Mais de 1,5 bilhão de usuários devem atualizar WhatsApp

(Foto:REUTERS / Thomas White)- Pessoas podem estar sob risco de terem spywares maliciosos instalados em seus celulares sem seu conhecimento
O WhatsApp, do Facebook, pediu aos usuários que atualizem para seu aplicativo de mensagens depois de informar que eles podem estar sob risco de terem spywares maliciosos instalados em seus celulares sem seu conhecimento.

O WhatsApp informou o principal órgão regulador da empresa na União Europeia, a Comissão de Proteção de Dados da Irlanda (DPC), sobre uma “séria vulnerabilidade de segurança” em sua plataforma. O aplicativo é usado por 1,5 bilhão de pessoas por mês.

“A DPC entende que a vulnerabilidade pode ter permitido um agente malicioso instalar software não autorizado e obter acesso a dados pessoais em dispositivos que tenham o WhatsApp instalado”, disse o regulador em um comunicado.

“O WhatsApp ainda está investigando se algum dado de usuário do WhatsApp da UE foi afetado como resultado desse incidente”, disse a DPC, acrescentando que o WhatsApp informou sobre o incidente na segunda-feira.

Mais cedo, o Financial Times (FT) informou que uma vulnerabilidade no WhatsApp permitia que os invasores instalassem spyware nos telefones, ligando para alvos usando a função de chamada telefônica do aplicativo.

O Financial Times afirmou que o spyware foi desenvolvido pela empresa de vigilância cibernética israelense NSO Group e afeta tanto aparelhos Android quanto o iPhone. O FT disse que o WhatsApp ainda não poderia dar uma estimativa para o número de aparelhos que foram afetados.

Questionado sobre o relatório, a NSO disse que sua tecnologia é licenciada para agências governamentais autorizadas “com o único propósito de combater o crime e o terror”, e que não opera o sistema, tendo um processo rigoroso de licenciamento e verificação.

“Investigamos quaisquer alegações confiáveis de uso indevido e, se necessário, tomamos providências, incluindo o fechamento do sistema. Sob nenhuma circunstância, a NSO estaria envolvida na operação ou identificação de alvos de sua tecnologia, que é exclusivamente operada por agências de inteligência e policiais”, disse a empresa.

O WhatsApp informou o problema ao Departamento de Justiça dos Estados Unidos na semana passada, disse o FT.
Por:Reuters
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com




Cisco reformula equipamentos para nova tecnologia WiFi

Empresa anuncia novos equipamentos de pontos de acesso e switches para empresas compatíveis com WiFi  (Reprodução/Pond5)

Novo padrão é projetado para evitar o “entupimento” por múltiplos dispositivos conectados

A Cisco anunciou nesta segunda-feira (29) o lançamento de um equipamento para a próxima geração de redes sem fio WiFi, atualizando uma parte essencial de seus negócios de 28,2 bilhões de dólares e mirando eleva receita da área de software.

A Cisco anunciou novos equipamentos de pontos de acesso e switches para empresas compatíveis com WiFi 6, um novo padrão que deverá ser lançado em 2022. Telefones, laptops e outros dispositivos se conectarão aos pontos de acesso da Cisco em campus corporativos e transportarão o tráfego para os switches, que se conectam a uma rede com fio de determinada empresa.

A Cisco, que controla cerca de 45 por cento do mercado de sistemas WiFi corporativos, de acordo com a empresa de pesquisa de mercado IDC, está lançando os equipamentos muito antes da maioria dos telefones e laptops terem um chip compatível com o novo padrão.

A nova tecnologia de rede foi projetada para oferecer um modesto aumento de velocidade, mas também para resolver alguns dos maiores problemas enfrentados pelas redes WiFi atuais. O novo padrão é projetado para evitar o ‘entupimento’ que pode ser causado com a conexão de múltiplos dispositivos a uma rede sem fio, como televisores, câmeras de segurança, alto-falantes inteligentes e sensores.

Um novo aspecto das redes que os consumidores vão notar é o estreitamento de laços com as redes sem fio 5G, que chegarão mais ou menos na mesma época que o WiFi 6. Quando as duas novas tecnologias estão em funcionamento, por exemplo, o telefone de um hóspede do hotel pode passar de 5G para a rede WiFi após fazer check-in, sem ter que digitar um nome ou senha.

Muitos desses novos recursos surgirão devido ao maior uso de software para controlar o tráfego nas redes sem fio. Para capitalizar isso, a Cisco está aposentando seu switch para redes corporativas mais vendido e lançando um novo que será capaz de executar mais softwares, que a Cisco venderá junto com o equipamento.

Brandon Butler, analista sênior de pesquisa da IDC, disse que faz parte da estratégia de longo prazo da Cisco nos últimos anos obter uma parcela maior de suas vendas de infraestrutura de rede a partir de software, que pode ser vendido por assinatura, uma forma de renda mais estável que vendas de hardware.

Fonte:Reuters

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com




Crianças com menos de 2 anos não devem ter contato com telas, recomenda OMS

(Foto:Reprodução)-Pais devem buscar alternativas para as crianças para substituir as telas
Organização orienta sobre de atividades que podem ser realizadas pelos pais para evitar momentos de sedentarismo
Brincar mais, dormir melhor e passar menos tempo em contato com telas, como televisão, tablet e celulares, são as recomendações de um guia inédito lançado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quarta-feira, 24, com orientações para crianças com menos de 5 anos. Segundo o documento, menores de 2 anos não devem ter contato com telas e aqueles com 2 anos ou mais podem assistir televisão por até uma hora por dia. A publicação recomenda ainda troca de telas por atividades como leitura e apresenta o tempo de sono recomendado por faixa etária.

As novas diretrizes foram elaboradas por um grupo de especialistas da organização, que avaliaram o impacto do sedentarismo e do sono inadequado e verificaram os benefícios do sono de qualidade e da prática de atividade física.

Segundo a OMS, inserir hábitos saudáveis nos primeiros anos de vida gera impacto não só no desenvolvimento motor e cognitivo da criança, mas em sua saúde ao longo da vida. Diminuir o tempo que os pequenos ficam sentados, seja vendo TV ou em carrinhos de bebê, também ajuda a evitar a obesidade infantil.

A organização também oferece orientações de atividades que podem ser realizadas pelos pais para evitar momentos de sedentarismo, como jogos mais ativos. Para os períodos em que a criança vai ficar sentada, a recomendação é substituir celulares, tablets e TV por leitura, contação de história, quebra-cabeça e canto.

Embora aborde a necessidade de práticas de atividades físicas, o guia também destaca a necessidade de um sono reparador para as crianças, incluindo os cochilos. Para bebês até 3 meses, a indicação é de 14 a 17 horas de sono por dia. Entre 1 e 2 anos, o tempo de sono deve ser de 11 a 14 horas. Crianças de 3 a 4 anos devem dormir entre 10 e 13 horas.

O tema já é discutido por sociedades de pediatria de diferentes países. Em 2016, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) elaborou um manual com orientações para pais e educadores com foco na saúde de crianças e adolescentes na era digital.

De acordo com o documento, crianças com menos de 2 anos não devem ser expostas a telas digitais, principalmente durante as refeições e uma a duas horas antes de dormir. “Aproveitar oportunidades aos finais de semana e durante as férias para conviver com a família, com amigos e dividir momentos de prazer sem o uso da tecnologia, mas com afeto e alegria”, diz o manual.

Veja as novas recomendações da OMS por faixa etária

Bebês com menos de 1 ano

    Devem realizar diferentes atividades várias vezes ao dia, especialmente brincadeiras no chão. Caso ainda não se movimente, os pais devem deixar a criança de bruços durante 30 minutos, espalhados ao longo do dia, apenas quando o bebê estiver acordado
     
    A criança não deve ficar mais de uma hora seguida em carrinho de bebê, cadeiras ou canguru
     
    Não deve ter contato com telas digitais
     
    Até os 3 meses, a recomendação é dormir entre 14 e 17 horas por dia. Dos 4 aos 11 meses, são 12 a 16 horas, incluindo cochilos

Crianças de 1 a 2 anos

    As atividades físicas, de qualquer intensidade, ao longo do dia devem durar ao menos três horas
     
    Não devem ficar mais de uma hora seguida em carrinhos de bebê, cadeiras ou canguru. O tempo sentado também não pode ser longo
     
    As telas não são indicadas para crianças de 1 ano. A partir de 2 anos, não deve superar uma hora por dia
     
    O tempo de sono, incluindo cochilos, deve ser de 11 a 14 horas

Crianças de 3 a 4 anos

    As atividades físicas, de qualquer intensidade, ao longo do dia devem durar ao menos três horas. Mas é indicado que, ao menos 1 hora, seja dedicada a atividades de intensidade moderada a vigorosa
     
    Não devem ficar mais de uma hora seguida em carrinhos de bebê, cadeiras ou canguru. O tempo sentado também não pode ser longo
     
    O tempo diante de telas não deve superar um hora por dia
     
    O tempo de sono deve ser de 10 a 13 horas

Fonte:Agência Estado

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com




Google, Facebook, Twitter têm de fazer mais para combater fake news, diz UE

(REUTERS / File Photo)-Relatório mais recente do grupo mostra falta de progressos em algumas áreas

Google, Facebook e Twitter precisam fazer mais para lidar com notícias falsas antes das eleições para o Parlamento europeu no próximo mês, disse a Comissão Europeia esta terça-feira, depois do relatório mais recente do grupo ter mostrado falta de progressos em algumas áreas.

Os relatórios mensais seguem um compromisso feito pelos gigantes da tecnologia e órgãos comerciais de publicidade em outubro do ano passado, para combater a disseminação de notícias falsas e evitar regulamentações mais pesadas.

A UE alertou para a interferência estrangeira durante a campanha para as eleições para o Parlamento Europeu e para as eleições nacionais na Bélgica, Dinamarca, Estônia, Finlândia, Grécia, Polônia, Portugal e Ucrânia nos próximos meses.

“Mais aperfeiçoamentos técnicos, bem como a partilha de metodologias e conjuntos de dados para contas falsas, são necessários para permitir que especialistas, verificadores de fatos e pesquisadores realizem avaliações independentes”, disse o órgão executivo da UE.

A Comissão disse que o Google não avançou suficientemente na definição de publicidade baseada em ativismo. O relatório cobriu as ações tomadas pelas empresas em março.

O Facebook, que derrubou oito redes coordenadas de fake news originárias da Macedônia do Norte, Kosovo e Rússia, não revelou se estas redes afetaram internautas da UE.

Já o Twitter não forneceu detalhes sobre suas medidas contra spam e contas falsas e também não informou sobre qualquer ação para melhorar a análise dos canais de anúncios.

Fonte:Reuters/O Liberal.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com




Facebook coletou lista de contatos de 1,5 milhão de usuários

(Foto:REUTERS / Dado Ruvic)-Empresa disse que informações foram armazenadas “sem intenção” e que agora deletará e notificará usuários
O Facebook coletou a lista de contatos do e-mail de 1,5 milhão de usuários sem consentimento. A informação foi inicialmente revelada pelo site Business Insider, e depois confirmada pela rede social. De acordo com a reportagem, o Facebook armazena esses dados desde 2016. A empresa disse que as informações foram coletadas “sem intenção” e que agora deletará os dados e notificará os usuários afetados.

O Facebook revelou ao Business Insider que os contatos de 1,5 milhão de pessoas foram coletados pelo sistema da rede social, e foram usados para melhorar o direcionamento de anúncios do Facebook, para criar uma rede de conexões sociais na plataforma, e para recomendar amigos para os usuários adicionarem.

Essa revelação é um desdobramento de uma prática estranha do Facebook, divulgada neste mês de abril pelo site Daily Beast: alguns novos usuários da rede social, ao tentar criar a conta, se depararam com um solicitação da rede social, pedindo que eles informassem a senha do e-mail pessoal que seria usado para o cadastro. No pedido, o Facebook dizia ao usuário que a senha era necessária para a verificação de identidade – uma solicitação pouco comum para qualquer serviço de internet. À época dessa notícia, o Facebook reconheceu que o uso da senha do e-mail não é a melhor forma de fazer a verificação e disse que encerrou a prática.

Segundo o Business Insider, os usuários que inseriram a senha do email para verificação de identidade receberam uma mensagem dizendo que a rede social importaria seus contatos do e-mail – a reportagem afirma que em nenhum momento o Facebook pediu permissão para isso.

“Paramos de oferecer a verificação com senha de e-mail como opção para as pessoas verificarem suas contas quando criarem um perfil do Facebook pela primeira vez”, disse um porta-voz do Facebook ao site. “Quando analisamos as etapas para verificação de identidade, descobrimos que, em alguns casos, os contatos de e-mail das pessoas foram enviados, sem intenção, para o Facebook durante a criação das contas”.

O Facebook disse que os contatos não foram compartilhados com terceiros e que serão excluídos do sistema da rede social.

É mais um caso envolvendo a privacidade de usuários do Facebook, rede social que controla os dados de mais 2 bilhões de pessoas no mundo.

Fonte:Agencia Estado

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com




Google deixará usuário de Android escolher navegador

(Foto:REUTERS / Arnd Wiegmann)-Ação é voltada para as preocupações antitruste da União Europeia e para evitar novas sanções
Usuários de aparelhos Android poderão escolher seus navegadores e mecanismos de busca dentre cinco opções a partir desta quinta-feira, disse um executivo do Google, em uma ação voltada para as preocupações antitruste da União Europeia e para evitar novas sanções.

Atingido com uma multa recorde de 4,34 bilhões de euros no ano passado por usar o poder de mercado do seu software para celulares para bloquear os rivais em áreas como navegação na internet, o Google, da Alphabet, também foi condenado a apresentar uma proposta para dar uma chance justa a seus rivais.

A Comissão Europeia disse que o Google tem uma vantagem injusta ao pré-instalar seu navegador Chrome e o aplicativo de busca do Google em smartphones e notebooks Android.

A empresa anunciou no mês passado que deixaria os usuários do Android escolherem seu navegador e mecanismo de busca, mas não forneceu detalhes.

Usuários de Android na Europa que abrem a loja de aplicativos do Google, Google Play, agora verão novas telas com a opção de baixar diferentes aplicativos de busca e navegadores, disse Paul Gennai, diretor de gerenciamento de produtos, em um blog.

“Duas telas aparecerão: uma para aplicativos de busca e outra para navegadores, cada uma contendo um total de cinco aplicativos, incluindo qualquer um que já esteja instalado”, disse ele.

Os cinco aplicativos são escolhidos com base em sua popularidade, que é determinada com base nos dados do setor e no número de downloads em cada país. Eles serão listados em ordem aleatória.

“Onde um usuário faz o download de um aplicativo de pesquisa na tela, também perguntamos se ele deseja alterar o mecanismo de pesquisa padrão do Chrome na próxima vez que abrir o navegador”, disse Gennai.

As novas opções aparecerão em telefones Android novos e existentes na Europa.

Fonte:Reuters

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com




Twitter suspende 100 mil contas de janeiro a março

Agora o Twitter avalia os relatos e também vai atrás de publicações abusivas (Foto:REUTERS/Thomas White/File Photo)
Empresa disse ter tornado prioridade adotar uma abordagem proativa com o abuso
Reuters
O Twitter disse nesta terça-feira (16) que de janeiro a março suspendeu 100 mil contas que tinham sido criadas após uma suspensão anterior. O número representa um aumento de 45 por cento ante mesma etapa do ano passado.

“Anteriormente, analisávamos apenas tuítes potencialmente abusivos se eles fossem denunciados a nós. Sabemos que isso não é aceitável, então no início do ano nós tomamos como prioridade adotar uma abordagem proativa com o abuso, além de confiar nos relatos das pessoas”, disse a empresa de mídia social.

O Twitter também disse que três vezes mais contas abusivas foram suspensas dentro de 24 horas após um relato, comparado com o mesmo período do ano passado.

Por:REUTERS/O liberal.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com




Aplicativo WhatsApp Business é lançado para iPhones

(Foto:REUTERS / Dado Ruvic)-Pequenas empresas podem, agora, se comunicar com os clientes por meio da plataforma
O aplicativo de mensagens WhatsApp, do Facebook, lançou o seu aplicativo WhatsApp Business para o sistema operacional iOS da Apple, permitindo que pequenas empresas se comuniquem com os clientes por meio da plataforma.

O WhatsApp Business estará disponível para download gratuito na App Store no Brasil, Alemanha, Indonésia, Índia, México, Reino Unido e Estados Unidos a partir desta quinta-feira e será lançado em todo o mundo nas próximas semanas, disse o WhatsApp.
O serviço está disponível no Android desde o ano passado e conta com mais de 5 milhões de usuários.

Fonte:Reuters/O Liberal.

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com




WhatsApp cria nova regra de privacidade para entrada em grupos

Logotipo do aplicativo Whatsapp — Foto: Dado Ruvic/Arquivo/Reuters – Usuário pode escolher quais pessoas podem adicioná-lo a um grupo, novo ou já existente. Configuração começa a valer a partir desta quarta (3).

O WhatsApp anunciou novas regras de privacidade para que o usuário possa ser adicionado em grupos, novos ou já existentes. As mudanças começam a valer a partir desta quarta-feira (3) em atualizações para Android e iOS.

De acordo com o aplicativo, que faz parte do grupo do Facebook, as novas configurações possibilitam ao usuário escolher qual tipo de contato pode ou não adicioná-lo aos grupos.

Como aplicar

Para ativar, é necessário ir no campo “Configurações” no aplicativo, depois em “Conta > Privacidade > Grupos” e selecionar uma das três opções: “Ninguém”, “Meus contatos”, ou “todos”.

“Ninguém” significa que você terá que aprovar a entrada em cada grupo para o qual você foi convidado, e “Meus contatos” significa que somente usuários da sua lista de contatos poderão adicionar você a um grupo.

Nesses casos, será solicitado que a pessoa que convidar você a um grupo envie um convite privado em uma conversa privada. O usuário terá três dias para aceitar o convite antes que ele expire.
O aplicativo afirma que os usuários terão mais controle das mensagens em grupo que irão receber.
Por G1
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.whatsapp

 Passo a passo a mudar configurações para a entrada em grupos no WhatsApp — Foto: Whatsapp/Divulgação

Passo a passo a mudar configurações para a entrada em grupos no WhatsApp — Foto: Whatsapp/Divulgação

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com




Três truques para melhorar a experiência do WhatsApp

(Foto:Reprodução/Fayer Wayer)-O aplicativo de mensagens WhatsApp é um dos apps mais populares do mundo. E a ferramenta é cheia de truques e novidades.

Pensando nisso, separamos três ‘macetes’ simples para melhorar a experiência do popular aplicativo. Confira:

Converter áudio em texto

O aplicativo “Audio in Text for Whatsapp” é capaz de converter o que foi dito em uma nota de voz para texto. A ferramenta converte áudio de todas as aplicações (não apenas WhatsApp) e suporta até 22 idiomas. Por enquanto, só está disponível para Android.

Após instalar o app no Google Play, acesse o áudio desejado no bate-papo do WhatsApp. Em compartilhamento, selecione o app. Imediatamente o aplicativo transcreverá o áudio em texto.

Áudios mais rápidos

Uma extensão do Google Chrome permite escutar áudios mais rápidos. Adicione o plugin “Zapp: WhatsApp Audio Speed and Volume” no navegador. Pronto, agora só apertar play e agilize o áudio com a ferramenta.

Duas contas no computador

É possível deixar aberto duas contas do aplicativo no WhatsApp WEB. Você só precisa abrir em navegadores diferentes (como Chrome e Firefox) ou utilizar o modo anônimo.

Por:Wellington Botelho

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com