Douglas Luiz marca, Vasco vence Boavista e fica perto da semi da Taça Rio

image_pdfimage_print

Por ESPN – Jogadores do Vasco comemoram gol na vitória sobre o Boavista (Foto Paulo Fernandes/Vasco.com.br)
O Vasco deu um importante passo para se classificar para a semifinal da Taça Rio. Na noite desta quinta-feira, a equipe bateu o Boavista por 1 a 0, no estádio de São Januário. Douglas Luiz, no primeiro tempo, fez o único gol do jogo.

A partida também ficou marcada por um forte temporal, que atrasou o começo do jogo em mais de 20 minutos.

No início da partida, as poças atrapalharam o desenvolvimento de algumas jogadas, mas na segunda etapa o gramado já se apresentava em condição melhor.

Com a vitória, o Vasco aparece com nove pontos e está em segundo no grupo C da Taça Rio. O time enfrentará o Nova Iguaçu na rodada final no próximo domingo (2/4), às 16h, e depende apenas de si para se classificar.

O Boavista, por outro lado, tem sete pontos e é o quarto na grupo B – a equipe ainda tem chances remotas de avançar e enfrentará a Portuguesa na rodada derradeira, no próximo domingo, às 16h, em Bacaxá.

O jogo

Muito desfalcado, o Vasco começou a partida tentando fazer pressão. Como o gramado impedia a troca de passes com precisão, o time cruz-maltino preferia apelar para os lançamentos. Aos quatro minutos, Yago Pikachu foi lançado na corrida, mas o goleiro Rafael saiu do gol e afastou o perigo. O goleiro do Boavista voltou a aparecer bem aos seis minutos, quando teve que sair do gol para impedir que Thalles chegasse para a conclusão.

Aos doze minutos, o atacante Thalles deu um susto na torcida ao cair no gramado, mas depois de alguns minutos de atendimento, conseguiu voltar para o jogo.

Aos 18 minutos, o Vasco marcou o primeiro gol. Após lançamento de Andrezinho, Douglas cabeceou, o goleiro Rafael deu rebote e o mesmo Douglas apareceu para chutar forte e colocar a bola na rede.

Logo depois, o atacante Thalles, que vinha sentindo dores no tornozelo direito, pediu para sair. Muriqui entrou em seu lugar.

Depois da parada técnica, os jogadores das duas equipes seguiram encontrando dificuldades para dominar a bola e trocar passes por causa do estado do gramado, que continuava muito pesado.

Só aos 29 minutos é que a torcida voltou a se agitar, quando Muriqui fez lançamento perfeito para Yago Pikachu, que invadiu pela direita e chutou forte, mas a bola bateu na rede, pelo lado de fora.

O Boavista não conseguia se encontrar e o Vasco quase ampliou aos 33 minutos. Após lançamento da defesa, Nenê investiu pela esquerda e bateu cruzado. Pikachu tentou alcançar na pequena área, mas a bola passou.

O time dirigido por Joel Santana só chegou na área do Vasco aos 40 minutos. Após cruzamento de Lucas Rocha, Marcelo Nicácio subiu para a cabeçada, mas Rafael Marques conseguiu fazer o bloqueio.

Aos 43, Lucas Rocha fez o cruzamento, o improvisado zagueiro Julio dos Santos cortou mal e Maicon chutou com muito perigo.

O segundo tempo começou em ritmo muito lento, com os dois times insistindo nos passes laterais. Só aos seis minutos é que o Vasco conseguiu chegar na área do Boavista com um chute perigoso de Douglas que passou perto da trave esquerda.

No Boavista, só Fellype Gabriel ainda tentava organizar a equipe, mas não contava com a colaboração dos companheiros.

Depois dos 15 minutos, os dois times passaram a imprimir um ritmo mais veloz, embora continuassem com dificuldades para a conclusão. Aos 18 minutos, o Vasco armou um ataque rápido e Nenê fez ótimo lançamento para Yago Pikachu, que dominou, se livrou da marcação e chutou forte para grande defesa de Rafael.

O Boavista respondeu aos 27 minutos, com arrancada de Christiano. O lateral esquerdo mandou a bomba, com muito perigo. Aos 29, o goleiro Rafael apareceu bem ao desviar para escanteio um chute de Nenê. Foi a última participação de Nenê, que deixou o campo para a entrada de Wagner.

Aos 38 minutos, Mosquito fez ótima jogada e lançou para Erick Flores mandar a bomba, mas Martín Silva defendeu.

Já nos acréscimos, Rafael Marques evitou o gol do empate ao rebater, na linha de gol, uma cabeçada de Thiago Amaral que tinha endereço certo.

FICHA TÉCNICA:
VASCO 1 X 0 BOAVISTA

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 30 de março de 2017 (Quinta-feira)
Horário: 21h30(de Brasília)
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ)
Assistentes: Silbert Faria Sisquim (RJ) e Jackson Massara dos Santos (SP)
Cartões amarelos: VASCO: Andrezinho. BOAVISTA: Thiaguinho, Erick Flores
GOL: VASCO: Douglas, aos 18 minutos do primeiro tempo

VASCO: Martin Silva, Gilberto, Julio dos Santos, Rafael Marques e Henrique; Douglas, Yago Pikachu, Andrezinho e Escudero(Bruno Gallo); Nenê(Gallo) e Thalles (Muriqui). Técnico: Milton Mendes

BOAVISTA: Rafael, Lucas Rocha, Gustavo Geladeira, Anderson Luiz e Christiano; Julio César, Thiaguinho e Fellype Gabriel(Erick Flores); Maicon(Tiago Amaral), Marcelo Nicácio(Pedro Botelho) e Mosquito. Técnico: Joel Santana

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: