Corpo de piloto morador de Novo Progresso que morreu em queda de avião no Piaui aguarda exame de DNA para ser liberado

image_pdfimage_print

Piloto Leandro Holdefer morreu carbonizado após queda de avião em Teresina — Foto: Reprodução/Instagram

Família fez uma arrecadação nas redes sociais para resgatar corpo do Piloto e trazer para sepultar em Novo Progresso.
Conforme informação de familiares, a ex-mulher e irmão da vitima já estão com destino para ir ao encontro e fazer reconhecimento de arcada dentária, e exame de DNA.

O Instituto de Medicina Legal do Piauí aguarda material genético dos familiares de Leandro Holdefer para confirmar a identidade da vítima e liberar o corpo, para ser sepultado em Novo Progresso-PA.

Leia Mais:Avião que matou piloto de Novo Progresso não tinha autorização para voar e estava com documentação vencida

*Piloto de Novo Progresso morre em acidente de avião no Piaui

Leia informação do G1/PI

O corpo carbonizado que foi retirado das ferragens de um avião que caiu no dia 28 de agosto, na zona rural de Teresina, continua no Instituto de Medicina Legal (IML) do Piauí. O diretor do IML na capital, Antônio Nunes, informou ao G1 nesta quinta-feira (3) que o instituto aguarda material genético para confirmar que trata-se de Leandro Holdefer. Segundo o aeródromo de onde partiu a aeronave, Leandro era o piloto e único ocupante do avião.
Antônio Nunes afirmou que o corpo não pode ser liberado antes da confirmação. “Tem que ser provado. Disseram que foi ele, mas o corpo foi carbonizado. Por isso, tem que ser por DNA para confirmar a identidade de outra forma. “, explicou.
“Eles [familiares de Leandro] não podem vir até aqui por motivos pessoais, e nós estamos vendo com outro estado para que a coleta seja feita lá, o material seja enviado e, quando chegar aqui, o exame ser feito”, informou Antônio Nunes.
A vítima era morador de Novo Progresso, no Pará, e, de acordo com Antônio Nunes, a família deve fazer a coleta do DNA no Mato Grosso, devido à distância da cidade em que moram para Belém, a capital paraense.
“Eles estão atrás de tentar resolver a situação. São muito ligados a ele, se importam muito com ele. Acho que eles não podem vir por uma questão financeira”, contou o diretor do IML.
O diretor do IML disse que não há previsão de quando o exame será realizado. “Está além do nosso alcance. Vai depender de quando a família vai fazer a coleta e de em quanto tempo o material vai ser enviado para cá”, afirmou.

Jornal Folha do Progresso com G1 PI / Por Lucas Marreiros, G1 PI
03/09/2020 13h13

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com e/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: