Ganso marca, São Paulo vence Palmeiras e encerra jejum em clássicos

image_pdfimage_print

Por ESPN -Fim de um jejum e a manutenção de um tabu. Neste domingo, o São Paulo venceu o Palmeiras por 1 a 0 em bom clássico no Morumbi, válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Paulo Henrique Ganso, ainda na primeira etapa, foi o autor do único gol.

Foi o primeiro triunfo do São Paulo em um clássico paulista desde junho de 2015. Na época, ainda com Rogério Ceni no gol, a equipe bateu o Santos por 3 a 2. Depois deste duelo, foram 10 jogos contra os principais rivais, com três empates e sete derrotas.

Fora isso, a equipe comandada por Edgardo Bauza mantém um tabu do Palmeiras no Morumbi. O time alviverde não vence o rival tricolor no Cícero Pompeu de Toledo desde o dia 20 de março de 2002, quando fez 4 a 2 em jogo pelo Torneio Rio-São Paulo. Depois disso, contudo, foram 23 visitas ao Morumbi – incluindo a deste domingo – e apenas 13% de aproveitamento: foram 14 derrotas, nove empates e nenhuma vitória.

Tabela e classificação

Com o resultado, o São Paulo aparece provisoriamente na sexta posição, com sete pontos. O Palmeiras é o nono, com seis. Os dois clubes podem ser ultrapassados por Santos e Coritiba, que jogam ainda neste domingo.

Os times voltam a campo pelo Brasileiro no meio de semana. Na quarta-feira, o São Paulo enfrenta o Figueirense no Orlando Scarpelli, às 21h45. O Palmeiras entra em campo na quinta, quando encara o Grêmio no Pacaembu às 21h.

Palmeiras começa melhor

Clássico foi disputado neste domingo, no Morumbi © Gazeta Press Clássico foi disputado neste domingo, no Morumbi
O Palmeiras começou a melhor partida no Morumbi. Na primeira boa jogada, Zé Roberto desarmou Kelvin no campo de defesa e apareceu no ataque para cruzar. Na finalização, Alecsandro cabeceou e Denis, com dificuldades, encaixou.

O time alviverde seguiu mais intenso e ainda foi envolvente em duas jogadas pelo lado direito, mas não conseguiu finalizar bem.

No contra-ataque, ganso marca

Em um das jogadas de ataque do Palmeiras, veio o gol do São Paulo. No campo de defesa, Wesley conseguiu desarmar e armou o contra-ataque acionando Thiago Mendes. O volante correu, trocou passes com Kelvin e deu a bola para Bruno. O lateral cruzou e Ganso, como centroavante, cabeceou para balançar as redes.

Chutes de fora e denis machucado

Na segunda etapa, o Palmeiras voltou com Moisés e Rafael Marques nos lugares de Thiago Santos e Roger Guedes, respectivamente. Os visitantes voltaram com mais posse de bola e começaram a sequência de finalizações de fora, com o próprio Marques – Denis espalmou bem.

A resposta do São Paulo veio Ganso. Ele recebeu de Kelvin e, na entrada da área, finalizou. Prass, mais adiantado, rebateu para frente. No ataque seguinte, Moisés arriscou de fora, Denis não conseguiu agarrar de primeira, mas salvou na segunda.

Mas não sem ‘sequelas’: na sobra, Alecsandro acabou solando a cabeça do goleiro, que sofreu dois cortes e foi atendido no gramado.

Prass! Prass! Prass! Prass!

Se Denis acabou se virando de um lado, na outra meta Fernando Prass foi fundamental para manter o Palmeiras na partida. Foram ataques consecutivos e três ótimas defesas do goleiro. Na primeira, ele espalmou cabeçada de Centurión. Na segunda, mandou para escanteio um chutaço de fora da área de Thiago Mendes. Na terceira, Maicon cabeceou, e o goleiro novamente defendeu. Mais tarde, ele ainda pegou um chute de Kelvin.

Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981151332 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)  (093) 35281839  E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: