Empregos na construção civil caem 21,53% no Pará, diz Dieese

image_pdfimage_print

Nos últimos dois anos, o setor da construção civil no Estado perdeu cerca de 46 mil postos de trabalhos

Em 2016, o setor da construção civil apresentou queda de 21,53% na geração de empregos formais no Pará, segundo pesquisa do Dieese/PA divulgada na manhã desta segunda-feira (30). O estudo, baseado em informações oficiais do Ministério do Trabalho segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED, mostrou uma queda de 5,52% na geração de empregos formais em todo o Estado, com 1.947 admissões contra 6.454 demissões só mês de dezembro do ano passado.

As análises do DIEESE/PA mostram ainda a maioria do Estados da Região Norte apresentaram perda de postos de trabalho em 2016. A exceção ficou com o Amapá, que teve saldo positivo de 35 postos de trabalhos. Já o destaque negativo ficou por conta do Estado do Pará, que perdeu 4.507 postos de trabalhos, seguido do Amazonas, com perda de 1.059; Rondônia, com menos 917 empregados; Tocantins, com menos 677; Acre,  com perda de 322 e Roraima com menos 81 postos.

Nos últimos dois anos, o setor da construção civil no Pará perdeu cerca de 46 mil postos de trabalhos, o que representa mais da metade de todos os postos de trabalhos perdidos no Estado, segundo informou o Dieese.

Fonte: ORMNews.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: