Corinthians vence Bahia, respira no Brasileirão e deixa rival perto do Z-4

image_pdfimage_print

Timão melhora desempenho após derrotas, marca três gols e reage na segunda partida sob comando de Dyego Coelho; ainda sem vencer pelo Tricolor, Mano Menezes se aproxima de zona perigosa.

Timão respira no Brasileiro
O Corinthians voltou a vencer (e a respirar com tranquilidade) no Campeonato Brasileiro ao fazer 3 a 2 no Bahia, nesta quarta-feira, na Neo Química Arena, em jogo válido pela 11ª rodada da competição. Num confronto direto das últimas posições da tabela, o Timão foi mais eficiente quando teve chances, levou a melhor e deixou o rival muito perto da zona de rebaixamento. Os gols corintianos foram de Otero, do estreante Roni e de Gil. Nino Paraíba descontou para o Bahia, no primeiro tempo, e Saldanha fez outro no fim. Apesar da tensão natural envolvida pela situação das equipes, o jogo foi bem agradável de se assistir.
Como fica?
A vitória leva o Corinthians aos 12 pontos, mais longe do Z-4 e no meio da tabela. O Bahia continua com nove e é o primeiro time fora da zona de rebaixamento, podendo ser ultrapassado por Botafogo, Coritiba e Bragantino na rodada (o Goiás só enfrenta o Flamengo em 13 de outubro).
Primeiro tempo
O Bahia teve maior posse de bola (61%) e finalizou bem mais (13 vezes contra quatro), mas o Corinthians saiu em vantagem no placar porque teve mérito ao apostar em um meio de campo mais leve e veloz, principalmente com o garoto Roni, novidade no time com boa chegada ao ataque e finalização de média e longa distância. Quando o Timão era pressionado e já podia estar perdendo, Otero abriu o placar em bela jogada ensaiada de escanteio – o venezuelano contou com desvio de Gilberto que tirou a chance do goleiro Douglas. Pouco depois, uma ótima jogada de Lucas Piton deixou Roni com espaço aberto para chutar: 2 a 0, e primeiro gol como profissional do garoto. Mas o Bahia, melhor em boa parte do jogo, merecia ao menos diminuir o placar. Aconteceu pouco depois, em chute de longe de Nino Paraíba.
Segundo tempo
O Corinthians voltou com Ramiro na vaga de Araos para tentar retomar o domínio do meio-campo, mas o Bahia tentou pressionar com mais força. O Timão confiou nos chutes de longe de Otero, sempre exigindo grandes defesas de Douglas. Numa dessas defesas difíceis, escanteio cedido para o Timão, cruzamento na área e gol de Gil: 3 a 1. O Bahia diminuiu no fim, com Saldanha, mas não conseguiu o empate nos acréscimos.
Central do Apito
O Bahia reclamou de uma falta de Danilo Avelar no terceiro gol do Corinthians, que terminou em cabeçada de Gil. O árbitro Wagner do Nascimento Magalhães validou o lance após consulta do VAR. A Central do Apito concordou com a marcação: “Vejo uma carga do Avelar no Wanderson, para mim falta, o gol deve ser anulado. O Avelar vai só com as duas mãos nas costas no jogador do Bahia. Mas teve um toque do Gregore que deslocou o Avelar, e aí provoca o empurrão. Gol legal”, afirmou o comentarista Sálvio Spinola.
Próximos jogos
O Corinthians volta a campo só na outra quarta-feira para enfrentar o Sport, às 21h30 (de Brasília), na Ilha do Retiro. O Bahia só joga no dia 26 de setembro, um sábado, contra o Athletico-PR, às 19h, na Arena da Baixada. Os dois jogos são válidos pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 
Corinthians 3 x 2 Bahia: jogadores se juntam pra comemorar o gol — Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians.
Por: Globo Esporte
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: