Enem – Estudante é a única a tirar nota máxima no Pará

image_pdfimage_print

Camila Trindade fez uma preparação constante, tirou nota máxima e virou referência para estudantes

buy priligy dapoxetine online uk dapoxetine purchase dapoxetine without prescription

Registrada em forma de homenagem na parede da casa de uma das tias, a conquista da estudante Camila Trindade ainda emociona a família, professores e amigos.

Concorrendo com outros 6,2 milhões de candidatos, a paraense de 18 anos é uma das 250 pessoas que conseguiram tirar nota 1.000 na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014. Em todo o Brasil, Camila é a única que conseguiu a nota máxima no Estado do Pará.

A notícia do ótimo desempenho chegou à estudante no momento mais oportuno. No caminho da comemoração do próprio aniversário, um telefonema foi responsável pela informação da grande recompensa por anos de estudo e preparação.

“Um amigo que viu a nota e ligou pra gente pra avisar. Eu fiquei sem palavras… todo mundo começou a gritar”, relembra, sem esconder a emoção. “Eu esperava que fosse uma boa redação, mas não esperava que fosse tão boa a ponto de tirar 1.000”.

Além das aulas tomadas no Centro de Estudos John Knox, onde se preparou durante toda a vida estudantil até hoje, Camila também reforçou os estudos de redação no curso Estúdio do Texto.

how to get a doctor to prescript baclofen ~ baclofen online no script ~ baclofen without a prescription canadian. 11/jul/13 | back to medscann’s profile. 0.

Toda semana ela dedicava parte do tempo para a produção de textos e aulas teóricas sobre a disciplina que costuma ter grande peso em processos seletivos como o Enem.

“Em primeiro lugar Deus ajudou porque eu fiz a prova muito tranquila, sem muitas expectativas. Eu treinava redação de duas a três vezes na semana, toda semana tinha uma redação pra fazer”, atribui.

“Eu sempre deixo para fazer a redação no meio do tempo de prova, entre a parte de linguagem e matemática”.

CONFIANÇA

Na expectativa para a aprovação que pode garantir uma vaga no curso de Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal do Pará (UFPA), Camila já se sente mais confiante com relação ao resultado, previsto para ser divulgado até o próximo sábado.“Agora com essa nota eu tô mais esperançosa”.

free levitra trial, buy levitra online – pill shop, guaranteed shipping!. save money

Sem que a conquista passasse despercebida no colégio, o bom desempenho de Camila na redação causou também uma nova perspectiva em outros alunos que continuam se preparando para os processos seletivos dos anos seguintes.

diflucan 4 weeks cheap diflucan

Tendo um peso significativo no resultado final, a redação passou a ser encarada com ainda mais atenção pelos alunos.“A redação é a única parte sozinha do Enem em que é possível o aluno tirar 1.000 pontos. Os 1.000 da Camila deixou essa possibilidade mais próxima dos colegas. Eles passaram a ver que isso é possível”, acredita a professora de redação, Edilena Guerra.

“Nós sempre preparamos os alunos pra tirar 1.000, mas sabemos que isso é muito difícil até porque também tem a questão emocional. Nesse sentido, foi uma surpresa maravilhosa porque a gente se alegra com eles, chora com eles”.

Vinda de uma família em que, além da madrasta, vários tios são professores, o orgulho pela consequência do esforço da estudante não poderia ser maior.

“Ela sempre foi muito dedicada, estudiosa. O que ainda atrapalhava ela era mais a ansiedade, o nervosismo”, relembra o contador Arnoldo Baltazar, pai de Camila. “O orgulho é muito grande”.

Fonte: Diário do Pará.

Publicado por Folha do Progresso fone para contato Cel. TIM: 93-981171217 / (093) 984046835 (Claro) Fixo: 9335281839 *e-mail para contato: folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

buy dapoxetine usa – customer support available 24/7. buy dapoxetine usa : low drugstore. buy atomoxetin greece – approved pharmacy – licensed by usa!

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: