomou conhecimento sobre o caso e que não compactua com este tipo de prática.

A concessionária disse também que já solicitou que os funcionários fossem desmobilizados e que irá acompanhar e colaborar com as investigações policiais.

Por G1 PA — Belém
13/09/2019 23h25
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/dia-mundial-da-agronomia-as-praticas-de-uma-agricultura-sustentavel/

 




Dia Mundial da Agronomia: as práticas de uma agricultura sustentável

Manejo integrado de praga e de doenças diminui o impacto ambiental, além de trazer economia para o agricultor

Indispensável para o controle de insetos, doenças ou plantas daninhas que causam prejuízos às plantações, os agrotóxicos vêm sendo muito discutidos, principalmente depois da liberação de novos produtos. De acordo com o Greenpeace, dos 290 produtos liberados em 2019, 41% (118) são considerados extremamente ou altamente tóxicos e 32% são proibidos na União Europeia. Em meio a essa constatação, uma reflexão em pleno Dia Mundial da Agronomia, comemorado hoje, 13 de setembro: será que dá para realizar uma agricultura sustentável?

A resposta é sim. E o melhor, só traz benefícios econômicos, ambientais e à saúde, desde que o agricultor procure por profissionais para obter a orientação necessária. O professor do curso de Agronomia, Jorge Gheller, tem trabalhado na aplicação de práticas de manejo integrado de praga e de doenças, que inclusive já foram liberadas pelo Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) juntamente com a Empresa Brasileira de Pesquisa e Agropecuária (Embrapa).

“Na minha lógica, isso não quer dizer que vamos zerar o número de aplicações de produtos químicos, mas diminuir bastante em relação ao que é feito pelos agricultores. No manejo de pragas, a redução de aplicações é pela metade. Se um produtor costuma fazer quatro aplicações de um produto, adotando o manejo de pragas, ele reduz para duas. Então já dá uma redução de 50% do número de aplicações”, explica o professor do Centro Universitário Fundação Assis Gurgacz – FAG

No caso de controle das doenças nas plantações, Jorge exemplifica com a cultura da soja. Uma doença chamada “ferrugem” é a principal ameaça em todo o cultivo. “O manejo da ferrugem pode ser feito com táticas específicas como a coletagem dos poros das folhas. Portanto, antes da doença atingir a planta. E com isso a gente reduz o número de aplicações de 3 litros de inseticida para a 1 ou 1,5 litros aplicação por hectare. Com a redução desse número de aplicações conseguimos reduzir o custo, tornando a saca de soja mais barata e ainda contribuindo com o ambiente”, acrescenta.

Para o engenheiro agrônomo, Cláusio Cedraz, o grande desafio hoje da agricultura é fazer com que ela seja sustentável. Existem diversos tipos de produtos no mercado: biológicos, orgânicos, defensivos, químicos. E, para cada um deles, há o momento certo de aplicar de acordo com a situação apresentada. E também formas de diminuir o impacto ambiental.

“O próximo passo da agricultura é o estímulo à defesa natural da planta. Então, terei produtos que não vão agredir o meio ambiente e vão agir sob a planta, estimulando o próprio sistema de defesa, o fortalecimento do organismo, para que ela conviva com aquela praga ou com aquela doença que existem na lavoura”, explica Cedraz que complementa já perceber movimentações no mercado neste sentido. “A gente só precisa adaptar a nossa legislação que ainda não está preparada para esse tipo de produto”.

Cuidados com a aplicação de agrotóxicos

O agricultor deve ter todos os cuidados na hora da aplicação dos produtos para que não sofra riscos com alta exposição. “O risco é sempre grande se a exposição ao produto for alta, ou seja, o descuido do manipulador que está aplicando. Se for observado as condições de aplicação, preparo e manipulação, o risco será baixo”, comenta Jorge Gheller.

O professor de agronomia alerta para as vestimentas ideais para segurança da manipulação e aplicação do produto. São os Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s). “Trata-se de uma vestimenta específica: máscara para evitar inalação de gás, óculos para evitar respingos nos olhos, as luvas, galocha. Esses itens, que chamamos de EPI, são obrigatórios para uma aplicação segura”, conclui Gheller.

Jaqueline Vaz – Agência Educa Mais Brasil

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/aplicativo-elaborado-por-estudantes-pode-ajudar-no-combate-ao-suicidio/




Ciro Gomes vem a Belém no segundo final de semana de outubro

Ciro Gomes também vai estar no Espaço Recreativo Vadião, na UFPA (Foto:Valter Campanato / Agência Brasil)

No sábado (12), ex-candidato participa da Convenção Estadual do Partido Democrático Trabalhista (PDT)

O ex-candidato a presidente da República Ciro Gomes (PDT) estará em Belém no segundo final de semana de outubro. O político participará de diversas atividades de 11 a 13. A agenda foi confirmada por Alan Pombo, secretário geral do PDT-PA.

Ex-prefeito de Fortaleza, ex-governador do Ceará e ex-ministro, Ciro começará a agenda na Universidade Federal do Pará (UFPA) na tarde de sexta-feira, dia 11, com um debate sobre Amazônia com estudantes indígenas e quilombolas, no Espaço Recreativo Vadião.

No sábado, dia 12, Gomes estará na Câmara Municipal de Belém (CMB) para participar da Convenção Estadual do Partido Democrático Trabalhista (PDT) no Pará, a partir das 8h. A agenda encerra no domingo (13) com o ex-candidato acompanhando e vendo o Círio de Nazaré.

Por:Redação Integrada de O Liberal

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/aplicativo-elaborado-por-estudantes-pode-ajudar-no-combate-ao-suicidio/

http://www.folhadoprogresso.com.br/aplicativo-elaborado-por-estudantes-pode-ajudar-no-combate-ao-suicidio/

 

 




Kombi é consumida por fogo no trecho da Serra do Piquiatuba na BR-163

(Foto:Reprodução-)O trânsito de veículos no trecho da Serra do Piquiatuba, na BR-163, em Santarém foi suspenso por alguns minutos no início da tarde desta sexta-feira(13).

O motivo é que uma Kombi foi consumida por fogo, quando percorria a rodovia sentido centro da cidade.

Nossa reportagem averigua se houve vítima.

Matéria em atualização

Por:O Impacto

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/aplicativo-elaborado-por-estudantes-pode-ajudar-no-combate-ao-suicidio/

 

 




Indígenas e Garimpeiros atendem pedido de Ministro e liberam rodovia “BR163” após 5 dias de protesto

“Peço que todos nos ajudem, desobstruindo a rodovia, já que está garantida a reunião”,Onix Lorenzoni.

PRF no local do Bloqueio em Moraes Almeida (Foto:WhatsApp Jornal Folha do Progresso) – Categoria protestava contra ação do ICMBio e por legalização de garimpos.
Após confirmação de audiência em Brasília para próxima segunda-feira (16), rodovia é liberada provisoriamente.
O ministro Chefe da Casa Civil Onix Lorenzoni divulgou um vídeo direcionado ao Prefeito de Itaituba Walmir Climaco confirmando a realização de audiência a pedido do Governo de Estado Helder Barabalho para próxima segunda(16).

“Já conversei com vários ministros do governo e está acertada uma reunião para às 11h de segunda-feira com o governo do estado do Pará e representantes dessa paralisação. Estaremos reunidos aqui na casa civil para resolvermos a situação.”
Pedido do ministro: “Peço que todos nos ajudem, desobstruindo a rodovia, já que está garantida a reunião.”

Assista ao Vídeo;

https://youtu.be/KVJ20qML0fk

Bloqueio

Após cinco dias de protesto, os manifestantes liderados por indígenas Munduruku  desbloquearam o trecho da rodovia federal em Moraes Almeida e liberaram o tráfego para os veículos na tarde desta sexta-feira (13), após uma reunião, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal com reunião marcada em Brasília na próxima segunda-feira (16).
Conforme a PRF, o bloqueio era feito por indígenas e garimpeiros.

A situação se agravou , fila coma mais de 60 quilometros foi registrada nesta sexta-feira(13), pois esse é o período de escoamento da safra de grãos. A concessionária que administra a BR-163 estima que nessa época pelo menos 4 mil veículos circulem diariamente pela via para o transporte de grãos do Mato Grosso até os portos de Miritituba e Santarém no Pará.

Os manifestantes divulgaram nota que os indígenas permanecerão no acampamento próximo a rodovia com os garimpeiros, caso não se resolva em Brasília a rodovia voltará ser fechada,divulgaram.

Fonte:JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/aplicativo-elaborado-por-estudantes-pode-ajudar-no-combate-ao-suicidio/

 

 




Perfuga ajuiza ação por improbidade contra ex-servidores da Câmara e empresários por fraude em licitação

Operação Perfuga em Santarém no Pará — Foto: Arte/G1

É a nona Ação Civil Pública ajuizada pela Promotoria de Santarém, para garantir a devolução de recursos públicos.

Acão Civil Pública por ato de improbidade administrativa foi ajuizada na quinta-feira (12), pela Promotoria de Justiça de Santarém, oeste do Pará, no âmbito da operação Perfuga, contra sete acusados de fraude de licitações na Câmara Municipal de Santarém no ano de 2017, para contrato de locação de veículos relacionados à empresa Bill Rent a Car.

Os denunciados são o ex-diretor da Câmara Municipal, Sandro Tárcito da Costa Lopes, os servidores Rubens Coelho Athias, Maria da Saúde Figueira Gomes e Bruno Machado de Melo, e os empresários Paulo Ozório Marinho de Oliveira, Lidiane Chahini Cardoso de Oliveira e Ruth Chahini Cardoso de Oliveira. Os três últimos possuem vínculos familiares, e são proprietários de empresas que participaram do certame licitatório que gerou o contrato.

Segundo a Promotoria, a ACP resulta dos desdobramentos cíveis dos fatos investigados na Operação Perfuga, sendo a nona ajuizada até agora, incluindo 03 (três) em 2018, e mais 05 (cinco) em 2019 já ajuizadas. As ações cíveis visam, principalmente, garantir que os recursos desviados sejam devolvidos, além de pagamento de indenizações.

A ACP se refere ao contrato para locação de veículos nº 009/2017/CMS, já objeto de ação penal em maio deste ano, e que também resultou em inquérito civil.

Os denunciados são acusados de prática de prejuízo ao erário, enriquecimento ilícito e afronta aos princípios da administração Pública. O MPPA pede, liminarmente, a indisponibilidade dos bens dos demandados no valor de R$ R$ 79.444,78, de forma solidária, de acordo com Relatório Técnico Complementar produzido pelo Grupo de Apoio Técnico Interdisciplinar – Eixo Contábil, do MPPA. E a condenação ao pagamento de danos morais coletivos no valor de R$10 mil, individualmente.

Ao final, pede confirmação dos pedidos liminares, e a condenação dos réus ao ressarcimento integral do dano, no valor dos salários recebidos e atualizados até a data do pagamento, com juros e correção monetária; perda dos bens ou valores incorporados ilicitamente ao patrimônio; perda da função pública e suspensão dos direitos políticos, por no mínimo três, e no máximo oito anos.

Solicita ainda o pagamento de multa civil de até três vezes o valor do acréscimo patrimonial, até duas vezes o valor do dano, e até cem vezes o valor da remuneração do agente, de acordo com a previsão da legislação para cada delito. A multa civil não inclui Rubens Coelho Athias, devido ao acordo de colaboração premiada. Por fim, a proibição de contratar com o Poder Público, ou receber benefícios, ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, pelo prazo mínimo de três anos e máximo de dez.

Entenda o caso

As investigações da operação Perfuga em relação à locação de veículos, inicialmente incidiu sobre o exercício 2015/2016, durante a gestão de Reginaldo Campos, para apurar contratos entre a Câmara de Vereadores e a empresa Auto Locadora P.J.R. Oliveira, de nome fantasia Bill Rent a Car. Havia indícios de fraude, uma vez que todos os participantes do certame possuíam vínculo familiar/empresarial com Paulo Ozorio, sócio representante da empresa vencedora.

Em razão dessa investigação e de informações repassadas em colaboração premiada por Reginaldo Campos e Rubens Athias, e pelo fato do mesmo grupo familiar continuar a participar de licitações, o MPPA instaurou o procedimento que resultou no levantamento de provas que resultaram na ação penal, e na ACP, propostas.

farma

O MPPA destaca que Paulo Ozório esteve operando, por meio de empresas de seu núcleo familiar, com fortes indícios de favorecimento em licitação, desde o ano de 2013 até 2017, sendo a empresa Bill Rent a Car vencedora de cinco contratos nesse período, todos abaixo de R$ 80 mil, o que garante uma modalidade licitatória com menos publicidade.

A ação descreve que o modo de agir era semelhante de outros casos. “O esquema criminoso começava antes do processo licitatório, pois verificada a necessidade (real ou fictícia) de algum produto ou serviço na Câmara, já se sabia, de antemão, qual empresa seria vencedora”, relata a Ação. As informações recebidas em colaboração premiada dão conta que praticamente todos os Convites no exercício de 2017 foram direcionados a mando de Sandro Lopes.

Em 2017, a Auto Locadora P.J.R Oliveira novamente venceu licitação, na gestão do vereador Antônio Rocha e do Diretor Geral, Sandro Lopes. O Contrato 009/2017-CMS consistiu em locação de veículos de passeio para atender as necessidades da Câmara Municipal, no valor de R$ 75.750,00 e com vigência de 9 de março de 2017 a 31 de dezembro de 2017. Foram pagos à empresa R$58.170, no ano de 2017.

Rubens Athias recebeu a ordem de Sandro Lopes para realizar a licitação direcionada. Sandro havia sido beneficiado pela empresa a ter um carro de “cortesia” por pelo menos cinco meses, configurando a vantagem econômica indevida. O Convite foi passado em branco para Paulo Ozório, que preencheu os documentos e devolveu. A Ata de Abertura foi feita sem que tenha havido a realização do ato e, após, foram colhidas as assinaturas de Maria da Saúde e Bruno Machado, e dos demais envolvidos.

Participaram da licitação a Auto Locadora Alpamo, representada por Ruth Chahini, esposa de Paulo Ozório, a empresa Brasil Aluguel de Veículos, representada pelo irmão do empresário, e a Bill Rent a Car, pertencente a Paulo Ozorio e à filha, Lidiane Chahini.

O G1 tenta contato com as defesas dos denunciados.

Execução do contrato

Na execução do contrato, foram registradas diárias de carros locados, sem a efetiva utilização. Em busca e apreensão realizada na operação “Carros Fantasmas”, foram encontrados documentos que buscavam compatibilizar as informações dos contratos, e cheklist dos carros utilizados em 2017.

A análise indicou 23 (vinte e três) fatos que provaram a falsificação de documentos com a finalidade de mascarar a realidade, permitindo o desvio de dinheiro público. O total de 402 diárias de carros de passeio e camionete foram pagas e não utilizadas, no total de R$57.745,00 de desvios de recursos.

Devolução de recursos desviados

Desde que a operação Perfuga iniciou, em agosto de 2017, a atuação ocorre nas esferas penal e cível, além da atuação extrajudicial, por meio de Termos de Ajuste de Conduta. As Ações Civis Públicas são desdobramentos das penais e visam garantir pagamento de multas, dano moral coletivo, ressarcimento do dano e proibição daquele agente ou empresário de contratar novamente com o setor público, de acordo com o previsto na Lei de Improbidade Administrativa.

Por G1 Santarém — PA

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/aplicativo-elaborado-por-estudantes-pode-ajudar-no-combate-ao-suicidio/