Detentos e servidores prisionais participam de aulas de yoga e meditação

image_pdfimage_print

As aulas fazem parte do Projeto Respirando Liberdade (Foto:Divulgação / Temple)

Custodiados e servidores do Centro Regional de Recuperação de Itaituba (CRRI), de Itaituba, oeste paraense, começaram a participar do Projeto Respirando Liberdade, que proporciona cursos online e presenciais sobre técnicas de respiração, meditação e yoga.

O curso, que começou em julho, é ministrado pela fundação Arte de Viver, parte do programa Prision, cujas aulas ensinam técnicas avançadas de respiração que removem o estresse acumulado no organismo e promovem um poderoso efeito de limpeza no corpo e na mente. A principal ferramenta do programa é uma técnica chamada Sudarshan Kriya (ação purificadora), que busca transformar emoções intensas, restaurar a calma e aumentar a capacidade de concentração.

Espera-se que a prática dos cursos, em conjunto com outras ações desenvolvidas pelo CRRI, ajude os presos a lidar de forma mais construtiva com os sentimentos de medo, culpa, desespero, depressão, vingança, agressividade, raiva e frustração. Os benefícios incluem maior qualidade de vida, aumento da autoconfiança, fortalecimento dos valores humanos e redução da dependência de substâncias químicas viciantes. Além dos benefícios para a saúde física e mental, a prática de meditação, yoga e exercícios respiratórios também pode se converter em redução de pena para os praticantes custodiados.

A primeira aula foi realizada pela internet, de 06 a 09 de julho, com participação dos diretores, técnicos e agentes penitenciários do CRRI e da equipe técnica da Vara Criminal da Comarca de Itaituba e do Setor Psicossocial da Comarca de Itaituba/PA.  Para os internos, o treinamento ocorreu de 20 a 23 de julho, inicialmente com 10 custodiados voluntários. Após o curso, os presos exercitarão o que aprenderam por mais 40 dias consecutivos, para que a reflexão se torne prática diária.

A experiência do Projeto Respirando Liberdade poderá ser replicada em unidades prisionais de outros municípios em breve.

Por:Redação integrada de O Liberal

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: