População cobra abertura de hospital em Castelo de Sonhos

Há um ano população aguarda pela abertura do Hospital Estadual em Castelo de Sonhos.(Foto: Ascom Sedop)

Governo afirma que Hospital de Castelo dos Sonhos deve ser entregue neste primeiro semestre de 2020

Leia Também:SESPA vistoria obra do Hospital em Castelo dos Sonhos.

A obra física do Hospital  de Castelo de Sonhos já foi concluída, porém o prédio está vazio, e apenas seguranças fazem a guarda do local. Ainda no ano passado Secretario de Saúde e comitiva do Governador visitaram a obra e prometeram equipar para inaugura o mais rápido possível, apesar disso, a população continua indignada com a demora no funcionamento do hospital. A cobrança da população em postagem nas redes sociais é direta ao Governador Hélder Barbalho veja AQUI

Leia Também:Helder é vaiado e Bolsonaro recebe aplausos em evento da BR 163 no Pará

Sem títuloLeia postagem no Facebook AQUI

LEIA NOTA DO GOVERNO
Hospital de Castelo dos Sonhos deve ser entregue neste primeiro semestre
Pronto, a unidade de saúde vai atender 20 mil habitantes da comunidade e aldeias indígenas do entorno.
As obras de construção do hospital de Castelo dos Sonhos, em Altamira, no sudoeste do Estado, devem ser concluídas até abril deste ano, de acordo com o relatório da visita realizada pela equipe técnica da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), no último dia 23. O distrito de Castelo dos Sonhos fica distante 1.010 km de Altamira e mais de 2.700 km de Belém.

Ao todo, a unidade de saúde deverá atender por mês, em média, 20 mil habitantes da comunidade, incluindo o distrito de Cachoeira da Serra e as aldeias indígenas do entorno.  “O hospital vai facilitar o acesso à saúde pra quem reside no distrito e em comunidades próximas, até porque as principais vias de acesso para chegar à Castelo dos Sonhos são pela Transamazônica e Santarém-Cuiabá. Ambas de difícil acesso”, explicou o secretário adjunto de Gestão e Obras da Sedop, Arnaldo Dopazo.

O local disponibilizará 33 leitos, distribuídos entre Emergência e Internação, além de salas de apoio e consultórios.

As obras iniciaram em 2014, mas seguiram em ritmo lento, e receberam investimentos de mais de R$ 19 milhões do Orçamento Geral do Estado. “Desde o início desta gestão, estamos dando mais celeridade a obras que seguiam em ritmo lento. Nosso objetivo é levar qualidade no atendimento à saúde de comunidades de todo o Pará”, complementou.

POR: JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/formas-simples-e-praticas-de-ganhar-dinheiro/

 

 

 

 

 

 




MP pode liberar para desmatar até 50% de terras na Amazônia

Área desmatada em Triunfo do Xingu, no Pará. — Foto: Ascom/Semas

Congresso pode liberar para desmatar até 50% de terras na Amazônia
Congresso analisa medida provisória que pode aumentar o desmatamento na floresta amazônica.
Conforme divulgou a BBC News Brasil em Brasília, o texto, que está pronto para ser votado no plenário da Câmara, aumenta para até 50% a área que pode ser desmatada em fazendas de Roraima e do Amapá.

Originalmente, a MP editada pelo governo de Jair Bolsonaro (sem partido) dizia respeito à transferência de terras da União para os governos dos Estados do Amapá e de Roraima — e não trazia qualquer referência a mais desmatamento em propriedades rurais.

A doação das terras aos Estados já estava aprovada em lei desde 2009, mas estava travada por causa de exigências burocráticas.

A emenda, para permitir mais desmatamento na Amazônia foi inserido no texto durante a fase da Comissão Mista, quando deputados e senadores sugerem alterações no texto da MP. O aumento da área desmatada em fazendas surgiu em uma emenda do senador Mecias de Jesus (Republicanos-RR). O texto final foi confeccionado pelo relator, o deputado Edio Lopes (PL-RR).
Hoje, na Amazônia a lei obriga manter pelo menos 80% de área de floresta em seus imóveis. Se a MP 901 for aprovada como se encontra, o percentual cairá para apenas 50% — ou seja, até metade da área das propriedades rurais poderá ser desmatada.
A MP 901 estava na pauta de votação da Câmara na última terça-feira (11), mas foi adiada. Agora, o texto deve voltar a ser discutido pelos deputados nesta semana, ainda antes do feriado de Carnaval. A proposta tramita em regime de urgência no Congresso.
Este trecho da medida provisória faz uma alteração no Código Florestal, e a mudança pode se espalhar por outros Estados da região amazônica.
Leia Medida Provisória n° 901, de 2019

Por:Jornal Folha do Progresso com informações da BBC News Brasil

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/id-estudantil-disponibilizada-pelo-governo-pode-ser-extinta/

 




Antropólogo bolsonarista tenta impedir trabalho do Ibama em terra indígena e é preso

O antropólogo e militante bolsonarista Edward Luz foi detido neste domingo (16) ao tentar impedir a fiscalização do Ibama dentro da Terra Indígena Ituna Itatá, na região de Altamira (PA). – (Foto:Reprodução Youtube)-

Edward Luz alegou cumprir ordem do ministro Ricardo Salles, que nega

O antropólogo e militante bolsonarista Edward Luz foi detido neste domingo (16) ao tentar impedir a fiscalização do Ibama dentro da Terra Indígena Ituna Itatá, na região de Altamira (PA).
Os agentes do Ibama estavam em um procedimento de retirada do gado quando Luz apareceu. Gravando a abordagem com seu próprio celular, ele diz que estava no local “para fazer cumprir a ordem ministerial, do senhor ministro Ricardo Salles, com qual me encontrei na última terça-feira, dia 11 de fevereiro, na 4ª. Câmara [Meio Ambiente] do Ministério Público Federal, onde ficou acordado que nenhum patrimônio de população em situação de fragilidade será destruído”.
O comandante da operação, Roberto Cabral, então o adverte de que ele está dentro de terra indígena e ordena que se retire, sob a pena de ser preso em flagrante. Diante da recusa, Luz é algemado.
Horas depois, após ser solto, Luz distribuiu um áudio exortando os invasores da terra indígena a resistir às autoridades: “Quem está com a casa ameaçada, permaneça”.

Procurado pela Folha, o procurador Daniel Azeredo, da 4ª Câmara desmentiu Luz: “O antropólogo está sem qualquer razão. A operação do Ibama se desenrola dentro da lei, e ele não pode interferir ou atrapalhar”, afirmou.

Localizada na área de influencia da usina de Belo Monte, Ituna Itatá é a terra indígena mais desmatada em janeiro, segundo monitoramento satelital da ONG Imazon, sediada em Belém.
Há cerca de um mês, o Ibama mantém presença permanente na área, invadida por grileiros e posseiros, com apoio de políticos, principalmente o senador Zequinha Marinho (PSC-PA).

Na terça-feira, Marinho e Luz, que são próximos, participaram de uma reunião na na 4ª Câmara para tratador do assunto, com a participação de Salles. Azeredo foi um dos procuradores presentes.
Ao final da reunião, os dois gravaram um vídeo em que Marinho afirma que as operações do Ibama em Ituna Itatá haviam sido suspensas por um mês, até 11 de marco. No vídeo, aparece também o prefeito de Senador José Porfírio, Dirceu Biancardi (PSDB).
A repercussão do vídeo levou o MPF a divulgar uma nota desmentindo o senador Marinho.  No documento, a Procuradoria afirma que “ficou acordado que a fiscalização dentro da área reservada [Ituna Itatá] permanece.”
“Já na área não reservada, ficarão suspensas por 30 dias apenas as atividades de remoção de quem está em situação de vulnerabilidade social”. Assista ao Vídeo que circula nas redes sociais;

https://youtu.be/yrJWYmqn8Bk

Além disso, foi criado um grupo de trabalho “para estudar solução definitiva para a situação, considerando os aspectos sociais envolvidos”.

Conhecido como o “antropólogo dos ruralistas”, Luz foi expulso da Associação Brasileira de Antropologia (ABA) em 2013 “dada a sua postura não compatível com a ética profissional”.

Seu pai, que também se chama Edward Luz, é o presidente da organização evangélica norte-americana MNTB (Missão Novas Tribos do Brasil), expulsa, no começo dos anos 1990, da região habitada pelos índios zoés, no Pará, que haviam sido contatados ilegalmente por eles.

Recentemente, a Funai nomeou o teólogo e missionário da MNTB Ricardo Lopes Dias para a área que cuida de índios isolados. A TI Ituna Itatá é destinada a indígenas nessa situação.
Segundo o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, a reunião a que se refere Edward Luz havia sido pedida pelo senador Zequinha Marinho (PSC-PA) ao Ministério Público Federal. “Eu sequer o conhecia, só vi aquela vez”, disse Salles à Folha.
O parlamentar teria levado Edward Luz e o prefeito do município Senador José Porfírio (PA) ao encontro com o ministro, um procurador e dois subprocuradores na terça-feira (11), com objetivo de questionar o respaldo legal da fiscalização do Ibama na região.

A ata da reunião registra que, ao contrário do acordo que Luz menciona no vídeo, o Ministério do Meio Ambiente e o Ministério Público Federal reafirmaram a legalidade da fiscalização na Terra Indígena Ituna-Itatá: “[MMA e MPF] esclareceram que há respaldo legal tanto para a retirada de pessoas quanto para a destruição de maquinário, uma vez que, além da existência de ato do Governo Federal definindo a atual terra indígena, a área em questão, embora ainda não demarcada, está protegida por ato formal de interdição da Funai, em razão da possibilidade de existência de índios isolados na região”.

No entanto, um trecho da ata menciona concordância do ministro em suspender atividades do Ibama por 30 dias apenas nas áreas ainda não demarcadas. À Folha o ministro disse que isso foi decidido não somente por ele mas também pelos procuradores, com vistas a discutir uma solução junto à Funai e outras entidades de envolvidas.

“Se houver qualquer atividade ilícita nesse tempo, o Ibama vai atuar. O Ibama não vai sair. Só a desocupação de pessoas ficou suspensa. Por enquanto não vejo problemas na ação que foi feita hoje”, afirmou Salles.
Fonte:FOLHA UOL /Fabiano Maisonnave
Manaus
16.fev.2020 às 22h38

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/id-estudantil-disponibilizada-pelo-governo-pode-ser-extinta/

 




Prefeito,Vice e Vereadores de Novo Progresso participam da inauguração do asfalto da BR-163 no Pará

(Foto:Welington Tenório)- O Prefeito  Municipal e o Vice-Prefeito de Novo Progresso, assim como os vereadores Nego do Bento, Marconi, Edemar Onetta, Juarez Civieiro e Chico Souza,  acompanharam na última sexta-feira (14) a solenidade de inauguração da obra de asfaltamento da BR-163, na Cachoeira do Curua, com a presença do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro.
O Prefeito Macarrão destacou a importância da conclusão do asfalto que liga o estado de Mato Grosso ao porto de Miritituba-PA, para a escoação da produção do Município de Novo Progresso e da nossa região, em especial do Mato Grosso que é o maior produtor de grãos do país e a vinda do Presidente Jair Bolsonaro.
“Isso vem agregar valores para quem produz no município e na região, nos investimentos que vem ai, a agricultura está fortalecida, o Presidente Jair Bolsonaro prometeu e cumpriu, agora temos que fazer a nossa parte, disse.  Aproveitando a oportunidade,   protocolei com a assessoria presidencial, um documento, reivindicando algumas demandas pontuais, é o Executivo de Novo Progresso e a Câmara Municipal fazendo a sua parte, disse.

Leia mais:Helder é vaiado e Bolsonaro recebe aplausos em evento da BR 163 no Pará

O evento foi realizado no Marco do Salto do Curuá, no município de Cachoeira da Serra-PA. A comitiva presidencial é formada pelo ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes; Diretor Geral do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT), General Santos Filho; ministro Chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni e ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. o Senador paraense Zequinha Marinho, O Governador Helder Barbalho (PA) e Mauro Mendes (MT), fizeram parte da solienidade.

Leia mais:BR 163 é inaugurada por Bolsonaro no Pará

Foram inauguradas as obras, a pavimentação asfáltica de 51 quilômetros que faltavam para interligar a rota Cuiabá-MT/Miritituba-PA, e, a manutenção do trecho pavimentado entre os dois estados brasileiros. Elas foram realizadas pelo DNIT e Exército Brasileiro.

Presidnete Jair Bolsonaro e Ministro Tarciso (Foto:Welington Tenorio)
Presidnete Jair Bolsonaro e Ministro Tarciso (Foto: Welington Tenório)

Por: JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/7-dicas-de-ouro-para-investir-em-acoes/

 




Assaltante rouba farmácia em Novo Progresso

Assaltante invade farmácia, ameaça funcionário e rouba dinheiro do estabelecimento em Novo Progresso.(Foto:Divulgação)

O estabelecimento conta com sistema de monitoramento e câmeras de segurança.
Crime foi registrado na noite desta sexta-feira (14), em Novo |Progresso, um comparsa aguardava ao lado de fora com uma motocicleta.

um comparsa aguardava lado de fora com uma motocicleta.(Foto:Divulgação)
um comparsa aguardava lado de fora com uma motocicleta.(Foto:Divulgação)

Uma farmácia (Desconto Fácil) situada na avenida Dr. Isaias Antunes , em Novo Progresso , foi alvo de roubo na noite desta sexta-feira (14). A quantia em dinheiro levada pelo assaltante não foi divulgada.
De acordo com a informação, o criminoso fez menção de estar armado, ameaçou o funcionário e, então, levou o dinheiro.
O estabelecimento conta com sistema de monitoramento e câmeras de segurança.
O caso foi registrado e um Boletim de Ocorrência  foi elaborado.
Segundo funcionário da farmácia que não quis ser identificado, o assaltante que deu cobertura em uma motocicleta foi preso pela policia Militar na tarde deste sábado (15), a motocicleta era roubada.
A polícia faz buscas para prender o assaltante.

Caso alguém identificar o autor do crime (conhecer), souber do paradeiro favor avisar a policia.

Câmera flagrou o momento que o criminoso fez menção de estar armado, ameaçou o funcionário e, então, levou o dinheiro.(Foto:Reprodução)
Câmera flagrou o momento que o criminoso fez menção de estar armado, ameaçou o funcionário e, então, levou o dinheiro.(Foto:Reprodução)

Por:JORNAL FOLHA DO PROGRESSO
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/id-estudantil-disponibilizada-pelo-governo-pode-ser-extinta/

 




IELB Gaúcha ordena pastor que vai atuar em Novo Progresso

(Foto:Reprodução o Diário) – IELB  de Dois Irmãos (RS) ordena pastor que vai atuar em Novo Progresso no estado do Pará

Congregação Evangélica Luterana São Miguel, de Dois Irmãos (RS), esteve de festa no dia 2 de fevereiro, quando celebrou a ordenação do pastor Magno Souza Santos. A cerimônia foi conduzida pelo pastor Oscar Martinho Zimmermann e contou com a participação do pastor Laercio Knaak Roloff e a mensagem foi dirigida pelo Rev. Davi Schmidt, que foi pastor da CEL São Miguel entre 2010 e 2015. Formado no Seminário Concórdia no dia 14 de dezembro de 2019, Magno recebe seu primeiro chamado para a Congregação Evangélica Luterana Cristo Para Todos, de Novo Progresso, no estado do Pará.
A informação é do Jornal O Diario net da cidade de Dois Irmãos no Rio Grande do Sul.

Por:JORNAL FOLHA DO PROGRESSO
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/id-estudantil-disponibilizada-pelo-governo-pode-ser-extinta/

 




Militar vitima de acidente na Br 163 é transferido para Belém

Militar foi socorrido por aeronave da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Pará e levado pelo SAMU até hospital Municípal de Novo Progresso.(Foto:Jornal Folha do Progresso)

O Coronel Carlos Octávio Krawutschke Cardoso, integrante do veiculo que sofreu acidente   com mais quatro militares que seriam condecorados por Bolsonaro na inauguração da rodovia BR 163 Pará foi transferido para Hospital em Belém.

Leia Também:BR 163 é inaugurada por Bolsonaro no Pará

*Helder é vaiado e Bolsonaro recebe aplausos em evento da BR 163 no Pará

 A informação partiu do presidente Jair Bolsonaro que anunciou o acidente no evento, “infelizmente cinco militares que seriam condecorados aqui nesta data sofreram acidente na rodovia – quatro deles sofreram escoriações estão bem, o coronel Carlos foi mais grave e esta sendo transferido neste momento para Belém, é Deus no comando, vai dar tudo certo, disse”.

Coronel Cardoso – (Foto: Sidney Silva)
Coronel Cardoso – (Foto: Sidney Silva)

Os militares que seriam condecorados pelo presidente Jair Bolsonaro durante a solenidade de inauguração da BR-163, sofreram acidente por volta das 7h30mn(Horário local). Uma aeronave da Secretaria de segurança Publica do estado do Pará socorreu as vitimas até hospital de Novo Progresso.  O veiculo do exercito saiu de Santarém , seguia para inauguração da rodovia BR 163  e acabou colidindo com uma carreta na própria rodovia que foi inaugurada na tarde desta sexta-feira(14). O estado de Saúde do Militar não foi divulgado!

(Foto:Jornal Folha do Progresso)
O estado de Saúde do Militar não foi divulgado.(Foto:Jornal Folha do Progresso)

Na solenidade foi homenageado militares de variadas patentes, desde soldados até o comandante.

 Militares do 8º BEC que trabalharam na BR-163 recebem medalhas de honraria (Foto:Adecio Piran
Militares do 8º BEC que trabalharam na BR-163 recebem medalhas de honraria (Foto:Adecio Piran

Fonte:JORNAL FOLHA DO PROGRESSO
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/educacao-de-qualidade-e-uma-prioridade-para-os-pais/

 




Helder é vaiado e Bolsonaro recebe aplausos em evento da BR 163 no Pará

Os dois dividiram um palanque pela primeira vez após atritos públicos.
O governador do Pará Helder Barbalho, foi vaiado nesta sexta-feira 14, durante evento de inauguração da rodovia BR 163 no Pará.
No mesmo evento, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi recebido com gritos de “mito” da plateia.
Helder Barbalho recebeu vaias assim que apareceu em público no evento e quando se aproximou ao Presidente no momento que teve seu nome anunciado pelo mestre de cerimônias. Ao discursar no palanque junto com demais autoridades voltou ser vaiado por populares que participavam em evento fechado em tenda montada pelo exercito Brasileiro.

Nas redes sociais, apoiadores de Bolsonaro comemoraram as vaias ao governador.

Ricardo Foresti14 h ·Enquanto Bolsonaro estava cheio de gente atrás… helder barbalho sozinho e ainda foi vaiado várias vezes….Kkkkkkkkkkkkkkkkkk Veja postagem no facebook – Veja a Postagem no facebook AQUI

(Facebook)
(Facebook)

Os dois dividiram um palanque pela primeira vez após trocarem alfinetadas publicamente, em questão da manutenção dos impostos sobre combustível.
Em discurso no evento, Helder lembrou que a rodovia teve outros governos que iniciaram a pavimentação que coube ao Bolsonaro finalizar e inaugurar a obra…

Leia Também:BR 163 é inaugurada por Bolsonaro no Pará

“Helder alfinetou de longe o Presidente cobrando a pavimentação do trecho da BR 230, que foi divulgada como compromisso do Governo Bolsonaro – falta apenas 50 quilomêtros entre Itaituba a Santarém para ligar em definitivo este acesso ate o Porto de Santarém…… Helder fez questão de mostrar que o estado do Pará é parceiro das boas ações do Brasil”, disse. “Nós estamos alinhados com todas as boas iniciativas do governo federal.”
Já Bolsonaro evitou se referir ao governo do Pará.  Em discurso, lembrou que é preciso escolher os representantes em todas as esferas e não votar em quem usa fundo eleitoral, não  é fácil mudar o Brasil, nem todos querem o bem do Brasil, aos poucos isto vai acontecendo com ajuda de vocês,discursou.

Por:JORNAL FOLHA DO PROGRESSO
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/educacao-de-qualidade-e-uma-prioridade-para-os-pais/

 




BR 163 é inaugurada por Bolsonaro no Pará

(Foto:Adecio Piran)- O presidente da República, Jair Bolsonaro e sua comitiva ,inauguraram na tarde desta sexta-feira(14) a conclusão da pavimentação da rodovia Br 163 no Pará. Bolsonaro foi responsável pela pavimentação de 51 quilômetros de asfalto que faltava para fazer a ligação da BR-163 até Miritituba, onde tem o principal  porto para escoamento da produção agrícola produzida no Mato Grosso..

Uma placa foi fixada no local onde tem acesso a cachoeira do rio curua no km 102 da rodovia.(Foto:Ricardo Foresti)
Uma placa foi fixada no local onde tem acesso a cachoeira do rio curua no km 102 da rodovia.(Foto:Ricardo Foresti)

Jair Bolsonaro
Bolsonaro disse que não é facil administrar este país, ,nem todos querem o melhor para o país, aos poucos vamos mudando, hojé  é “um momento de alegria depois de 40 anos de sofrimento. Essa obra começou a ser tratada no final de 2018 com o ministro Tarcísio (após ser eleito durante a transição do governo). Não estou preocupado com reeleição, que é algo natural. Se trabalhar ela vem”.  “Governar é eleger prioridades e não buscar deixar obras paradas. Não é inventar obras para aparecer e ser reeleito lá na frente. Não estou preocupado com reeleição. A reeleição e algo natural. Se você trabalhar ela vem e não é com propaganda também”, discursou o presidente.
Bolsonaro também disse que em seu governo não foram feitas demarcações de mais reservas indígenas (Pará e Mato Grosso tem várias reservas) e tem contrariado grandes interesses. Ele defendeu a valorização dos índios e, se dirigindo ao governador Mauro Mendes disse que, “no Norte de Mato Grosso, prezado governador, os parecis demonstram o que querem”, referindo-se a um grupo que tem plantado soja em suas reservas. “Queremos que índio tenham mesmo direito que seu irmão fazendeiro tem, de garimpar, cultivar, construir PCHs (pequenas centrais hidrelétricas). O índio é nosso irmão e estamos buscando integrá-lo a sociedade”, afirmou.

O presidente chegou de aeronave na Base Aérea do Cachimbo e seguiu de helicôptero em sobre voo na rodovia.  O Presidente Jair Bolsonaro chegou no local da inauguração em um caminhão, ele percorreu alguns quilômetros no trecho que foi pavimentado pelo Exército, em seu governo.

Assista ao Vídeo;

https://youtu.be/_a3Qs4KT9is

Ministro Tarcísio
Tarcísio Freitas relembrou as dificuldades que os caminhoneiros enfrentaram com os intermináveis atoleiros. “Nos tínhamos muita chuva aqui. Fileiras de caminhões parados há mais de 10 dias esperando uma oportunidade de passar. Foi prometido que iriamos terminar a BR até o final do ano. É dia de homenagear por quem colocou a mão na massa. O Dnit que tem sido profissional e o Exército brasileiro. Essa história tem muito heróis. Cabe homenagear os caminhoneiros que nunca perderam a fé. Foram pacientes. Quando liberamos o tráfego gerou buzinas e eles mereciam essas consideração do país com eles. Nós estamos escrevendo a história neste momento. Amanhã, é dia de trabalhar novamente”.

Quarenta anos de espera foi o tempo que o setor produtivo, a população local e motoristas que transitam na BR-163 aguardaram para ter o trecho entre a cidade de Sinop (MT) até os portos de Miritituba, em Itaituba, totalmente pavimentado. A entrega dos últimos quilômetros de pavimentação ocorreu nesta sexta (14) na Cachoeira do Curua  entre os municipos de Altamira e Novo Progresso , com a presença do governador Helder Barbalho, do presidente da República Jair Bolsonaro, do Ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas e demais autoridades.

O Presidente Jair Bolsonaro chegou no local da inauguração em um caminhão, ele percorreu alguns quilômetros no trecho que foi pavimentado pelo Exército, em seu governo.(Foto:Ricardo Foresti)
O Presidente Jair Bolsonaro chegou no local da inauguração em um caminhão, ele percorreu alguns quilômetros no trecho que foi pavimentado pelo Exército, em seu governo.(Foto:Ricardo Foresti)

A BR-163, também conhecida como Santarém- Cuiabá, é fundamental para o agronegócio da região, sendo uma importante via de transporte de grãos, como soja e milho, do Estado do Mato Grosso até os portos do chamado Arco Norte, no Pará, para que os produtos sejam exportados aos principais consumidores do mundo.
Os 51 quilômetros entregues hoje estão situados entre a Vila Moraes de Almeida e o município de Novo Progresso. Esse trecho por muito tempo gerou dor de cabeça aos 6 mil caminhoneiros que transitam diariamente na rodovia. Os atoleiros causados pelas chuvas, no local, anteriormente sem pavimentação, geravam imensas filas, atrasando por vários dias as viagens e a exportação dos grãos.

 Militares do 8º BEC que trabalharam na BR-163 recebem medalhas de honraria (Foto:Adecio Piran
Militares do 8º BEC que trabalharam na BR-163 recebem medalhas de honraria (Foto:Adecio Piran

Helder Barbalho
O governador Helder Barbalho ressaltou a importância da inauguração do asfaltamento da rodovia para o Estado.
“ Hoje é um dia extremamente importante e histórico. O momento do fechamento de um ciclo de mais de 40 anos. Onde, a partir da lógica de integrar para não entregar, esperamos por décadas para que chegasse essa oportunidade de ver a conclusão da pavimentação. É claro, um estado de dimensões do Pará, tem desafios deste tamanho, mas também oportunidades extraordinárias. Oportunidade da produção rural, da sustentabilidade, da geração de energia, isso tudo faz desse Estado a síntese da Amazônia”, afirmou o governador.
Para a conclusão da obra foram investidos R$158 milhões, em 2019, envolvendo centenas de trabalhadores, entre servidores do DNIT, militares do Exército Brasileiro e funcionários de empresas contratadas, que além da pavimentação dos 51km, também realizaram serviços de manutenção em 1.300km da rodovia, de Sinop (MT) a Santarém.
Local Histórico
Um motivo especial marcou a escolha do local para a cerimônia de entrega da BR-163. O Km 102 é conhecido como “Marco Zero” da rodovia, onde se encontraram, em 1970, o 8º Batalhão de Engenharia e Construção do Exército, que tocou a obra a partir de Santarém (PA), e o 9º Batalhão, responsável pelo trecho a partir de Cuiabá (MT). Também foi nesse perímetro que, em 1976, o então presidente Ernesto Geisel inaugurou a rodovia.

Populares aguardavam a chegada do presidente na rodovia(Foto:Ricardo Foresti)
Populares aguardavam a chegada do presidente na rodovia(Foto:Ricardo Foresti)

Palanque

Junto com o presidente Jair Bolsonaro, estavam o Governador do Pará,Helder Barbalho,Governador do Mato Grosso,Mauo Mendes, Senador Zequinha Marinho, senador Wellington Fagundes, prefeita de Sinop (MT) Rosana Martinelli, os deputados mato-grossenses Jose Medeiros, Neri Geller, Nelson Barbudo, os ministros dos Transportes, Tarcisio Freitas, da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, da Segurança Institucional, general Augusto Heleno,  o diretor-geral do DNIT, General Santos Filho, dentre outras lideranças.

Por:JORNAL FOLHA DO PROGRESSO
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

http://www.folhadoprogresso.com.br/educacao-de-qualidade-e-uma-prioridade-para-os-pais/

 




Comandante do Exército da Comitiva do Presidente Bolsonaro sofre acidente em Castelo de Sonhos

helicoptero1Na manhã desta sexta-feita (14/02), o Helicóptero da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Pará, que estava no distrito de Castelo de Sonhos com a comitiva do governador Helder Barbalho, socorreu o comandante do exército Brasileiro que sofreu um acidente na Br-163 nas proximidades de Castelo de Sonhos, levando-o para ser atendido no Hospital Municipal do município de Novo Progresso. (a causa do acidente ainda não foi informada, AGUARDEM MAIS INFORMAÇÕES).

ASSISTA O VÍDEO ABAIXO:

https://youtu.be/UYpcZbdWt7g

O pouso do Helicóptero em via pública em Novo Progresso causou uma expectativa que poderia ser o Presidente da República Jair Messias Bolsonaro, que estivesse pousando no município, mas expectativa que se tornou frustrada.

Fonte: Jornal Folha do Progresso – Fotos: Via WhatsApp.

Publicado dia 14 de Fevereiro de 2020 as 11:36:00 – por Jornal Folha do Progresso – Fone para contato: (93) 98117-7649 (Tim) WhatsApp: (93) 98404-6835 (Claro) – Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com