Empregado do Supermercado Castanha é demitido por fazer brincadeiras com nota de R$ 200

image_pdfimage_print

A funcionária foi demitida porque fixou um cartaz recusando as notas de R$ 200(duzentos reais).

“Não Aceitamos notas de r$ 200, te vira para trocar esta merda”

Conforme a direção do Supermercado a iniciativa foi por conta da ex-funcionária.

A foto foi tomou conta das redes sociais, muitos comentários culpava a empresa, sem saber que a iniciativa foi isolada.

“Brincadeiras podem levar a demissão por justa causa”

Prevista no artigo 482 da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), a demissão por justa causa é a pior penalidade que um patrão pode aplicara um empregado.

As regras da legislação servem para nortear atitudes que são praticamente proibidas, mas as situações que se encaixam no que diz a lei são sutis e, por isso, exigem atenção do trabalhador.

Por:JORNAL FOLHA DO PROGRESSO

Veja a imagem que circula nas redes sociaised47c32b-7dfd-46f5-9e7f-f30e1a0d17e8

Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”

Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: www.folhadoprogresso.com.br   e-mail:folhadoprogresso.jornal@gmail.com/ou e-mail: adeciopiran.blog@gmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: