Em Altamira, movimento de mulheres protesta contra reforma da previdência

image_pdfimage_print

Grupo também reivindicou implantação de unidade materno-infantil.
Manifestação reuniu cerca de 200 pessoas nesta quarta-feira, 8.

Em Altamira, no sudoeste do Pará, o Dia Internacional da Mulher foi marcado por um protesto organizado por estudantes, representantes do Movimento de Mulheres do Campo e da Cidade e entidades sociais. O grupo foi às ruas do município em uma passeata nesta quarta-feira (08).

A manifestação contou com a participação de cerca de 200 pessoas e saiu da frente do Hospital Municipal São Rafael, que deverá ser desativado nos próximos dias. As manifestantes querem que o prédio seja reformado para a implantação de uma unidade materno-infantil que não existe no município.

As mulheres seguiram até o prédio do INSS, onde protestaram contra a reforma da previdência social, proposta pelo Governo Federal.

Fonte: G1 PA.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: