Feminicídio: Jovem é encontrada morta e nua em altar de uma igreja no DF

image_pdfimage_print

Investigadores também encontraram sinais de queimaduras e estrangulamento no corpo de Larissa Francisco Maciel
Larissa Francisco Maciel (Foto: Arquivo pessoal)
A jovem Larissa Francisco Maciel, de 23 anos, foi encontrada morta no altar de uma igreja evangélica nesta segunda-feira (6) em Candangolândia, no Distrito Federal. Segundo a polícia, a vítima estava nua e foi encontrada por um diácono da igreja. Os investigadores também encontraram sinais de queimaduras em suas roupas e partes íntimas, além de marcas de estrangulamento.

O caso é investigado pela 11ª Delegacia de Polícia como feminicídio e, se confirmado, será o primeiro em 2020. Larissa Francisco Maciel foi enterrada na tarde desta terça-feira (7), na cidade de Cabeceira Grande, em Minas Gerais.

Um tio da jovem informou ao G1 que pouco antes de Larissa ser encontrada morta, ela foi vista com um homem em um posto de gasolina da região. Uma das testemunhas contou que ouviu uma discussão dela com orapaz, e que os dois aparentavam estar brigando.

O Distrito Federal registrou um aumento de 62% no número de feminicídios em quatro anos. Desde 2016, quando o assassinato por questões de gênero passou a ser tipificado como feminicídio, 101 crimes do tipo foram registrados em Brasília.
Por Redação
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: