Fla X Liverpool: decisão do Mundial volta a acontecer após 38 anos

image_pdfimage_print

(Foto:| Divulgação / FIFA) -Além de manter a hegemonia recente da Europa, que vence o Mundial da Fifa de forma seguida desde 2013, o Liverpool enfrenta o Flamengo neste sábado (21), às 14h30 (de Brasília), em Doha, para quebrar uma escrita.

Não há nenhum clube europeu que ganhou tantas vezes a Champions League (ou a Copa da Europa, como era chamado o torneio até 1992) e não foi campeão mundial.

O clube inglês ganhou neste ano o título continental pela sexta vez. Nas cinco anteriores, em duas se recusou a jogar e nas outras três foi derrotado.

“Acho que se ganharmos, os torcedores darão mais valor a este torneio. Porque, claro, não viemos aqui para perder. Não estamos relaxados”, explicou o capital Jordan Henderson após a vitória por 2 a 1 sobre o Monterrey na semifinal em Doha.

É o mesmo raciocínio de Klopp, que nesta sexta (20) lembrou que o Liverpool foi criticado no Reino Unido por ter escalado um time recheado de reservas e garotos das categorias de base para enfrentar o Aston Villa, pela Copa da Liga. Foi goleado por 5 a 0. Os principais jogadores estavam no Qatar para o Mundial.

“O Flamengo veio aqui com a clara missão de levar o troféu para casa”, lembrou.

Na primeira vez que conquistou o torneio europeu, em 1977, o Liverpool não quis enfrentar o campeão da Libertadores, o Boca Juniors (ARG). Os clubes britânicos à época se queixavam que os jogos na América do Sul (a taça era decidida em partidas de ida e volta) eram carnificinas e os donos da casa batiam sem dó em campo, com a complacência da arbitragem.

“Eles não entravam em campo para jogar futebol. Era apenas para intimidar e cometer faltas violentas”, constatou o volante Nobby Stiles, sobre a experiência do Manchester United que enfrentou o Estudiantes (ARG) em 1968.

Os europeus foram representados em 1977 pelo Borussia Monchengladbach, que perdeu para o Liverpool na final da Copa da Europa.

Na temporada seguinte, por causa da recusa do Liverpool em jogar, não houve Mundial. A alegação oficial foi que não havia data disponível.

Foi apenas a partir de 1980, quando a montadora Toyota começou a patrocinar a competição e passou a realizá-la em Tóquio, em jogo único, que o clube inglês aceitou participar. Em 1981 foi goleado pelo Flamengo por 3 a 0. Três anos depois caiu diante do Independiente (ARG) por 1 a 0.

Com o novo formato organizado pela Fifa anualmente a partir de 2005, o Liverpool esteve presente neste primeiro ano. Perderam a final para o São Paulo por 1 a 0. Dias antes, o meia Steven Gerrard havia sugerido que sua equipe era imbatível.

À exceção do rival do Flamengo neste sábado, os europeus que mais vezes foram campeões continentais e não venceram o Mundial foram o Nottingam Forest (1979 e 1980) e o Benfica (1961 e 1962).

FLAMENGO

Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson e Everton Ribeiro; Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol. T.: Jorge Jesus

LIVERPOOL

Alisson; Alexander-Arnold, Gomez, Van Dijk e Robertson; Henderson, Milner e Keita; Salah, Mane, Firmino. T.: Jürgen Klopp

Estádio: Internacional Khalifa, em Doha (QAT)

Horário: 14h30 (de Brasília) deste sábado

Árbitro: Abdulrahman Al Jassim (QAT)

VAR: Juan Martinez Munuera (ESP)

Transmissão: Globo, SporTV, Globo Play e SporTV Play

Autor: FOLHAPRESS
sexta-feira, 20/12/2019, 18:28
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

 

 

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: