Em prol do “Junho Vermelho”, Hemopa lança campanha para captação de doadores

image_pdfimage_print

(Foto:Reprodução/Cláudio Pinheiro)-A campanha inicia neste sábado (08) e segue até o dia 14 deste mês

Com o objetivo de reforçar o banco de sangue e aumentar o número de doadores do hemocentro, a Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) lança, no próximo sábado, 08, a campanha “Junho Solidário – No arraiá do Hemopa tem festa e doação de sangue”. De acordo com o órgão, a medida visa garantir “assistência integral às demandas transfusionais da rede hospitalar pública e privada do Estado”. A campanha terá duração de uma semana, com seu encerramento previsto para o dia 14 – Dia Mundial do Doador de Sangue.

No sábado, o evento será realizado no pátio frontal do hemocentro e contará com a parceria de diversas instituições públicas e privadas, além de apresentações culturais, como danças folclóricas promovidas por alunos de escolas que fazem parte do projeto “Doador do Futuro”. Haverá, ainda, o tradicional Arrastão do Boi Pavulagem, uma oficina de customização de camisetas da campanha em parceria com a Universidade da Amazônia (Unama) e doação de sangue de voluntários do projeto “Caravana Solidária”.

A meta, segundo o órgão, é alcançar, somente na abertura da ação estratégica, 400 doações de sangue. Nos outros dias (10 a 14), a expectativa, segundo o Hemopa, é alcançar a média de 250 doações diárias.

DATAS COMEMORATIVAS

As expectativas para a campanha “Junho Solidário” são altas! Isso porque a ação será realiza em um período que contempla datas comemorativas, como o Dia Mundial do Doador de Sangue (14), e o movimento nacional “Junho Vermelho”, ao qual o Hemopa está inserido, e que movimenta todo o país em busca de mais doadores.

Toda a hemorrede paraense, com exceção de das Agências Transfusionais (AT), participa da campanha junina. Ou seja: além de Belém, os Hemocentros Regionais de Castanhal, Marabá e Santarém estão integrados ao movimento, assim como os Hemonúcleos de Altamira, Abaetetuba, Tucuruí, Redenção e Capanema.
NÚMEROS

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), no Brasil, a doação de sangue é maior entre jovens na faixa etária de 18 a 29 anos, representando 42% dos doadores. Em Belém o percentual desse segmento é de 48%.

Anualmente, em média, 3,3 milhões de pessoas doam sangue e aproximadamente 2,8 milhões realizam transfusão sanguínea no país. Do total de doadores no ano passado, 60% são homens e 40% mulheres.

Uma doação pode beneficiar até quatro pessoas.
IMPORTÂNCIA DAS DOAÇÕES

De acordo com o Hemopa, as doações sanguíneas são essenciais, já que o sangue é elemento necessário para atendimentos de urgência, realização de cirurgias de grande porte e tratamento de pessoas com doenças crônicas, além de doenças oncológicas variadas que, frequentemente, necessitam de transfusão.
CRITÉRIOS E HORÁRIOS PARA DOAÇÃO

Os critérios básicos para doação de sangue são:
hemopa-quem-pode-doar

Critérios básicos para poder ser um doador (Reprodução/ Hemopa)

Em Belém, as doações podem ser feitas no Hemocentro Coordenador e na Estação de Coleta Castanheira, de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18h30, e aos sábados, de 7h30 às 17h. Há, ainda, a Estação de Coleta Pátio Belém, que funciona de segunda a sexta-feira, de 10h às 17h.

Fonte:Redação Integrada

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: