Em Itaituba, tatuador é morto a tiros dentro de seu estúdio

image_pdfimage_print

Foto: Whatsapp/Reprodução – Um crime com características de execução executou os moradores de Itaituba, no sudoeste paraense, na tarde desta quarta-feira (05). Marcos Oliveira Nunes, também conhecido como “Marcos Tattoo”, foi morto com vários tiros na cabeça por dois homens que invadiram seu estúdio.

De acordo com o capitão Joselde, do 15º Batalhão da Polícia Militar (BPM), a vítima era natural de Arapiraca, no Alagoas, e morava há alguns anos em Itaituba. Por volta de 16h da tarde de hoje, dois motociclistas chegaram à travessa João Pessoa, em frente à Praça do Cidadão, e entraram no estúdio do tatuador.

Os homens tiraram os capacetes e perguntaram se ele era Márcio Oliveira. Ao receber a confirmação, um deles sacou uma arma e disparou à queima-roupa na cabeça do tatuador. Pelo menos três tiros foram ouvidos por testemunhas. Logo após concluir o ataque, os atiradores voltaram para a motocicleta e fugiram do local.

A polícia ainda não sabe o que pode ter motivado a execução de Márcio. Não há qualquer ligação do homem com atividades criminosas. O estúdio da vítima possui câmeras de segurança, e a Polícia Civil deve usar as imagens para tentar identificar os assassinos. Até o momento da publicação desta matéria, nenhum suspeito havia sido identificado.
Por ORM
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

%d blogueiros gostam disto: