Dia do Jornalista: saiba a importância desse profissional nas coberturas sobre a Covid-19

Ato on-line em defesa dos jornalistas será realizado hoje (7), às 19h, no Facebook da ABI

Uma análise dos três últimos meses, sobre monitoramento de violações à liberdade de expressão, realizada pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), apontou 24 ataques à imprensa, sendo 70% deles direcionados por agentes públicos. Na cobertura da Covid-19, foram cinco ataques a esses profissionais.

Outras entidades de defesa ao jornalista, como a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), também chamam atenção e reforçam a importância do jornalista na prestação de serviços e, principalmente agora, no esclarecimento da população quanto à pandemia, seja atualizando sobre a doença ou desfazendo as fakes news.

De acordo com a pesquisa do Datafolha, programas jornalísticos da TV (61%) e jornais impressos (56%) estão entre os veículos em que a população mais confia para se informar sobre a Covid- 19.  Programas jornalísticos de rádio e sites de notícias aparecem com 50% e 38% no nível de confiança, respectivamente.

“É nesse momento, de alarme na saúde pública, que o jornalismo mostra que é mais do que polarização, vários lados, vigilância e cobrança dos poderes, que jornalismo é principalmente prestação de serviço, que é uma profissão com apego à verdade dos fatos, além de ser também espaço de posicionamento, mas com embasamento na ciência e em instituições de referência, como a Organização Mundial da Saúde”, afirma o professor de Jornalismo e mestre em Comunicação e Cultura, Alexandro Mota.

Ato on-line em defesa da categoria

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI), em conjunto com outras entidades civis do segmento, promoverá um ato on-line em defesa dos jornalistas, nesta terça (7), às 19h, no Facebook da organização. Na oportunidade, os profissionais de saúde também serão homenageados.

Conforme informou o Portal Imprensa, uma parte do manifesto organizado pelas entidades aponta que “a humanidade nunca teve tanta necessidade de informação de qualidade, clara, vinda de fontes confiáveis. Para se orientar, para se mover a cada dia, para organizar suas vidas, as pessoas precisam ser informadas sobre a realidade da Covid-19. O jornalismo emerge, neste momento, como artigo de primeira necessidade”.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/aproveite-a-quarentena-para-aprender-ingles-a-baixo-custo/

 

 

 




Aproveite a quarentena para aprender inglês a baixo custo

Há aplicativos gratuitos 

Nesse período de isolamento social, as lives – transmissão de vídeo ao vivo – nas redes sociais estão fazendo o maior sucesso. É possível acompanhar shows mais intimistas ou com grandes estruturas, como a live de Jorge e Matheus e Gusttavo Lima. E até conversas temáticas, cursos e aulas como, por exemplo, a live de Anitta, na qual a cantora buscou aprender francês acompanhada de mais de 30 mil seguidores. Além disso, a cantora traz um incentivo para quem quer sair dessa quarentena com um novo idioma na ponta da língua.

Aulas EAD, vídeos no YouTube, apostilas e aplicativos – como o Duolingo, HelloTalk e Menrise  podem ser encontrados de maneira acessível na internet com dicas diversas para o idioma que se quer aprender.

Com mais de 1 milhão de seguidores no YouTube, o professor Mario Vergara explica em dos seus tutoriais disponíveis na internet que “existem dois fatores decisivos quando se trata de aprender um novo idioma: o primeiro é a metodologia usada e, o segundo, que é o combustível para qualquer coisa na vida: a motivação”.

Inglês a baixo custo 

O professor José Luiz Godinho desenvolveu a plataforma English Booster Online e reconhece que na internet é possível encontrar boas ferramentas para o aprendizado do inglês, mas recomenda sempre o cuidado com o tipo de material que se tem acesso e, se possível, o acompanhamento de um profissional especializado.

“Um dos primeiros caminhos é buscar sites de organizações mais conhecidas ou portais de educação disponíveis na internet, para que a pessoa consiga separar o ‘joio do trigo’. Tem muita disponibilidade na internet que acaba levando o aluno a nada, ficando no ensino apenas do básico ou sem orientação pedagógica, sem metodologias certificadas”, explica o professor e ressalta que a interatividade também conta bastante para o aprendizado do inglês e de qualquer outro idioma.

Na English Booster Online, o ensino do inglês é focado para brasileiros. As aulas são on-line e oferecidas com um valor abaixo do mercado – além de também de disponibilizar material gratuito. A metodologia da plataforma é buscar semelhanças entre o inglês e a língua portuguesa.

Para os mais avançados na escrita do inglês que querem treinar a fala, English Booster oferece aulas avulsas de conversação com um professor nativo do idioma. O valor da aula de conversação em inglês fica em média R$ 40. Já as parcelas do curso completo ficam por R$ 79,90 – o valor cai para R$ 39,95 caso o estudante opte pelo curso através da bolsa de estudo do Educa Mais Brasil, parceiro da plataforma.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/para-melhorar-o-processo-seletivo-instituicoes-de-ensino-adotam-ferramentas-on-line/

 




Para melhorar o processo seletivo, instituições de ensino adotam ferramentas on-line

O futuro é digital e já podemos vivenciar essa era na Educação 

A tecnologia já faz parte da vida de muitas pessoas. A tendência é que, aos poucos, todas elas consigam resolver tarefas através da internet. Na Educação, os estudantes já são beneficiados com o uso da tecnologia aliada ao estudo, uma vez que a migração do presencial para o digital já é uma realidade em muitas instituições de ensino. Assim, os alunos podem resolver problemas acadêmicos, realizar pagamentos de mensalidades, se comunicar com a instituição e realizar provas on-line.

O meio digital pode proporcionar otimização de tempo e deslocamento, redução de custos, aumento da capacidade de atendimento, dentre outras vantagens. Na Educação, as ferramentas digitais possibilitam a realização de aulas remotas e a colaboração no ensino-aprendizagem na realização de avaliações fora do espaço pedagógico. Todos esses processos podem ser realizados pelos estudantes com segurança e comodidade.

“Nós usamos o Vestibular Online há, aproximadamente, dois anos. Entendemos que a plataforma é fundamental, pois melhorou a dinâmica na forma que os alunos fazem a prova. No período de digitalização que o mundo está passando, as instituições de ensino ainda estão um pouco atrasadas, mas o mundo caminha para isso”, afirma o diretor executivo da Faculdade Impact, Pedro Paulo Alves.

O Vestibular Online é uma plataforma que possibilita a realização de processos seletivos através de provas no computador. Inúmeras instituições de ensino adotaram a plataforma como um meio de viabilizar a entrada de estudantes nos seus cursos ofertados. Por ela, o processo seletivo é virtual, com segurança antifraude e o resultado sai em até duas horas, pois o método possibilita mais agilidade na correção das provas.

O futuro é digital

No mesmo caminho de substituição da aplicação de provas presenciais para digitais, neste ano, os estudantes de todo o Brasil farão, pela primeira vez, o Exame Nacional do Ensino Médio na versão remota, o Enem Digital. A implantação será gradativa e visa substituir, até 2026, a tradicional prova em papel. Com isso, o Ministério da Educação (MEC) estima ter vantagens como a economia em papel, redução do risco de fraude, adaptação ao Novo Ensino Médio, aumento da interatividade e possibilidade de aplicação das provas em mais municípios.

O cenário atual dá espaço para que o digital faça parte, cada vez mais, da Educação. Por isso, o vestibular on-line é apontado por gestores da área educacional como solução para as instituições de ensino se reinventarem, por oferecer facilidade e comodidade na aplicação de processos seletivos.

Dessa forma, a prova pode ser feita pelos candidatos de onde eles estiverem. “Neste momento, a maior vantagem é permitir que a instituição não pare a sua captação e o candidato tenha a flexibilidade de poder fazer a prova de onde estiver”, afirma Joyce Guedes, diretora do Vestibular Online.

No momento em que o mundo está em isolamento social por conta do novo coronavírus, as aulas presenciais foram parar no ambiente virtual. Porém, essa necessidade não é de agora. A História do Brasil conta que a Educação A Distância (EAD) já acontecia desde o século XVIII. De lá para cá, esse método de ensino passou por adequação para atender às diferentes gerações e novas tecnologias.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/enem-digital-todo-o-pais-recebera-o-projeto-piloto/




Enem Digital: todo o país receberá o projeto-piloto

Até 2026 o modelo será aplicado para todos os participantes

A aplicação da prova em formato digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 é a principal novidade deste ano.  A princípio, nesta edição, seriam oferecidas 100 mil vagas para a participação no Enem Digital, que iria acontecer em municípios específicos, não havendo vagas para todo o Brasil. No entanto, após a publicação dos editais do Enem 2020, o Inep informou que vai estender a aplicação-piloto do novo modelo para todos os estados brasileiros e o Distrito Federal.

O Enem Digital será aplicado nos dias 11 e 18 de outubro. Quem optar por este novo formato, após a inscrição não poderá mudar para a versão impressa. O Inep acredita que até 2026 o modelo seja aplicado para todos os participantes.

O órgão não se pronunciou oficialmente quanto aos rumores de que o Enem 2020 pode ser adiado, por conta da suspensão de aulas em todo o país em virtude da pandemia do novo coronavírus, a Covid-19, o que prejudica a carga horário do ano letivo.

Em nota publicada ontem (02), o órgão afirmou que “está buscando garantir sua execução adequada, não apenas para cumprir com seu dever institucional, mas, principalmente, para não prejudicar mais ainda a sociedade brasileira. Inclusive, com o Enem Digital é oferecida à sociedade mais de uma aplicação durante o ano”.

Como vai funcionar o Enem Digital 2020

A aplicação do Enem Digital 2020 será idêntica à do Enem impresso, não podendo ser feito em casa, à distância ou em computadores particulares. Os participantes que optarem pelo digital também irão se deslocar para os locais de prova, seguindo os mesmos horários e restrições daqueles que vão fazer o Enem tradicional.

A estrutura da prova também permanece igual, com 45 questões de cada área do conhecimento, mais uma redação que deverá ser desenvolvida no modelo dissertativo-argumentativo, com um máximo de 30 linhas. No caso da redação, será realizada da mesma forma que no Enem impresso, redigida manualmente.

No primeiro dia do exame serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas. Os estudantes terão cinco horas e meia para responder às questões e escrever o texto. No segundo dia, serão aplicadas as provas de ciências da natureza e matemática. Os participantes terão cinco horas de duração. No formato digital, Inep não irá dispor de atendimento especializado, estando apenas disponíveis para quem optar pela aplicação impressa.

Cronograma do Enem Digital 2020

Justificativa de ausência no Enem 2019: 6 a 17 de abril

Solicitação de isenção da taxa de inscrição: 6 a 17 de abril

Divulgação dos resultados da taxa de inscrição: 24 de abril

Período de recurso da taxa de inscrição: 27 de abril a 1º de maio

Período de inscrições no Enem Digital: 11 a 22 de maio

Pagamento da taxa de inscrição: 11 a 28 de maio

Solicitação de atendimento especializado: não possui nesta edição

Solicitação de tratamento pelo nome social: 25 a 29 de maio

Aplicação do Enem Digital: 11 e 18 de outubro

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/estudante-nota-1000-do-enem-2018-lanca-nova-cartilha-de-redacao/

 




Estudante nota 1000 do Enem 2018 lança nova cartilha de redação

Material é divulgado para ajudar os futuros participantes

Qual vestibulando não quer alcançar a tão sonhada nota mil na redação do Exame Nacional do Ensino Médio? Essa conquista, somada a um bom desempenho nas provas objetivas pode abrir portas para que os estudantes encontrem boas oportunidades no ensino superior. Para ajudar na produção de um texto nota máxima no Enem, um dos participantes nota 1000 do Enem 2018, Lucas Felpi, lançou a Cartilha Redação a mil 2.0

Como o próprio nome diz, essa é a segunda edição da cartilha que reúne mais de 40 dissertações de alguns dos estudantes que tiraram as maiores notas na última aplicação do exame, no final do ano passado.

Qual a importância da Cartilha Redação a mil 2.0?

Todos os anos o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publica uma Cartilha com alguns textos nota máxima, além de informações e dicas dessa parte da prova. No entanto, esse material só é divulgado faltando pouco tempo para a aplicação da avaliação, sendo assim, os estudantes que estão se preparando não tem muito tempo para poder treinar com base nessas dicas.
Por isso, a Cartilha Redação a mil 2.0 é importante, pois reúne os textos no início do ano, dando um tempo maior de preparação para os vestibulandos.

Redação Enem 2019
O Enem 2019 trouxe como tema da redação: “Democratização do acesso ao cinema no Brasil”. Dos 3.709.809 estudantes que fizeram as provas, 53 conseguiram nota 1000. As idades variam entre 16 e 28 anos, e desse total, 32 foram mulheres. O texto tem que ser escrito no modelo dissertativo-argumentativo, com até 30 linhas, desenvolvido a partir da situação-problema proposta e de subsídios oferecidos pelos textos motivadores.
Para que serve a nota do Enem?
As notas do Enem podem ser utilizadas de diversas formas para começar uma graduação, confira abaixo as principais:

  • Sistema de Seleção Unificada (Sisu)
    • Programa Universidade para Todos (Prouni)
    • Fundo de Financiamento Estudantil (Fies)
    • Universidades portuguesas
    • Isenção ou complemento de vestibular em faculdades públicas e privadas

 

Fonte: E+B Educação | Géssica Santos
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/editais-de-provas-do-enem-2020-estao-disponiveis-para-consulta-confira/

 

 

 

 




Editais de provas do Enem 2020 estão disponíveis para consulta; confira

100 mil inscrições serão disponibilizadas para os primeiros participantes que escolherem o Enem Digital 

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) liberou, na manhã desta terça-feira (31), os editais das provas para os estudantes que vão realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. O Inep disponibilizou dois editais: um para a versão impressa da prova e outro para o Enem Digital, que será testado pela primeira vez.

As inscrições serão iniciadas no dia 11 de maio e finalizadas no dia 22 do mesmo mês, através do Sistema Enem. Para se inscreverem os estudantes podem acessar a Página do Participante ou o Aplicativo Enem. Neste ano, 100 mil vagas serão disponibilizadas para os primeiros participantes que escolherem o Enem Digital, opção para os estudantes que não desejam fazer a versão impressa do exame. O Inep alerta que o participante que optar pela versão impressa do exame não poderá alterar a sua escolha.

O processo de inscrição do Enem 2020, tanto para a versão impressa quanto para a digital, deverá ser feito pelo Sistema Enem. No entanto, para o Enem Digital o edital prevê que “por se tratar de fase piloto de implantação do novo modelo, neste primeiro ano o Enem Digital não estará disponível para “treineiros” e não promoverá atendimento especializado”.

O valor da taxa de inscrição continua R$ 85, que deverá ser pago até 28 de maio, por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU).

Conforme o edital do Enem 2020, a estrutura do exame não foi alterada e será mantida a aplicação de quatro provas objetivas, constituídas por 45 questões cada, e uma redação em língua portuguesa.

Durante o processo de inscrição, o participante deverá selecionar uma opção de língua estrangeira (inglês ou espanhol). 

Novidade

Neste ano, além do Enem Digital, o edital traz outra novidade visando a segurança na aplicação das provas. Durante a inscrição do candidato será obrigatória a inclusão de foto atual do participante no sistema de inscrição. A medida visa tornar mais segura a identificação do candidato no momento da prova. Por fim, a implantação do novo modelo de prova será feita de forma progressiva, cuja previsão de consolidação é até o ano de 2026. Contudo, a estrutura do exame no formato digital será igual à versão impressa.

Isenção

A solicitação da isenção da taxa de inscrição do Enem poderá ser feita a partir do dia 6 de abril, conforme o edital do Enem 2020. Para ter direito ao benefício, o candidato deve se enquadrar em um dos três perfis listados abaixo. Para os participantes que solicitaram isenção em 2019, mas não compareceram nos dois dias de prova e querem solicitar nova isenção para 2020, será preciso fazer a justificativa de ausência. Tais procedimentos devem ser feitos pela internet, na Página do Participante, com acesso pelo computador ou celular.

Quem pode solicitar isenção no Enem 2020:

  • Estudante que está na última série do Ensino Médio, em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar.
  • Candidato que cursou todo o Ensino Médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, além de ter renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio.
  • Cidadão em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda. Para comprovar, deverá informar o Número de Identificação Social (NIS), único e válido, além de ter renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

*Com informações do Inep

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/sites-de-educacao-oferecem-cursos-gratuitos-durante-a-quarentena/

 

 

 

 

 




Sites de educação oferecem cursos gratuitos durante a quarentena

Aulas são gratuitas e totalmente on-line

O ambiente virtual está sendo usado como ferramenta para possibilitar a comunicação e os estudos nesse momento de afastamento social e quarentena, diante da pandemia do coronavírus.  Aproveitando o momento para criar uma relação mais próxima com os consumidores, muitas empresas provedoras de cursos on-line decidiram abrir o conteúdo, que antes era para assinantes, para todos os públicos.

Exemplo é a plataforma 12 min, que está disponibilizando, gratuitamente, conteúdo autoral sobre a covid-19, além de temas do universo profissional como produtividade, trabalho remoto e ansiedade em tempos de crise. Para ter acesso ao material, que é gratuito, é necessário baixar o aplicativo e efetuar o cadastro.

“Olhando para o contexto e pra tudo o que estamos vivendo nesse momento, eu acho que um dos motivos de a gente abrir nossos serviços é entregar valor para as pessoas, utilizando nossa plataforma para ser uma fonte confiável de informação”, explica Guilherme Mendes, CEO da 12min.

Durante três dias, o usuário terá acesso às mais de mil obras em português, espanhol e inglês na biblioteca, condensados de maneira gratuita como uma versão degustação. Após isso, somente o material relativo ao coronavírus ficará disponível.

Veja, abaixo, uma lista com iniciativas semelhantes para estudar a distância durante a quarentena:

Inglês com professor americano

Aulas com professores americanos, diretamente de Orlando, on-line e gratuitas. Essa é a proposta do curso intensivo de inglês, da Really Experience, escola sediada na Flórida, Estados Unidos. O conteúdo trará exercícios diários de audição, conversação, interação com o professor e material didático. Para efetuar a inscrição e fazer o curso é preciso acessar o site da instituição.

 

Planejamento financeiro

Criado em 2016, a fintech Juros Baixo oferece o Curso de Planejamento Financeiro. A plataforma ensina, entre tantos outros assuntos, a tomar decisões financeiras inteligentes e seguras. Outros conteúdos sobre finanças pessoais também são disponibilizados nas redes sociais da empresa, no Youtube  e Instagram.

Produtividade e autoconhecimento

Mudança de mindset, produtividade, propósito e autoconhecimento estão entre os diversos conteúdos oferecidos pela SPUTNiK durante a quarentena. Para os cursos, a empresa se guia em três pilares, baseando-se em métodos práticos e criativos, com o objetivo de guiar o nível de engajamento dos alunos. São eles: flexibilidade (qual o grau de flexibilidade para que o aluno possa acessar o conteúdo quando, onde e como quiser?); interação (qual o nível de troca e comunicação que o aluno precisa para mantê-lo engajado?) e colaboração (há espaço para interagir e criar com demais alunos da comunidade SPUTNiK?).

 

Marketing digital

A V4 Company, assessoria de marketing digital que aprimora e potencializa o processo de vendas pela internet, está disponibilizando, de forma gratuita, o curso Cientista do Marketing Digital.

Até o dia 30 de março, qualquer pessoa poderá aprender fundamentos do marketing, estratégias de negócios e vendas, gerenciamento de projetos, Business Intelligence, conceitos de tráfego, engajamento e conversão e como a neurociência pode ser aplicada ao marketing. Os cursos serão oferecidos até esta segunda-feira, dia 30. Para se inscrever, basta acessar o site.

Empreendedorismo

Especializada em soluções para empreendedores digitais, a HeroSpark disponibilizará, para o público geral, o Programa de Aceleração de Negócios Digitais (SparkStart) e a ferramenta de criação de páginas e funis de vendas completos (SparkFunnels), por 30 dias, contados a partir do dia 25 de março.

O conteúdo dos cursos tem como foco as estratégias e os princípios básicos para a criação de um business digital. Também, de modo complementar, a plataforma disponibilizará o SparksFunnels – ferramenta que complementa os aprendizados do curso e oferece a metodologia necessária para implementar as técnicas de marketing digital. Para mais informações e inscrições basta acessar o site.

Em busca de emprego

A plataforma que une quem está em busca de emprego com que está oferecendo, Trampa Sampa, deve lançar um curso, na segunda quinzena de abril, explicando mais detalhes das principais funções oferecidas pela plataforma.

Ao todo, o curso contará com 15 episódios e abrangerá nove diferentes ofícios. Para acessar o conteúdo, o interessado pode se cadastrar qualquer no site ou via aplicativo disponível na versão Android.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil/Com Foto

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/cursos-de-harry-potter-e-astrobiologia-estao-na-lista-de-graduacoes-diferentonas-confira/

 

 

 

 

 




Cursos de Harry Potter e Astrobiologia estão na lista de graduações “diferentonas”; confira

Empresa brasileira possui bolsas de estudo para alguns cursos curiosos

Sextou na quarenta! E pra quem acha que universidade é apenas um lugar para cursos mais formais está um pouco enganado. Há graduações – digamos – mais “fora da caixa”, que oferecem especialização em super-heróis ou reino da fantasia, por exemplo. Há, também, opção para quem possui talento para contar piadas, gosta de ficção científica, espiritualidade, dentre outros.

No Brasil, por exemplo, o programa de incentivo estudantil Educa Mais Brasil, em sua lista de graduações e pós-graduações, tem bolsas de estudo para os cursos de Bíblia e Futebol, duas paixões dos brasileiros. Então, se da próxima vez alguém lhe disser que faz um curso sobre psicologia de cavalos, por exemplo, ou estuda os vikings, não duvide. Veja, abaixo, uma seleção desses cursos pouco conhecidos.

Comédia: “Comédia: escrita e performance” é um curso voltado para pessoas que pensam em fazer roteiros de programas engraçados, atuar em shows humorísticos ou, até mesmo, fazer stand-up comedy.

Super-Heróis: “A Ciência dos Super-Heróis” é, na verdade, um jeito novo e criativo de ensinar Física. Trata-se de forma de transformar assuntos complexos mais atraentes e acessíveis. Neste curso, estudantes aprendem sobre princípios reais físicos usando os superpoderes dos seus heróis favoritos, como Homem Aranha, Super-homem e Mulher Maravilha.

Música Pop: quer fazer parte de uma banda de K-pop? É possível através do Popular Music Program. O programa oferece tanto uma graduação em performance de música popular quanto em composição, para quem quer se especializar em outra área mas não dispensa o estudo da música.

Astrobiologia: já pensou em procurar por vidas em outros planetas e, ao mesmo tempo, fazer uma faculdade? O curso de Astrobiologia oferece aos alunos aulas de Matemática, Física, Química, Biologia e Astronomia que preparam os estudantes para indústrias relacionadas ao espaço e à biotecnologia – além de procurar por vida em outros planetas.

Literatura Fantástica – Harry Potter: o curso foca na história do mundo mágico criado por Harry Potter, para ensinar técnicas literárias e herança cultural dos romances de ficção. Para fazer o curso, o estudante precisa ter lido todos os livros da série, bem como artigos e outros materiais sobre a sociedade dos bruxos.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil com foto

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/provas-do-enem-2020-podem-ser-adiadas-por-causa-do-coronavirus/

 




Provas do Enem 2020 podem ser adiadas por causa do coronavírus

Inep avalia mudanças no exame, diz jornal 

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, pode ser adiado para novembro, em decorrência do Covid-19, o novo coronavírus. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) pontua que essa é apenas uma previsão inicial e pode sofrer outras alterações ao longo do ano, em virtude da suspensão das aulas no País, divulgou o jornal O Globo. Ainda conforme o periódico, o edital do exame deste ano deve ser concluído até o final de março. Para tanto, falta o ministro da Educação, Abraham Weintraub, dar o parecer final.

A análise do Inep se baseia no fato de que “como o exame tem a intenção de avaliar o Ensino Médio, não faria sentido aplicá-lo na data prevista, uma vez que o cronograma das escolas estaria atrasado e o conteúdo completo não teria sido ministrado aos alunos”. Até o momento, as provas do Enem estão com datas marcadas para os dias 11 e 18 de outubro de 2020, digitalmente, e 1º e 8 de novembro, na forma tradicional em papel.

Outra possibilidade que não está descartada é o adiamento do Enem de 2020 para 2021, segundo O Globo. Caso isso ocorra, poderá gerar impactos no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que usa a nota do Enem para aprovação em universidades.

Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio é uma prova que avalia os conhecimentos obtidos pelos estudantes do último ano do Ensino Básico. As notas do Enem são critério para seleção de bolsas de estudo para programas do governo como: Programa Universidade para Todos (Prouni), Sistema de Seleção Unificada (Fies) e Financiamento Estudantil (Fies). Além disso, com o Enem é possível obter certificação do Ensino Médio para estudantes maiores de 18 anos que cursam a Educação Básica de Jovens e Adultos (EJA).

*Com informações de O Globo

Fonte: Agência Educa Mais Brasil
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/estudar-para-o-enem-na-quarentena-exige-dedicacao-redobrada/




O Século XXI e dicas para a criação de lojas online

O Século XXI e dicas para a criação de lojas online

Os empreendedores digitais podem aproveitar vários apoios no momento de iniciarem o seu negócio de e-commerce. Ainda assim, é inegável que existem desafios para quem inicia a jornada no mundo do comércio eletrônico. Conheça as dicas do momento para a criação de lojas online.

O século XXI traz-nos uma realidade dupla, oferecendo um espaço onde é cada vez mais simples abrir lojas digitais mas onde é cada vez mais difícil combater a saturação do mercado e a concorrência no setor.
Há alguns anos, analisando os números de 2018, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), indicou que apenas 20% das lojas online criadas no país conseguiriam manter-se funcionais por mais do que ano e meio.
As dificuldades do mundo digital não são segredo mas, ainda assim, existem empreendedores capazes de garantir que transformam as suas ideias em verdadeiros casos de sucesso.
Conhecer as melhores dicas para a criação de uma loja online e ter as perguntas mais frequentes respondidas (mas informação aqui) é fundamental para que se possa conquistar o êxito pretendido.
Venha conhecer as melhores dicas para viver do e-commerce no século XXI.

1. Procure bons aliados

O mundo adaptou-se à necessidade das pessoas procurarem as suas alternativas laborais online e, hoje, você encontra empresas digitais que existem especificamente para ajudar os empreendedores a ter uma experiência positiva na web.
Aproveitar as ferramentas digitais disponíveis irá garantir que encontra bons apoios para criar a identidade da marca e para a gerir.

2. Estude as opções

Existem várias formas de gerir lojas online nos nossos dias e, por isso, é importante que descubra qual é aquela que se adequa melhor a si e às suas necessidades pessoais.
Se, por exemplo, quiser mais tempo para dedicar à promoção e à imagem da loja, o dropshipping poderá ser uma boa ajuda, garantindo a gestão logística da sua loja.

3. Analise as tendências

Para vender online é preciso que compreenda o que as pessoas querem comprar e, para isso, é bom que conheça o seu público-alvo e as tendências atuais para esse mesmo público.
Estar atento aos produtos que estão em voga em cada momento e acompanhar a ação e as sugestões dos influencers pode ajudá-lo a escolher produtos para comercializar que transformarão a sua loja num caso de sucesso.

4. Aproveite as redes sociais

Para começar, o brasileiro prefere comprar em seu celular e, em segundo lugar, não existe celular no país que não tenha instalada alguma rede social.
Se você tem uma loja online, criar um perfil ou página associado a esta pode ajudar a chegar até um público mais vasto e a garantir que aumenta suas vendas.
Além disso, as redes sociais (como o Instagram ou o Facbook), na sua forma base, são totalmente gratuitas e conferem grande exposição; tendo ainda a possibilidade de colocação de anúncios por preços bastante acessíveis e que podem, de facto, melhorar bastante a interação da marca com seus consumidores.

 

Por:Cene Produtora

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/o-que-sao-app-nativos-hibridos-e-pwa-quais-suas-diferencas/