Desmatamento na Amazônia bate recorde de dez anos em abril e Pará lidera ranking

image_pdfimage_print

As áreas de preservação mais afetadas no primeiro trimestre de 2020 são a Floresta Nacional do Jamanxim,nos municípios de Novo Progresso e Castelo de Sonhos (Altamira)  no Pará; a área de proteção ambiental do Tapajós, também no Pará.(Foto:Flona Jamaxim em Novo Progresso /Reprodução)

O desmatamento na Amazônia Legal no mês passado foi o maior registrado pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) nos últimos dez anos. Em abril, o Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) detectou que 529 quilômetros quadrados de floresta foram desmatados nos seis estados que compõem a Amazônia e estado do Pará aparece em primeiro lugar nesta lista, com 32% de toda derrubada.

O recorde de 529 quilômetros quadrados desmatados é 171% a mais do que o detectado em abril do ano passado, quando a perda florestal foi de 195 quilômetros quadrados. Considerando o período de janeiro a abril de 2020, o desmatamento acumulado é de 1.073 quilômetros quadrados, o que representa um aumento de 133% em relação ao mesmo período de 2019, quando o desmatamento totalizou 460 quilômetros quadrados.

O Pará é o estado que mais derrubou em abril, com 32%. Na sequência aparecem Mato Grosso (26%), Rondônia (19%), Amazonas (18%), Roraima (4%) e Acre (1%). O levantamento do Imazon aponta que apenas dez cidades respondem por mais da metade do desmatamento e Colniza é a única de Mato Grosso que aparece na lista, em 6º lugar com 22 quilômetros quadrados. Altamira, no Pará, é a cidade que mais desmatou:72 quilômetros quadrados.
O SAD apontou, ainda, que 60% do desmatamento ocorreu em áreas privadas, inclusive as posses não regularizadas. O restante do desmatamento foi registrado em Unidades de Conservação (22%), Assentamentos (15%) e Terras Indígenas (3%).Desmatamento e Covid-19
Por//.Jornal Folha do Progresso com Agências
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com e/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: