Ciop vai monitorar tornozeleiras eletrônicas de presos.

image_pdfimage_print

Foto: Cláudio Santos (Agência Pará)-Os presos que cumprem pena em regime aberto e semiaberto na região metropolitana de Belém vão ser monitorados pelo Centro Integrado de Operações (Ciop). A vigilância será feita por um sistema que utiliza tecnologias de rastro e georreferenciamento para o controle remoto dos sinais emitidos pelas tornozeleiras eletrônicas, será possível acompanhar com mais precisão a rotina dos apenados.
O diretor do Ciop, tenente coronel Marcus Roberto Miranda, explica que com a tecnologia os apenados podem ser monitorados em qualquer lugar. ‘Se for verificada alguma atitude suspeita, imediatamente acionamos a viatura mais próxima para fazer as averiguações necessárias’, diz.
No novo sistema as equipes não precisarão mais ser feitos exclusivamente pelo número 190. Agora, ao perceber um flagrante, o videomonitorador passa a ocorrência direto para o despachante que, imediatamente, aciona a viatura.
Segundo o sistema de segurança pública, atualmente uma ocorrência leva em média de oito a quinze minutos para ser atendida. Vários fatores contribuem para este tempo como local da ocorrência, o dia e a hora da semana, condições de tráfego, condições climáticas e a disponibilidade de viaturas.

Por OrmNews
Publicado por Folha do Progresso fone para contato Cel. TIM: 93-981151332 / (093) WhatsApp (93) 984046835 (Claro) Fixo: 9335281839 *e-mail para contato: folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: