Com requintes de crueldade, Vitória é eliminado na Copa do Brasil

Copa do Brasil: partida entre Vitória e Figueirense nesta terça-feira (18). Crédito: Fernando Madeira

Estádio lotado, mais de duas mil pessoas na arquibancada. Vitória com um jogador a mais em campo e o cenário perfeito para o triunfo. Mas não foi o que aconteceu. O Alvianil perdeu para o Figueirense por 1 a 0 com um gol aos 47 minutos do segundo tempo, na noite desta terça-feira (18). Muita luta, muita raça, mas no fim não teve jeito. O time capixaba caiu de pé e deixou o campo sob aplausos da torcida.

Ao longo da partida, o Vitória teve muitas dificuldades: principalmente na criação de jogadas. A posse de bola e o volume de jogo não se traduziram em chances claras de gol. Pouca aproximação entre meias e atacantes e jogo truncado em disputas de bola no meio-campo e bolas espetadas pelas laterais. Toni Galego e Baiano foram muito acionados e deram trabalho para a defesa catarinense, mas foi pouco.

O Jogo

O primeiro tempo começou com as equipes se estudando muito. O Vitória entrou ligado e apostou nas jogadas de velocidade pelas pontas com Jarles Baiano e Toni Galego, mas a defesa do Figueirense estava atenta para rebater as jogadas. Ainda assim, o Alvianil conseguiu provocar faltas pelas laterais e escanteios, mas a bola aérea não funcionou. A jogada de maior perigo foi um chute de Edinho, sem ângulo, que Sidão defendeu.

O time catarinense abusou das ligações diretas e também teve dificuldades na criação de jogadas. Em um lance isolado Pedro Lucas saiu na cara do gol e Harrison defendeu. No fim da primeira etapa, o Figueira sofreu uma baixa. O meia Guilherme deu um pisão em Thainler, recebeu o segundo cartão amarelo e consequentemente foi expulso.

O Vitória tomou a rédea do jogo no segundo tempo. Com um jogador a mais em campo encurralou o Figueirense no campo de defesa. O time de Rodrigo Fonseca continuou chegando bem pelos lados, mas faltava concluir as jogadas com qualidade. O Figueirense viu o time capixaba cansar e começar a dar espaços. E em uma bola levantada na área, Diego Gonçalves marcou o gol do Figueira e deu números finais ao jogo.
Fonte:GAZETA
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/mec-divulga-nesta-terca-feira-18-resultados-da-segunda-chamada-do-prouni/

 




Fluminense empata sem gols e é eliminado na Copa Sul-Americana

O Fluminense foi a Santiago na noite desta terça-feira em busca da classificação para a segunda fase da Copa Sul-Americana. Após empatar em 1 a 1 com o Union La Calera no Maracanã, o Tricolor precisava de uma vitória ou um empate por mais de um gol para avançar, mas não conseguiu mais que um 0 a 0 e deu adeus à competição continental.

Fora da final da Taça Guanabara, primeiro turno do Carioca, o Fluminense terá até o dia 26 de fevereiro para se preparar para a estreia na Copa do Brasil, contra o Moto Club, no Maranhão.

O jogo – O Fluminense não tinha outra alternativa na partida que não fosse buscar o gol, já que um empate em 0 a 0 classificaria o La Calera. E logo que a bola rolou, os comandados de Odair Hellmann adiantaram a marcação e pressionaram a saída de bola do adversário, que se postou na defesa.

Mesmo com a forte marcação no campo do La Calera, o Flu não conseguia criar jogadas de perigo e mostrava até uma certa apatia em campo. Os chilenos aguentaram firme até os 20 minutos, quando começaram a se arriscar ao ataque.

Nenhuma das duas equipes esteve perto de abrir o placar no primeiro tempo. O La Calera assustou aos 24 em cobrança de escanteio ensaiada, mas o lance foi anulado por impedimento. Já o Flu só ameaçou aos 27 em chute de Nenê, defendido por Arias.

O panorama do jogo não mudou com o retorno das duas equipes para o segundo tempo. E o La Calera foi o primeiro a levar perigo em contra-ataque rápido aos 5 minutos. Cordero cruzou para Sáez, que, de cabeça, mandou a bola por cima do travessão.

Os chilenos passaram a abusar da catimba e das provocações para desconcentrar os atletas do Flu. O árbitro controlou os ânimos distribuindo cartões amarelos para Nenê e Andía, que se estranharam.

Odair Hellmann colocou Ganso em campo no lugar de Marcos Paulo. O meio de campo do Flu melhorou, mas a equipe ainda tinha dificuldades com a última bola e pouco finalizava. O Tricolor pressionava o La Calera, mas eram os chilenos que ameaçavam em contra-ataques.

Aos 34, Sáez avançou pela direita e cruzou. Valencia acertou o cabeceio mas Muriel defendeu. Com o fim do jogo se aproximando, o Flu foi pra cima na base do abafa e com muitos cruzamentos sobre a área. Aos 42, depois de uma forte pressão, a bola sobrou para Yuri, que tentou de fora da área e Arias defendeu.

No minuto seguinte, o La Calera perdeu a melhor chance do jogo. Andrés Vilches ficou de frente para Muriel mas o goleiro do Flu salvou. No rebote, Castellani, com o gol vazio, mandou para fora.

Por:Gazeta Esportiva (foto: Lucas Merçon/assessoria)
18/02/2020 20:54

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/mec-divulga-nesta-terca-feira-18-resultados-da-segunda-chamada-do-prouni/

 




Tema da Olimpíada 2020 traz mensagem de diversidade e inclusão

Fonte da imagem: Xinhua/Du Xiaoyi – Na última segunda-feira, 17 de fevereiro, foi divulgado a mensagem que será lema da Olímpiada 2020, que acontecerá em Tóquio. O evento mundial que terá abertura no dia 24 de julho, trará reflexões importantes para o bem coletivo. ‘Unidos pela emoção’, tema apresentado, tem o objetivo de falar sobre diversidade e a necessidade de inclusão para estabelecer paz e amor entre indivíduos.

O Japão reconhece que abraçar a diversidade é o melhor caminho e se sente orgulhoso em trazer questões como essa para um evento tão importante. O lema será exibido no ponto turístico mais alto da capital japonesa, o Skytree de Tóquio, até 25 de março, um dia antes do início do revezamento da tocha olímpica.
A olímpiada é a própria demonstração da diversidade que encontramos pelo mundo. Os atletas de todos os cantos do mundo, representam as diferentes etnias, gêneros e modalidades esportivas. Em cada esporte podemos acompanhar histórias e emoções que aproxima e une nações. Vale a pena utilizar os próximos meses para se familiarizar com as modalidades que não são tão divulgadas pela mídia esportiva como as mais tradicionais. No site da bet365 você encontra os principais eventos anuais de esportes como tênis, badminton, dardos, entre outros.

O vídeo de divulgação do lema é narrado pela tenista Naomi Osaka, filha de um pai haitiano e uma mãe japonesa. No vídeo a atleta é acompanhada por um grupo diversificado de torcedores, entrando no Estádio Nacional. “Todos somos diferentes, e mesmo assim iguais”, diz Osaka. “Grupos diversificados de pessoas, ao compartilharem suas emoções, se tornarão um”, disse o presidente-executivo da Tóquio 2020, Toshiro Muto.

Percebe-se, então, que os jogos olímpicos 2020 promete estimular o amor e respeito ao próximo, além de proporcionar momentos emocionantes aos quase 10 mil atletas de mais de 200 países que se reunirão para as Olimpíadas entre 24 de julho e 9 de agosto.
Por:Cene Produtora

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/4-estrategias-para-o-sucesso-de-um-empreendedor/

 

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com




Flamengo conquista o primeiro título de 2020

Flamengo levanta a taça de campeão da Supercopa.
Foto: Alex Farias / PhotoPress / Estadão Conteúdo

O time de Jorge Jesus deu mais uma mostra que está em outro patamar. No Mané Garrincha, em Brasília, o Flamengo fez a decisão da Supercopa do Brasil parecer fácil, vencendo por 3 a 0 e garantindo mais uma taça para a Nação, que compareceu em grande número no estádio. Os gols rubro-negros foram de Gabriel Barbosa, Bruno Henrique e Arrascaeta, que iniciam 2020 como terminaram a última temporada: campeões e no comando de um ataque letal.

O fim de semana também foi de clássicos estaduais. Pelo Gauchão, o Grêmio aproveitou a expulsão de Musto no primeiro tempo e fez 1 a 0 sobre o Inter, no Beira-Rio, se classificando para a final do primeiro turno. No Morumbi, São Paulo e Corinthians empataram por 0 a 0 em um duelo marcado por ótimas atuações dos goleiros Cássio e Tiago Volpi. No mais, Palmeiras venceu o Mirassol na estreia do novo gramado sintético do Allianz Parque, enquanto Santos e Cruzeiro empataram com Ferroviária e Patrocinense, respectivamente, e o Atlético-MG foi derrotado pela Caldense em casa.

Jogadores do Flamengo comemoram mais um gol no Mané Garrincha (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
Jogadores do Flamengo comemoram mais um gol no Mané Garrincha (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Por:TERRA
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/7-dicas-de-ouro-para-investir-em-acoes/

 




Grêmio elimina o Inter e garante vaga na final do Gauchão

O Grêmio é o vencedor do Gre-Nal 423 e está na final do primeiro turno do Campeonato Gaúcho. Neste sábado, o Tricolor foi ao Beira-Rio, jogou com um a mais desde o final do primeiro tempo e venceu o rival Internacional pelo placar de 1 a 0. Diego Souza marcou o gol da classificação nos acréscimos.

Agora, o time comandado por Renato Gaúcho encara o vencedor do duelo entre Caxias e Ypiranga, marcado para este domingo, às 16h (de Brasília), no Estádio Centenário, em Caxias do Sul. A decisão ainda não tem data e horário confirmados.

Já o Colorado tem pela frente o Tolima, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa Libertadores. O jogo está marcado para a próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), em Ibagué, na Colômbia.

O jogo – Mesmo jogando fora de casa, o Grêmio foi o primeiro a levar perigo na partida. Aos sete minutos, Alisson deu belo passe de letra para Diego Souza, que ficou de frente pra Marcelo Lomba e finalizou para fora, desperdiçando grande chance.

Aos poucos, o Internacional passou a equilibrar o jogo e começou a criar oportunidades. A primeira grande chegada do Colorado veio aos 23 minutos. D’Alessandro fez a característica “La Boba”, deixou Lucas Silva para trás e cruzou para Guerrero, que tocou de cabeça por cima do travessão.

Aos 37, o Tricolor chegou a balançar as redes do rival, mas o tento foi anulado após revisão no VAR. Diego Souza recebeu, girou e soltou para Everton, que, sozinho, completou para o gol. O camisa 29, porém, estava em impedimento na origem da jogada.

Nos acréscimos da primeira etapa, drama para o Inter: Musto levou o segundo cartão amarelo por puxão em Diego Souza e foi expulso de campo. Pouco depois, mais um gol de Cebolinha foi anulado por impedimento, dessa vez de Cortez.

No início do segundo tempo, Edenílson assustou o adversário em duas oportunidades. Aos oito minutos, ele recebeu no meio, de frente para a meta gremista, e encheu o pé, exigindo grande defesa de Vanderlei. E aos 11, Moisés tabelou com D’Ale e cruzou para o camisa 8, que bateu em cima de Matheus Henrique e ganhou o escanteio. Na cobrança, Cuesta cabeceou rente à trave.

Aos 16, foi a vez do Grêmio criar perigo. Victor Ferraz apareceu livre pelo lado direito e fez o cruzamento para Thiago Neves, estreando no clássico gaúcho. O camisa 10 cabeceou bem e acertou o pé da trave colorada, quase abrindo o marcador no Beira-Rio.

Então, o jogo ficou mais truncado e as duas equipes passaram a ter mais dificuldade para construir boas oportunidades. No entanto, quando o duelo se encaminhava para os pênaltis, Diego Souza marcou o gol da vitória. Everton recebeu na esquerda e lançou na medida para o centroavante, que subiu bonito para estufar as redes de cabeça e garantir a classificação tricolor.
Fonte:Gazeta Esportiva (foto: Ricardo Duarte/assessoria)15/02/2020 18:18

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com




Com tensão no fim, Fla vence o Fluminense e chega à final da Taça Guanabara

Flamengo e Fluminense protagonizaram um clássico eletrizante na noite desta quarta-feira, no Maracanã, pela semifinal da Taça Guanabara. O Rubro-Negro dominou inteiramente o primeiro tempo e marcou dois gols, com Bruno Henrique e Gabigol, quando poderia ter feito pelo menos quatro. No início do segundo tempo, Filipe Luís ampliou e parecia que a classificação para a final do primeiro turno do Carioca estava assegurada.

Com gols de Luccas Claro e Evanilson, o Flu reagiu no segundo tempo e foi com tudo no final em busca do empate. O Tricolor teve dois gols anulados pelo VAR e saiu de campo com a desvantagem no placar.

No final deu Flamengo, que agora aguarda o vencedor do duelo entre Boavista e Volta Redonda, que disputam a outra semifinal no próximo final de semana, em Bacaxá.

O Jogo – O primeiro tempo da semifinal no Maracanã foi de um time só. Com a marcação alta na saída de bola adversária e a intensidade que foi a sua marca na campanha de 2009, o Flamengo não deixou o Tricolor jogar.

O massacre rubro-negro começou aos dois minutos. Filipe Luís ganhou um escanteio após jogada pela esquerda do ataque. Na cobrança, Arrascaeta recebeu e cruzou na área pelo alto. Muriel saiu mal do gol e Bruno Henrique superou os marcadores pelo alto, desviou de cabeça e abriu o placar.

Aos nove, o volante Henrique bobeou com uma bola atrasada, Gabigol se aproveitou e disparou em direção à área. Na saída de Muriel, tocou para o gol: 2 a 0.

Ao Fluminense, não restou sair em busca da reação, mas isso só deixou a equipe mais exposta ao poderoso ataque rubro-negro. Os comandados de Jorge Jesus seguiram mandando no jogo e cada vez mais perto do terceiro, que quase saiu aos 32. A jogada se iniciou com Filipe Luís pela esquerda e chegou a Arrascaeta pelo meio. O Uruguaio arriscou o chute da entrada da área e obrigou Muriel a fazer boa defesa.

O Flu só foi ameaçar pela primeira vez aos 38, em lançamento longo de Digão para Evanílson. Diego Alves saiu da área e foi batido, mas o atacante acabou saindo com bola e tudo. A sua melhor chance aconteceu aos 48, quando Egídio cruzou da esquerda e Evanilson desviou de cabeça, mas Diego Alves estava bem colocado e segurou.

O segundo tempo começou com o Flu assustando de novo após uma falha de Gustavo Henrique na defesa rubro-negra. Evanilson ficou com a bola, entrou na área e chutou, mas Diego Alvas mais uma vez salvou.

O Flu não teve tempo de se animar. Com 4 minutos, em bela trama do ataque, Filipe Luís recebbeu de Gabigol na área e bateu de primeira no canto para ampliar para 3.

Os Tricolores não desistiram e tentavam encontrar os espaços, chegando ao primeiro gol aos 15, em jogada de bola parada. Nenê cobrou falta na área, Yuri tocou de cabeça para o meio e Luccas Claro completou para a rede. Aos 25, o Flu voltou a marcar e colocou fogo no jogo. Gilberto cruzou da direita e após bate rebate na área, Evanilson tirou de Diego Alvese marcou.

O jogo ficou dramático na metade final do segundo tempo. Aos 38, a torcida do Flu foi à loucura. Pacheco recebe de Nenê nas costas da defesa, entrou na área e tirou de Diego Alves. A torcida vibrou com o empate, mas o árbitro anulou o lance por impedimento.

Aos 45, lance polêmico. Pacehco dominou na área e caiu na disputa com Gustavo Henrique. Os jogadores do Flu cercaram o árbitro pedindo pênalti, mas o VAR foi acionado e um impedimento foi marcado na jogada.

Os acréscimos foram de pura tensão. O jogo foi até os 56 minutos e teve mais VAR. Aos 54, escanteio cobrado por Nenê e Caio Paulista marcou. Novamente o lance foi anulado com a ajuda da VAR, por impedimento do atacante tricolor.
Gazeta Esportiva (foto: arquivo/assessoria)
12/02/2020 22:03

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/censo-escolar-aponta-queda-nas-matriculas-no-ensino-medio-brasileiro/




Corinthians vence, mas leva gol e está fora da Libertadores

Depois de perder por 1 a 0 no Paraguai, o Corinthians conseguiu o placar de que precisava nesta quarta ainda no primeiro tempo, mas os gols marcados por Luan e Boselli foram em vão devido ao tento sofrido em cobrança de falta de Fernando Fernandéz, na etapa final. A busca pelo terceiro e necessário gol foi afetada pela expulsão de Pedrinho ainda com 28 minutos de jogo e o Corinthians, apesar da vitória por 2 a 1, deu adeus à Copa Libertadores da América logo na segunda fase da competição continental, no primeiro confronto da equipe.

Assim, o clube segue sem vencer um mata-mata de Libertadores dentro da Arena e, como em 2015, viu o modesto Guaraní do Paraguai fazer a festa em Itaquera.

Resta ao Corinthians pensar no clássico contra o São Paulo, sábado, às 19h, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista.

Primeiro tempo
Tiago Nunes resolveu apostar em Vagner Love e Pedrinho nas vagas de Janderson e Everaldo. Na prática, um time com mais imposição dentro da área. Atrás, os mesmos problemas apresentados desde o início da temporada.

Apesar dos sustos, o gol veio cedo, antes dos 10, graças a canhota de Luan, que contou com a colaboração do goleirão rival.

O problema é que Nestor Pitana estava disposto a distribuir cartões. Foram quatro amarelos em menos de 30 minutos, dois deles para Pedrinho, ambos por pé alto. O camisa 10, que estreava em 2020 pelo Timão, deixou o campo chorando.

Mas, a equipe se saiu bem com um a menos e chegou ao segundo gol com Mauro Boselli, o matador alvinegro, depois de passe de Vagner Love. Aliás, por muito pouco Love não fez o terceiro no último lance do primeiro tempo. O goleiro do Guaraní salvou quase sem querer.

Segundo tempo
O Corinthians voltou para a etapa final sem alterações. A disposição, porém, não foi a mesma. E o Guaraní cresceu. Não demorou, e o que a Fiel temia, aconteceu. Pitana inverteu uma falta em Boselli, os corintianos foram pegos de surpresa e tomaram o contra-ataque. Na entrada da área, o argentino apitou falta de Gil, que não encostou no adversário. Fernando Fernández acertou o ângulo na cobrança e venceu Cássio, que até tocou na bola.

Daí para frente, foi o Corinthians, mesmo com um a menos, tentando de todas as maneiras chegar ao gol, enquanto os paraguaios apostavam no contra-ataque. Tiago Nunes mandou Piton, Gustavo e Janderson para o tudo ou nada.

Aos 40, Romaña acertou Janderson e foi expulso, deixando apenas os minutos finais no 10 contra 10.

Boselli, em duas oportunidades, chegou perto de marcar. Mas, os inúmeros chuveirinhos não fizeram efeito, e o Corinthians deu adeus à Libertadores por causa do gol levado em casa.
Gazeta Esportiva (foto: Daniel Augusto Junior/assessoria)12/02/2020 22:39
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/censo-escolar-aponta-queda-nas-matriculas-no-ensino-medio-brasileiro/




PARAZÃO 2020 – Bragantino vence Tapajós e derruba técnico; Águia empata com Itupiranga

PARAZÃO 2020 – Bragantino vence Tapajós e derruba técnico; Águia empata com Itupiranga(Foto:Reprodução)

Após a vitória de hoje o Bragantino assumiu a vice-liderança provisória do campeonato.

O Bragantino venceu neste sábado à tarde o Tapajós por 2 a 0, no estádio Diogão, em Bragança, assumindo a segunda posição na tabela de classificação do Parazão. Os gols do Tubarão foram marcados por Bilau, aos 15 minutos da etapa inicial, e Canga, aos 17 da etapa final.

O goleiro Jader do Tapajós fez grandes defesas e evitou uma goleada. Os atacantes do Tubarão ainda deram muito trabalho para a defesa do Boto, mas o placar terminou 2 a 0.

Após a partida, o técnico do Tapajós, Caio Simões, foi demitido. O Boto ficou na oitava colocação. Na quinta rodada, o Bragantino vai a Tucuruí enfrentar o Independente e o Tapajós volta para Santarém onde recebe o Castanhal. Os dois jogos serão no dia 16.

No outro jogo de hoje, Itupiranga e Águia empataram em 2 a 2, no Estádio Zinho Oliveira, em Marabá. O Águia chegou a fazer 2 a 0 com Matheus Paixão e Maranhão. No final, o Itupiranga diminuiu com Guga e empatou com Raimundo, aos 51.

Agora o Águia chegou aos quatro pontos e alcançou a sexta posição do Parazão. O Itupiranga tem a mesma pontuação e é sétimo colocado.

Na quinta rodada, o Azulão enfrenta o Clube do Remo no próximo sábado, dia 15, a partir das 17h, no Mangueirão, em Belém. O Itupiranga joga contra o Carajás no domingo, dia 16, às 15h30, no Mamazão, também na capital paraense.

Fonte:Ver o Fato

Paulo Jordão – repórter
8 de fevereiro de 2020
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/cresce-numero-de-estudantes-interessados-em-curso-de-gastronomia-ead-em-2020/

 




Lobo vence Leão por 2 a 1 diante de 30.600 torcedores; Paragominas lidera

( Foto de Jorge Luiz.) – Lobo vence Leão por 2 a 1 diante de 30.600 torcedores; Paragominas lidera

O artilheiro bicolor Nicolas provou que é pé quente e deixou a marca dele contra o maior rival.

O Paysandu quebrou a invencibilidade do Remo nesta tarde de domingo, no Mangueirão, vencendo a partida por 2 a 1, com gols do predestinado Nícolas e do atacante Uilliam, de pênalti. Jackson fez o gol do Remo, o primeiro dele em um clássico, mas acabou fazendo o pênalti em Nicolas.

Foi um jogo equilibrado, com um festival de cartões amarelos distribuídos pelo árbitro Luís Flávio de Oliveira. Logo aos 4 minutos do primeiro tempo, em um bate-rebate na área, Ronael salvou uma bola que tinha endereço certo, porque o goleiro Vinícius estava fora do lance.

Aos 13 minutos, o goleiro Paulo Ricardo, que substituiu Gabriel Leite, fez ótima defesa numa cobrança de falta de Charles. Aos 19 minutos, Ronael pegou uma sobra de bola e mandou uma bomba de fora área, por cima do travessão bicolor.

O primeiro gol do Paysandu saiu depois de uma cobrança de escanteio, aos 31 minutos. Uilliam cabeceou para Nicolas, que empurrou para o fundo da rede de Vinícius.

O Papão passou a administrar a partida trocando passes no meio de campo, até que Perema, escalado na lateral-direita, perdeu uma bola no ataque bicolor e no contra-ataque o Remo ganhou lateral na ala direita.

Na cobrança de Jansen, o zagueiro Micael deu um presente para Jackson. O atacante remista bateu de primeira no cante esquerdo de Paulo Ricardo, empatando a partida aos 43 minutos.

Aos 46 minutos, em cobrança de falta, Vinícius Leite obrigou o goleiro xará do Remo a botar para escanteio com grande defesa.  No intervalo, Nicolas e Jackson destacaram o equilíbrio da partida e alertaram que os times não podiam mais errar, sob pena de perder o jogo.
Jogada decisiva

O Remo voltou para a segunda etapa com mudança no ataque. O técnico Rafael Jaques botou Gustavo Ermel no lugar de Wesley, que não estava bem no jogo. Logo em sua primeira jogada, aos 4 minutos, Ermel invadiu pela esquerda e cruzou para Jackson cabecear, mas a bola foi para fora. Logo em seguida, Ermel teve outra chance e chutou para fora.

Aos 8 minutos, o atacante Uilliam foi agarrado por trás, pelo calção por Jansen. O juiz marcou falta, mas não deu cartão amarelo. Aos 16 minutos foi a vez do atacante Jackson retribuir o presente que havia ganho do Paysandu no primeiro tempo, atropelando Nicolas na área azulina. Luiz Flávio marcou pênalti. Uiliam pediu para bater e fez 2 a 1 aos 17 minutos, chutando rasteiro no canto direito de Vinícius.

O técnico Hélio dos Anjos trocou Uilliam e Serginho por Alex Maranhão e Deivid Souza e depois trocou Perema pelo estreante Netinho. Dessa forma, o Paysandu segurou a partida até o final.

O Remo tentou outras vezes, mas os atacantes não estavam com a pontaria boa. Aos 36, Robinho mandou de canhota de fora da área, mas a bola bateu na trave esquerda do goleiro bicolor. O Paysandu ainda teve boa chance aos 44 minutos, quando Deivid, que havia entrado no lugar de Uilliam, recebeu sozinho e em vez de chutar, cruzou para Nícolas, mas a zaga cortou.

Com o resultado, o Papão ficou na terceira posição da tabela e o Remo na quarta. Paragominas é o primeiro e Castanhal, o segundo, todos com 9 pontos. Na próxima rodada, o Paysandu pega o Paragominas, na Curuzu, e o Leão vai encarar o Águia, em Marabá. Antes, o Remo tem jogo pela Copa do Brasil, contra o Frei Paulistano-SE, quarta-feira (12).
Público e renda

Pagantes: 26.152

Não pagantes: 4.488

Público total: 30.640 pessoas

Renda bruta: R$ 716.830,00

Paragominas derrota Águia e agora lidera o Parazão

O Paragominas venceu o Independente em casa, por 1 a 0, na tarde deste domingo, na Arena Verde, e assumiu a liderança da tabela de classificação do Parazão 2020, com 9 pontos. O único gol da partida saiu aos 45 do segundo tempo em uma cobrança de escanteio, que Nenê Apeú escorou de cabeça para o fundo da rede do adversário.

O clube recebeu o apoio da torcida que ocupou as duas áreas cobertas do estádio. No outro jogo deste domingo, no Maximino Porpino, o Castanhal meteu 3 a 0 no Carajás e subiu para a segunda posição na tabela de classificação, com 9 pontos deixando Paysandu e Remo para trás no saldo de gols.
Pecel marcou de cabeça no primeiro tempo. Na segunda etapa, William Fazendinha e Pecel, de novo, fecharam o placar para o Castanhal. O Carajás continua segurando a lanterna com apenas um ponto.
Por:Ver o Fato/Paulo Jordão – repórter
9 de fevereiro de 2020

https://youtu.be/wR1Bpj2wKyw

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/cresce-numero-de-estudantes-interessados-em-curso-de-gastronomia-ead-em-2020/

 




Em noite de homenagens, Flamengo vence e se classifica na Taça Guanabara

Em jogo marcado por homenagens aos meninos que morreram na tragédia no Ninho do Urubu, o Flamengo venceu por 2 a 0 o Volta Redonda, neste sábado, no Maracanã. Com o resultado, os rubro-negros chegaram a 13 pontos e garantiram vaga nas semifinais da Taça Guanabara, na segunda colocação do grupo A. Já o Tricolor Suburbano ficou de fora da fase final do primeiro turno do Campeonato Carioca.

Os flamenguistas dominaram os 90 minutos, mas tiveram dificuldade em passar pela retranca do Madureira em boa parte da partida. O gols da vitória rubro-negra aconteceram somente no segundo tempo, com Gabigol e Pedro.

O Flamengo vai enfrentar na semifinal da Taça Guanabara o primeiro colocado do grupo B, que pode ser Fluminense ou Volta Redonda, nesta quarta-feira.

O jogo – Antes do início, foi respeitado um minuto de silêncio pelo meninos que morreram no Ninho do Urubu. Com a bola rolando, o Flamengo dominou a partida desde os primeiros minutos. No entanto, os rubro-negros só criaram sua primeira chance de gol aos 12 minutos. Gabigol foi lançado na área e chutou em cima do goleiro Douglas.

O lance animou os flamenguistas, que tiveram nova chance no minuto seguinte. Arrascaeta aproveitou corte da zaga e mandou de voleio por cima do travessão. O Madureira só respondeu aos 18, quando Ygor Catatau finalizou para boa defesa de Diego Alves.

O susto não mudou a postura do Flamengo, que quase marcou aos 20 minutos. Gabigol subiu sozinho na área e cabeceou para grande defesa de Douglas.

A partir dai, o Madureira conseguiu melhorar a marcação e passou a impedir a criação de boas jogadas por parte do Flamengo. Mesmo com a posse de bola, os rubro-negros pecavam nos passes próximos da área adversária. Assim, o duelo permaneceu com o placar inalterado até o intervalo.

No segundo tempo, o Flamengo manteve o domínio da posse de bola, mas continuava tendo dificuldade em passar pela retranca do Madureira. Os rubro-negros chegaram a balançar as redes aos 12 minutos, com o estreante Léo Pereira, mas o gol foi anulado após a arbitragem assinalar falta do zagueiro.

Só que aos 15 minutos, os flamenguistas abriram o placar aos 15 minutos. Após cruzamento, Bruno Henrique dividiu com o goleiro e a bola sobrou para Gabigol apenas mandar para as redes.

Com a vantagem, o Flamengo diminuiu o ritmo da pressão, mas continuava em busca do gol. Diego arriscou de longe e assustou Douglas. Depois, Bruno Henrique finalizou para grande defesa do goleiro do Madureira.

Nos minutos finais, os rubro-negros aumentaram novamente a pressão em busca do gol. O segundo veio somente nos acréscimos, com Pedro, para dar números finais no Maracanã.

Por:Gazeta Esportiva (foto: arquivo/assessoria)
08/02/2020 19:23

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/cresce-numero-de-estudantes-interessados-em-curso-de-gastronomia-ead-em-2020/