Facebook pede para usuário publicar nudes para evitar que a foto vaze

image_pdfimage_print

Um programa piloto do Facebook, em parceria com a agência de segurança eSafety, deu início a uma nova abordagem para combater o chamado “revenge porn”, uma publicação de foto íntima de outra pessoa como forma de vingança nas redes sociais. Em resumo, o Facebook pede que a pessoa envie seus nudes a um programa para que não corra o risco de ser compartilhada novamente.

Ainda em teste, a ideia consiste que a foto seja cadastrada, gerando uma fingerprint única para ela. O serviço funciona como um “scanner” que vai fazer a identificação e bloquear em qualquer outra publicação de imagem no Facebook, Instagram, ou Messenger.

Segundo informações do líder de segurança global do eService, Antigone Davis, que o método inusitado faz parte dos esforços contínuos da empresa para “detectar e remover conteúdo que viole os padrões da nossa comunidade”, além disso, ele garantiu que nenhuma foto será armazenada ou copiada para a rede social. O programa está sendo testado na Austrália e poderá ser testado em breve nos Estados Unidos e Reino Unido.

(Com informações do Adrenaline UOL)

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: