Em Tailândia, mãe é presa acusada de matar o próprio filho de oito meses

image_pdfimage_print

Eliane Mendes é acusada de torturar e matar o filho de oito meses de idade, ela foi presa em Tailândia (Foto:Reprodução / Portal Tailândia)

Segundo relatos apurados pela polícia, bebê apresentava fraturas e sinais de violência sexual

A suspeita de ter morto o próprio filho, um bebê de oito meses de idade, é Eliane Mendes, de 21 anos. Ela foi presa na tarde do último sábado (31). A criança ainda foi levado por ela para o Hospital Geral de Tailândia (HGT), município do nordeste paraense, mas não resistiu.

No hospital, Eliane Mendes contou à equipe de saúde que a atendeu que o bebê havia caído de uma rede mas, ao examiná-lo, a médica plantonista identificou hematomas e sinais de violência sexual nas partes íntimas de João Victor e acionou a Polícia Militar (PM).

A jovem foi encaminhada para delegacia pelos PM’s. À polícia, Eliane teria confessado que deu mordidas de “carinho” no filho e nega ter matado o bebê. Mas, segundo a Polícia Militar, a jovem torturava o menino com palmadas, mordidas e apertões.

De acordo ainda com exames no hospital, o bebé apresentou fratura na perna direita, cabeça e dilatação na parte íntima. A versão da jovem não convenceu a mãe dela, avó da criança, que esteve na delegacia e acusou a própria filha da morte do neto.

Eliane Mendes tem um namorado e ele também prestou esclarecimentos na delegacia, mas até o momento não há indícios da participação dele na morte da criança. Um exame sexológico foi solicitado pela polícia para comprovar se houve abuso sexual e o responsável.

Eliane é mãe de mais uma menina, de seis anos de idade, que mora com ela em uma quitinete no bairro Centro de Tailândia. A suspeita, ao que tudo indica, deverá responder por homicídio qualificado e tortura.

Por|:Redação Integrada com informações do portal Tailândia

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: