Grêmio goleia Juventude pelo Gauchão

image_pdfimage_print

Fonte: Gazeta Esportiva (foto: Lucas Uebel/arquivo) – Depois de quatro empates consecutivos, o Grêmio, enfim, conquistou uma vitória no Campeonato Gaúcho. E que vitória. Recebendo o Juventude na Arena em Porto Alegre, pela 10ª rodada, o time tricolor deu um show logo no primeiro tempo, balançando as redes com Bolaños, Michel e Léo Moura, e decretou o 4 a 0 no segundo, com Luan em cobrança de pênalti.

Jogando com um time leve, que contava com Léo Moura na criação e com o meia Ramiro mais recuado, atuando como segundo volante, o Grêmio conseguiu imprimir um ritmo arrasador. Além disso, o time da casa não foi só intenso, mas também cirúrgico e tratou de aproveitar o maior numero de chances no primeiro tempo. Na etapa complementar, já sem tanto ímpeto, os mandantes foram bem mais contidos, mas tiveram consistência não só para manter a vantagem como também para ampliá-la.

Com o resultado, o Tricolor chegou a 17 pontos e segue na cola do líder Novo Hamburgo, que soma 19 e tem um jogo a menos. Já a equipe de Caxias do Sul aparece entre os últimos times dentro da zona de classificação para a próxima fase do Gaúchão, acumulando 11 pontos.

Pela próxima rodada do Estadual, os gremistas jogam fora de casa contra o São Paulo-RS, às 21h45 quarta-feira. No mesmo dia e horário, o time alviverde recebe o São José-RS.

O jogo – O número pequeno de torcedores que saíram de suas casas para acompanhar o confronto na gelada Arena de Porto Alegre viu que valeu a pena cada centavo do ingresso logo no começo. A equipe comanda por Renato Gaúcho já começou de maneira arrasadora, controlando as ações e ocupando os espaços no campo de ataque.

A postura consistente dos gremistas não demorou para render frutos e Miller Bolaños tratou de iniciar os serviços, aos 11 minutos. Após contra-ataque rápido e tabela de Pedro Rocha com Ramiro, o atacante equatoriano recebeu dentro da área e bateu de primeira. A bola ainda tocou no pé da trave esquerda antes de entrar.

Sem mudar a mentalidade depois de abrir o placar, o Grêmio já anotou outro cinco minutos depois. O volante Michel roubou a bolo no meio, tabelou com Luan, recebeu dentro da área e mandou um belo chute colocado no canto esquerdo do goleiro Douglas.

Depois de levar dois gols, o Juventude resolveu acordar e passou a se projetar mais ao ataque. O time de Caxias até chegou a criar algumas chances com chutes de longa distância, mas ficou longe de diminuir e ainda abriu espaço para os donos da casa marcarem o terceiro gol. Aos 27 minutos, Léo Moura aproveitou rebote do goleiro após chute de Edílson em cobrança de falta ensaiada e só teve o trabalho de empurrar.

No segundo tempo, o jogo, assim como os jogadores gremistas, voltou mais calmo. A correria tricolor dos minutos deu lugar a mais tranquilidade e cautela, mas algumas chances apareceram e o placar que já era elástico se tornou goleada aos pés de Luan. Aos 18 minutos, durante o tradicional agarra-agarra dentro da área antes de cobranças de falta, o árbitro entendeu que Kannemann foi segurado e marcou pênalti. O camisa 7 gremista foi para a cobrança e bateu no cantinho, sem chances para Douglas.

“Informação publicada é informação pública. Porém, para chegar até você, um grupo de pessoas trabalhou para isso. Seja ético. Copiou? Informe a fonte.”
Publicado por Jornal Folha do Progresso, Fone para contato 93 981177649 (Tim) WhatsApp:-93- 984046835 (Claro)   E-mail:folhadoprogresso@folhadoprogresso.com.br

error: Jornal Folha do Progresso
%d blogueiros gostam disto: