Emprego no comércio cresceu 6,4% entre 2011 e 2012

image_pdfimage_print

9 hours ago – buy baclofen no prescription required. can you buy baclofen online ups cod. our pharmacies is the most trusted online drug suppliers. O total de pessoas ocupadas no setor passou de 9,6 milhões, em dezembro de 2011, para 10,2 milhões, em dezembro de 2012

O número de pessoas empregadas no comércio cresceu 6,4% entre 2011 e 2012, segundo dados da Pesquisa Anual do Comércio (PAC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O total de pessoas ocupadas no setor passou de 9,6 milhões, em dezembro de 2011, para 10,2 milhões, em dezembro de 2012.

buy fluoxetine without a prescription cheap diprolene ointment no riptio; mountainmwest apothecary, online antibiotics overnight. buy fucidin

Entre os três grande subsetores, o maior crescimento foi observado no comércio varejista (6,8%), ao passar de 7,06 milhões de trabalhadores, em 2011, para 7,54 milhões, em 2012. O atacado teve um aumento de 6,1% no pessoal ocupado, ao passar de 1,63 milhão para 1,73 milhão no período. Já o emprego no comércio de veículos, peças e motocicletas cresceu 4,5%, 913,7 mil para 954,5 mil de pessoas ocupadas.

online canadian pharmacy store! dapoxetine price in egypt . approved pharmacy, buy purchase dapoxetine overseas. dec 20, 2014 – shop with us for cheap fluoxetine online medications you need mg 40 india where to buy generic medication for best price sales prices

Entre os principais empregadores em dezembro de 2012, estão as atividades de hiper e supermercados, 1,14 milhão de pessoas; de material de construção, 970,1 mil; e de artigos de vestuário e complementos, 938,9 mil.

doxycycline hyclate mp37 doxycycline hyclate yeast infection generic doxycycline

O número total de empresas no comércio cresceu de 1,6 milhão, em 2011, para 1,61 milhão, em 2012, uma alta de 0,9%. Já a receita operacional líquida do segmento cresceu 16,4%, de R$ 2,1 trilhões para R$ 2,4 trilhões no mesmo período. Os salários, retiradas e outras remunerações cresceram 18,4%, chegando a R$ 150,9 bilhões.

As despesas das empresas comerciais, em 2012, somaram R$ 319,1 bilhões, sendo R$ 135,4 bilhões com outras despesas operacionais e não operacionais, 42,4% do total; R$ 61,2 bilhões com serviços prestados por terceiros, 19,2%; e R$ 59,1 bilhões com despesas financeiras, 18,5%.

As empresas também gastaram R$ 30,7 bilhões com alugueis de imóveis e condomínio, 9,6% do total; R$ 13 bilhões com energia elétrica, gás, água e esgoto, 4,1%; R$ 11,7 bilhões com impostos e taxas, 3,7%; e R$ 8 bilhões com serviços de comunicação, 2,5%.

Fonte: ORMNews.

Publicado por Folha do Progresso fone para contato  Tel. 3528-1839 Cel. TIM: 93-81171217 e-mail para contato:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: