Fogo no Supermercado Castanha é controlado -Prejuízos pode ultrapassar 5 milhões

image_pdfimage_print

Fogo começou por volta de 21h e só foi contido durante a madrugada.(Fotos:Jornal Folha do Progresso)
Causas do incêndio ainda devem ser investigadas, em Novo Progresso não tem corporação do Corpo de Bombeiros –  populares ajudaram a conter o fogo.
Um supermercado ficou parcialmente destruído após um incêndio na noite desta terça-feira (04), em Novo Progresso.
A movimentação para o controle das chamas foi intenso durante toda a noite e se estendeu para a madrugada. A estrutura faz parte de uma das maiores redes de supermercados do município e região. Ninguém se feriu.
O fogo começou por volta de 21h. Foi percebido pela vizinhança que postou nas redes sociais, em poucos minutos, as chamas se alastraram e ganharam proporção. Funcionários, voluntários, cinco caminhões  pipa ,uma escavadeira (PC) trabalharam mais de 3 horas tentando apagar o fogo. Além dos caminhões-pipa a escavadeira ajudou combater o fogo.
A falta de uma unidade do Corpo de Bombeiros no município foi a conversa da população que se aglomerava no local sem poder ajudar.
Durante o incêndio, a concessionária de energia suspendeu a energia elétrica do mercado por questões de segurança.

Segundo informação no momento do incêndio relataram que o fogo teve inicio na parte dos fundos onde tem uma padaria entre o deposito de mercadorias. Um Grupo gerador de energia com estoque de 1000 (mil) litros de combustível foi removido a tempo com uso da PC.

Ao passo que as chamas aumentavam, barulhos de explosões podiam ser ouvidos por quem estavam do lado de fora.
Um funcionário do estabelecimento que pediu para não ter o nome divulgado contou que há grande possibilidade do sistema elétrico no setor do açougue, que fica próximo ao depósito de mercadorias ter apresentado problemas. Tinha muita fiação exposta,comentou.

Leia mais:Incêndio destrói supermercado Castanha em Novo Progresso

20200205_074624

Na manhã desta quarta-feira (05) , todo o pvc de cobertura no foro foi arrancado, no deposito ainda tinha chamas, um caminhão pipa jogava agua para conter o fogo.
Funcionários e voluntários trabalham no sentido de recuperar mercadorias – caminhões encostado estão sendo carregado com que sobrou.
A mercadoria que não queimou ficou prejudicada, o forte calor do fogo carbonizou muitos produtos nas prateleiras, o prejuízo pode ultrapassar os 5 milhões de reais.

As causas reais do incêndio ainda esta sendo apurada, segundo funcionarão ligado a direção , a empresa não tinha seguro e não existia um sistema de combate a incêndio no mercado,o importante que ninguém e feriu,relatou.

As normas vigente exige que para obter a licença de funcionamento a necessidade de um laudo do Corpo de Bombeiros.

Ezequiel Castanha , dono do supermercado estava acompanhando os trabalhos em frente da empresa cercado por populares, não comentou com a imprensa ocorrido.

Funcionários trabalham na recuperação de mercadorias (foto:Jornal Folha do Progresso)
Funcionários trabalham na recuperação de mercadorias (foto:Jornal Folha do Progresso)

Por:JORNAL FOLHA DO PROGRESSO
Ennvie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do JFP (JORNAL FOLHA DO PROGRESSO) Telefones: WhatsApp (93) 98404 6835- (93) 98117 7649.IMG-20200205-WA0035 castanha f

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro) -Site: WWW.folhadoprogresso.com.br E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br e/ou e-mail: adeciopiran_12345@hotmail.com

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: