Em Altamira, criança de três anos é encontrada morta e com sinais de violência sexual

image_pdfimage_print

Menina foi encontrada pelos pais, na madrugada desta quarta-feira (14), no fundos da casa da família (Foto:Reprodução)

Uma menina de três anos foi encontrada morta e com sinais aparentes de violência sexual na madrugada desta quarta-feira (14), em Altamira, no sudoeste paraense. O crime ocorreu em um Reassentamento Urbano Coletivo – RUC no bairro de Jatobá e deixou a vizinhança em choque. De acordo com os pais da vítima, a criança foi achada já sem vida nos fundos da casa da família por um tio, em uma espécie de terreno baldio que antecede um barranco.

Segundo informações do delegado Walison Damasceno, superintendente regional do Xingu, o casal e a menina dormiram em redes no quintal da casa onde viviam por volta das 21h30. A irmã do pai da vítima, de 12 anos, também dormia no local. Entre 4h e 5h da manhã, o pai, de 19 anos, e a mãe, de 17 anos, perceberam que ela havia sumido e então as buscas começaram.

A perícia constatou que no corpo da criança haviam marcas de estrangulamento e de violência sexual. O corpo foi encaminhado para o Centro de Pericias Renato Chaves do município.

O crime será apurado pela Delegacia de Homicídios de Altamira com o apoio da Delegacia Especializada de Atendimento à Criança e o Adolescente (Deaca).

Por:Redação Integrada

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: