Desarticulado bando especializada em roubo à residências.

image_pdfimage_print

Uma associação criminosa especializada em roubos a residências com atuação em cidades do nordeste paraense, como Castanhal, Santa Izabel do Pará e Capanema foi desarticulada. Após meses de investigações, a equipe de policiais civis da Região Integrada do Guamá, sediada em Castanhal, conseguiu chegar ao local, onde o grupo se escondia, no município. Uma informação levou os policiais civis, no dia 1 de agosto, até a rua Raquel Lemos, no bairro Caiçara, onde suspeitos de envolvimento com o bando de assaltantes estavam reunidos. Três equipes policiais foram até o local para apurar a denúncia.
Ali, os policiais reconheceram um dos suspeitos como Claudio Carneiro da Costa, 31 anos, de apelido “Claudio Pitbull”, foragido da Justiça e acusado de praticar diversos crimes, como roubos e tráfico de drogas. Com apoio de policiais militares, solicitado ao Núcleo Integrado de Operações (NIOP) de Castanhal, foi feito cerco ao imóvel. No momento da abordagem ao local, os ocupantes da casa perceberam a chegada dos policiais e passaram a atirar em direção à equipe policial. Os policiais viram o momento em que Claudio efetuou três disparos contra os policiais pela garagem da casa e em seguida, fugiu pelo muro de trás junto com um comparsa.
Conforme o delegado Temmer Khayat, Claudio estava armado com uma pistola calibre 380 e um dos comparsas portava um revólver. Os outros dois comparsas de Claudio foram identificados como Thácio Breno Amaral Borges, 18 anos, de apelido “Olho de Vidro”, e Antonio Williams Sousa de Oliveira, 23. Durante a perseguição aos suspeitos, eles invadiram os quintais de diversas casas até serem encurralados em uma rua, onde houve troca de tiros com os policiais. Claudio da Costa foi baleado. A arma que ele usava foi apreendida. O suspeito foi socorrido e levado até uma Unidade de Pronto Atendimento em Castanhal, mas não resistiu e morreu. O outro suspeito, de apelido “Olho de Vidro”, foi perseguido por policiais civis e militares e, para tentar escapar da prisão, invadiu uma loja, onde manteve uma pessoa refém.
Após 40 minutos de negociações, ele saiu do escritório com o refém e se entregou. Ele foi levado até a UPA de Castanhal por ter sido atingido por tiros e está internado. O terceiro suspeito, Antonio Williams, fugiu após roubar uma moto durante a fuga. Em revista à casa, os policiais apreenderam coletes balísticos, um par de nadadeiras; lanterna; luneta; capuzes; luvas; punho de rede; gandolas, entre outros objetos usados em crimes. Também foram apreendidas uma balança digital e barrilha, usados no tráfico de drogas, além de 60 munições de calibres diversos; uma escopeta; um carro Fiat Palio Fire; entre outros objetos de procedência ilegal. O preso Thácio Breno foi autuado pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo; formação de quadrilha e resistência à prisão.

ORMNEWS

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: