Criança de doze anos é morta a facadas

image_pdfimage_print

Menino foi atacado por homem na casa do avô (Foto:Cláudio Pinheiro / O Liberal)

Na madrugada desta quinta-feira (13), um menino de apenas doze anos foi morto a facadas no Conjunto Guajará, bairro do Coqueiro, em Ananindeua. De acordo com informações colhidas junto a parentes e conhecidos da família, o menino foi atacado durante uma confraternização na casa do avô, sendo ferido por um homem em circunstâncias ainda não esclarecidas.

Identificado como Marcos, o homem de 44 anos era frequentador da casa do avô do menino por ter um relacionamento com uma parente dele. Na noite de quarta-feira (13), eles estavam reunindos, assistindo a uma partida de futebol na televisão. Não se sabe o que de fato ocorreu, mas os parentes que estavam na casa disseram que, ao final da reunião, o menino foi atingido pelas facadas na altura do peito, golpes dados por Marcos, que estava alcoolizado.

Quando o 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM) chegou no local, foi informada de que a criança estava morta e que o suspeito havia sido detido pelos ocupantes da casa. Marcos foi preso em flagrante e conduzido para a Seccional Urbana da Cidade Nova, onde foi autuado pelo crime de homicídio doloso.

O homem já havia sido preso por estupro após ter sido denunciado pela esposa no ano passado, chegando a ser detido pelo crime. Quando foi preso, por estar acoolizado, ele não disse nada que fizesse muito sentido, e ainda não foi revelado o que levou Marcos a atacar o menino.

Nas redes sociais, pessoas lamentaram a morte da criança, já que a vítima era bastante querida e participava ativamente de eventos da igreja católica. Em suas redes sociais, o prefeito de Ananindeua, Manoel Pioneiro, fez uma publicação em homenagem ao menino assassinado. “A vida é um mundo de acontecimentos sem lógica e sem razão. Pela manhã, podemos ser consumidos pela felicidade e à noite a maior das tristezas pode destronar qualquer alegria. Danielzinho, sinto muito a sua partida, você vai estar em minhas orações para alcançar a paz eterna ao lado do Pai”, disse o prefeito.

Por:Redação Integrada

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: