Follmann viaja para São Paulo para iniciar processo de adaptação à prótese na perna

image_pdfimage_print

Último sobrevivente da tragédia com o voo da Chapecoense a deixar o hospital, o goleiro Jackson Follmann viajou para São Paulo na manhã desta segunda-feira para um novo desafio. Como teve a perna direita amputada, o jogador terá que fazer uma prótese e reaprender a andar. A noiva do atleta, Andressa Perkovski, publicou uma foto com o atleta dentro do avião.

O jogador deve ficar entre uma semana e dez dias em São Paulo, e retornará para Chapecó. Ficará entre as duas cidades até que o processo de reabilitação seja concluído. Isso deve durar cerca de 40 dias, conforme havia adiantado o médico da Chapecoense, Edson Andre Stakonski, ao EXTRA há duas semanas.

Na semana passada, no programa “Encontro com Fátima Bernardes”, o jogador afirmou que o seu maior desejo é voltar a caminhar sozinho:

“Meu sonho é poder ficar em pé, caminhar sozinho, poder ir ao banheiro sozinho, sair com a minha noiva. Eu sinto falta disso. O meu sonho é poder caminhar. E até o final de fevereiro, eu quero estar caminhando”, afirmou.

O avião da LaMia que levava os jogadores da Chapecoense para a Colômbia caiu em 29 de novembro. Das 77 pessoas a bordo, 71 morreram, incluindo 19 jogadores da Chapecoense. Dos seis sobreviventes, quatro são brasileiros, três deles jogadores – o lateral Alan Ruschel, o goleiro Jackson Follmann e o zagueiro Neto – e um jornalista, o catarinense Rafael Henzel. Os outros dois são a comissária Ximena Suárez e o técnico de avião Erwin Tumiri.

De acordo com investigações, o avião da companhia boliviana Lamia estava sem combustível no momento do impacto.

Fonte: EXTRA.
“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: