Coritiba vence o Sport em jogo de sete gols na luta contra a zona

image_pdfimage_print

Fonte: Gazeta Esportiva (foto: Bruno Cantini/arquivo) – Em um jogo com sete gols e dois pênaltis defendidos por Wilson na Ilha do Retiro, o Coritiba arrancou uma grande vitória por 4 a 3 sobre o Sport em duelo direto contra a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Leão, em seu primeiro jogo após a saída de Vanderlei Luxemburgo, estacionou nos 35 pontos, na 15ª posição. O Coxa pulou para 16º, com os mesmos 35 pontos.

O Alviverde abriu o placar logo aos cinco minutos da primeira etapa, com Werley aproveitando cobrança de escanteio para desviar para a rede. De cabeça, aos 29 minutos, Diego Souza deixou tudo igual. Henrique Almeida colocou o time paraense na frente, aos 39 minutos, mas André, aos 41 minutos, fez para os pernambucanos. Depois do intervalo, Diego Souza, de cabeça, fez mais um. Jonas empatou, aos 33 minutos. Yan, aos 45 minutos, virou novamente para fechar a contagem.

Na próxima rodada, o Sport enfrenta a Chapecoense, domingo, na Arena Condá, em Chapecó. Já o Coritiba encara o Avaí, em mais um duelo direto, no mesmo dia, no Couto Pereira.

O jogo – Com os dois times sem margem para errar mais, jogo começou tenso, com os times tímidos e uma partida muito travada o meio-campo. Mas, aos cinco minutos Thiago Carleto cobrou escanteio e Werley apareceu para colocar para o fundo da rede e abrir a contagem no Recife. Aos nove minutos, Carleto cobrou, fará, Tiago Real desviou e Magrão fez linda defesa. No rebote, o goleiro salvou chute de Cleber Reis.

O Leão acordou na partida e chegou com força aos 14 minutos, com Henriquez desviando dentro da área para grande intervenção de Wilson. Aos 15 minutos, mais uma participação do goleiro coxa-branca, parando chute de Rogério que invadiu a área com liberdade. Até que, aos 20 minutos, Samuel Xavier foi derrubado na área por Rildo e o árbitro marcou a penalidade. Na cobrança, Diego Souza parou em Wilson.

Porém, se o meia perdeu a penalidade, Diego Souza se recuperou e, aos 29 minutos, subindo mais do que a marcação para testar no cantinho e deixar tudo igual. O jogo era muito disputado, cheio de alternativas. Aos 39 minutos, Cleber Reis cabeceou, Magrão fez linda defesa mas, no rebote, Henrique Almeida apareceu para travar com Henríquez e mandou para o gol para marcar. A festa durou pouco, porque aos 41 minutos, André deixou tudo igual novamente.

Para a etapa final, o Coritiba voltou com Getterson no lugar de Iago Dias. Aos quatro minutos, Rildo arriscou o chute cruzado e Magrão defendeu com segurança. A resposta veio com André, que aproveitou cruzamento de Osvaldo para testar por cima da meta alviverde. Até que, aos 16 minutos, Osvaldo partiu para a jogada individual e cruzou para Diego Souza cabecear mais uma e decretar a virada.

O Coxa chegou bem aos 20 minutos, com Getterson, mas o chute já dentro da área bateu na rede, pelo lado de fora. O Alviverde dependia demais das jogadas de bola parada saídas dos pés de Carleto. Mas, aos 27 minutos, Léo saiu errado com a bola e proporcionou contra-ataque, que terminou em pênalti de Werley sobre André. Na cobrança, Diego Souza parou novamente em Wilson, que ainda pegou o rebote.

A defesa colocou o Coritiba novamente na partida e, aos 32 minutos, Jonas pegou rebote após cobrança de falta de Carleto e tocou para a rede, empatando novamente a partida. Aos 37 minutos, Diego Souza cobrou falta com força e Wilson pegou mais uma. Aos 43 minutos, Mena cruzou duas vezes e, na segunda, André desviou pela linha de fundo. Aos 45 minutos, Keirrison ajeitou e Yan fuzilou para decretar a vitória do Coxa.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: