Figueirense vence gol no fim e agrava desespero do lanterna Vasco

image_pdfimage_print

Figueirense vence gol no fim e agrava desespero do lanterna Vasco

Desesperado pela necessidade de reagir, o time Cruz-Maltino buscou desde o início a vitória, mas também deixou espaços na defesa.
O Vasco tem 13 pontos, na lanterna do torneio, e o Figueirense ficou com 26, em 14º lugar.O Vasco tem 13 pontos, na lanterna do torneio, e o Figueirense ficou com 26, em 14º lugar Divulgação/ Vasco
top quality medications. buy dapoxetine hcl . fastest shipping, buy dapoxetine in usa.

O Vasco não conseguiu evitar mais uma derrota no Campeonato Brasileiro. Neste sábado, com um gol sofrido no último lance da partida, o time foi batido por 1 a 0 pelo Figueirense, no Maracanã. A equipe carioca, que tentou de tudo para vencer o jogo, queria aproveitar o embalo da classificação às quartas de final da Copa do Brasil para se recuperar no Brasileirão, mas não conseguiu.

medicaments. buy female viagra online. low prices. best drugstore. all pills for
O Vasco tem 13 pontos, na lanterna do torneio, e o Figueirense ficou com 26, em 14º lugar. As equipes voltam a campo para a 22ª rodada do Brasileirão no meio da próxima fase. O Vasco vai a Porto Alegre na próxima quarta-feira para enfrentar o Internacional no Beira-Rio, às 19h30. O Figueirense recebe o Grêmio na quinta-feira no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

Desesperado pela necessidade de reagir, o Vasco buscou desde o início a vitória, mas também deixou espaços na defesa. O primeiro tempo foi corrido, com boas oportunidades, mas pouca eficácia. O Vasco teve mais posse de bola, mas não conseguiu converter as jogadas em gol. Alex Muralha, muito bem na partida, garantiu o resultado para o Figueirense.

Aos 21, o atacante do Figueirense Alemão cabeceou com perigo para fora. Aos 25, foi a vez de o Vasco reagir: Rafael Silva finalizou bem da entrada da área e Alex Muralha fez difícil defesa.

Aos 42 minutos da primeira etapa, Jean Patrick entrou na área, driblou o goleiro adversário mas foi desarmado no último segundo. Aos 47, Clayton, após dar um passe de peito, recebeu a bola, deu um lençol no zagueiro Anderson Salles e, com a cabeça, tentou encobrir Martín Silva, com a bola passando perto da meta.

Com alterações para os dois lados – Andrezinho no lugar de Riascos e Fabinho substituindo Paulo Roberto -, o segundo tempo iniciou disputado. O Vasco tentava furar a defesa catarinense e marcar o primeiro gol nas últimas cinco rodadas no Brasileirão. Andrezinho entrou bem e deu novo ânimo ao time carioca. Aos 22 minutos, o atacante Thalles perdeu oportunidade clara dentro da pequena área.

Rafael Silva finalizou bem, aos 25 minutos, e Alex Muralha defendeu deixando rebote para Thalles, que completou para fora. Rafael Silva foi travado no último momento, aos 27 minutos. Aos 32, em cruzamento, Cristiano cabeceou certeiro no canto e Alex Muralha executou nova bela defesa.

107673_697x437_crop_55e24a4716270 generic fluoxetine ingredients buy fluoxetine without rx northstar rx fluoxetine rx fluoxetine hcl order fluoxetine online no prescription order can you buy zoloft online. buy sertraline online uk. zoloft sale online. how much is zoloft without insurance. sertraline 50 mg without prescription. zoloft without  doxycycline 20 mg doxycycline yahoo answers doxycycline online fluoxetine online uk

Nessa altura da partida, o Vasco se lançou completamente ao ataque e o Figueirense esperou brechas para o contra-ataque. Muralha seguia muito bem, evitando o gol dos cariocas. Aos 48 minutos do segundo tempo, no último lance do jogo, Marcão aproveitou lançamento livre e marcou o gol da vitória da equipe catarinense.

FICHA TÉCNICA

VASCO 0 X 1 FIGUEIRENSE

VASCO – Martin Silva, Jean Patrick (Thalles), Luan, Anderson Salles e Christiano; Serginho, Guiñazú, Julio dos Santos (Romarinho), Nenê e Rafael Silva; Riascos (Andrezinho). Técnico: Jorginho.

FIGUEIRENSE – Alex Muralha; Leandro Silva, Bruno Alves, Thiago Heleno, Marquinhos Pedroso; Dener, Paulo Roberto (Fabinho), João Vitor (Yago); Dudu, Clayton e Alemão (Marcão). Técnico: René Simões

GOL – Marcão, aos 48 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Luan e Guiñazu (Vasco); Alex Muralha, Bruno Alves, Yago e Marquinhos Pedroso (Figueirense).

ÁRBITRO – Francisco Carlos do Nascimento (AL)

PÚBLICO – 14.857 pagantes (17.940 presentes)

RENDA – R$ 436.840,00

LOCAL – Estádio do Maracanã, no Rio (RJ).

Estadão Conteúdo
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981171217 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)  (093) 35281839  E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: